29 de março de 2012

Mulheres e o exercício: porque é mais difícil evoluir?

O bom de estarmos sempre a chatear amigos e colegas de trabalho com questões de corrida é que, de vez em quando, surgem gestos amorosos como o de um colega de trabalho, que deixou esta revista em cima da minha mesa com a seguinte nota: "Tinha esta revista guardada lá em casa há uns tempos, porque tem alguns artigos que achei úteis. Acho que também te podem interessar." Awwwww....

É claro que me interessa!

Acho que o facto de estar constantemente a ler artigos desportivos em voz alta, à mesa, durante o almoço, começa a dar os seus frutos.

Houve um tema que me chamou logo a atenção:

Mulher: Porque não melhoramos?

É um facto que, em relação a colegas corredores homens, eu noto que a minha evolução é bem mais lenta. E isso, às vezes, irrita-me um bocadinho... um bocado, pronto. Não quero com isto dizer que não  há mulheres que dêem bailinho aos homens na corrida (ou outro desporto) porque há, mas, comparativamente, os homens vão ter sempre a favor o factor testosterona, mais músculo, menor percentagem de gordura corporal...
E depois, o pior, é homens como o meu irmão, por exemplo, que NUNCA correm, e depois um dia consigo convencê-lo a acompanhar-me e ele consegue fazê-lo com muito pouco esforço. Fico chateada, pois 'tá claro que fico chateada! O facto de ele ser mais novo que eu, ter 1.85m, ter pernas de metro e meio, e enquanto dá um passo eu dou dois ou três, é irrelevante. O que interessa é que eu ando a treinar e quero poder gabar-me, posso? E assim fica difícil... :)


(Quem é que eu quero enganar, eu sou lenta até em comparação com outras mulheres, idosas, crianças e coxas incluídas).


Quem tiver interesse no assunto, pode ler um artigo sobre a competição dos géneros aqui.


O artigo da revista da foto acima, foca-se sobretudo em evolução de treino em ginásio, mas eu vou partilhar alguns pontos na mesma, porque são de senso-comum e podem interessar a algumas meninas.

"Não consegues evoluir? Erros clássicos"


1. Treinas demais.
Parece irónico, mas o ir demasiadas vezes ao ginásio pode tornar-se contraproducente. Quando as sessões de exercício se prolongam demasiado e chegas a treinar duas vezes por dia, sem descansares devidamente entre treinos, podes exceder a tua capacidade de recuperação e provocar alguns estragos. Escuta o teu corpo e dá-lhe tempo de descanso. O teu físico será moldado a pouco e pouco.

2. Treinas de menos.
O reverso da medalha. Não consegues evoluir porque numa semana estás entusiasmada e vais três vezes ao ginásio, na semana seguinte fazes ronha e vais apenas uma. Sem constância não há resultados. O exercício deverá fazer da tua rotina rotina diária, como um estilo de vida. Para começar, dedica-lhe três dias da semana, e cumpre. Aos poucos, a rotina vai-se estabelecendo.

(Gostaram da lógica da batata até agora?)

3. Medo de pegar nos pesos.
Algumas mulheres sentem-se reticentes em fazer musculação, com receio de ganhar demasiado músculo, mas o processo não é assim tão simples. Além disso, uma leve rotina de pesos ajuda-te a ganhar força muscular, fundamental se quiseres evoluir a nível de performance física.

4. Demasiadas festas? (Culpada! Em parte.)
Álcool, tabaco, e poucas horas de sono não são os teus melhores aliados. Não precisas de ser uma eremita, mas se queres alterar a tua forma física, tens que ter um estido de vida relativamente saudável. O truque é ser congruente e tentar encontrar um equilíbrio entre a vida social e a prática de exercício físico, que não seja prejudicial a nenhuma das partes.

5. Faltam-te objectivos?
É muito importante que tenhas certezas em relação ao que pretendes atingir com a prática de exercício. Pede ajuda a um especialista, se necessário, para te ajudar a definir objectivos e, desta forma, ser-te-á mais fácil criares um plano de acção e manteres-te dentro do mesmo.

6. Os hábitos alimentares. (Culpada! Totalmente.)
Às que pensam que basta ir ao ginásio e suar as estopinhas para queimar o que comeram, estão muito enganadas. Pior ainda pensarem que podem continuar a comer tudo o que lhes apetece e que o exercício depois compensa (tãooooo culpada...). Para que a rotina física dê resultados, deves seguir um regime alimentar equilibrado e tentar comer 5 a 6 vezes ao dia. E nem penses em fazer jejum.

Fonte: Revista Dxtistas


Basicamente, era isto que o artigo dizia. Depois fala ainda um pouco sobre as diferenças em termos musculares de homem para mulher (a capacidade de aumentar a força em relação à sua massa muscular é a mesma. A diferença está relacionada com a produção a nível hormonal, que faz com que o homem tenha, à partida, mais massa muscular).


Quais são os vossos "erros" alimentares/desportivos mais frequentes?



5 comentários:

  1. Gostei muito do artigo...

    em relação aos meus erros, dos que estão ai não sei, talvez o treinar demais ou de menos (depende dos momentos lol), mas um erro que se calhar devia estar ai q eu cometo sempre: alongamentos (e a sua importância).... aí sim sou muito culpada!!!

    desculpa eu sei q já te perguntei isto mas já não me lembro da tua resposta nem consegui encontrá-la, qual o relógio que usas para contar a velocidade e km a q corres? quanto custou?
    tenho q apostar num instrumento desses :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. por acaso acho que há um desses erros que dizes que levam a outros...
    que é a falta de objectivos.
    ok, o meu objectivo é emagrecer, mas acho que ter um objectivo mas focado para qualquer coisa deve deixar uma pessoa mais empenhada e deve ajudar em tudo o resto.
    eu gostava de ter um objectivo especifico. e acho mesmo muito bom as pessoas que têm, tipo tu, e tipo a pizza, e tido a diana, e tipo a maria sem frio. etc...
    Eu queria ter um sem ser o de emagrecer, porque às vezes parece que tudo o que está ligado a emagrecer é um "castigo" ou uma coisa sem tanto gosto.
    digo eu... lol


    Beijinhos grandes :D **** e uma bela sexta

    ResponderEliminar
  3. A tua força de vontade.. pode fazer de ti alguem muito pouco lento...

    E olha eu falo por mim... que sou um corredor daquelas q pensava ser mesmo mesmo lento.. mas a rotina de treino trás resultados...

    http://www.youtube.com/watch?v=rT-oyhgEaqA

    isto sim seria o meu sonho...

    o meu objectivo supremo :)

    ResponderEliminar
  4. "Quais são os vossos "erros" alimentares/desportivos mais frequentes?"

    Tu queres mesmo saber?! São quase todos os acima expostos! Mas eu tento, eu juro que eu tento evitá-los. Às vezes consigo, às vezes não... Importante mesmo é não desistir, mesmo quando se sabe que se cometeu erros! Depois do erro, é sempre tentar recuperar o prejuízo, é tentar continuar na direcção certa.

    ResponderEliminar
  5. Pizza: Já te mando uma msg! Beijinhos

    Salsa: É verdade, emagrecer é um objectivo mas, por si só, torna-se vago. Queres emagrecer? Até quantos quilos? E depois, quando se emagrecer? É melhor se for um objectivo paralelo que te toque pessoalmente, uma meta que te deixe muito orgulhosa e que te faça sentir tão bem, que depois não pares! :) Beijinhos!

    Nainho: Obrigada pelo link! Estive a ver uns minutos, depois tenho de ver com mais tempo! E é um GRANDE objectivo, que exige muita dedicação. Mas os objectivos difíceis tornam-se vitórias mais saborosas! :) Beijinhos

    Maria: Sim, o principal mesmo é não pensar "perdido por cem, perdido por mil"... Descarrilar todos descarrilam, mas se voltarem logo à linha, foi só um atraso, e não uma derrota. Beijinhos

    ResponderEliminar