2 de abril de 2012

Escolher uns ténis de corrida

Quando, recentemente, tive de comprar uns novos ténis, pensei em como, actualmente, vivemos rodeados de publicidade, marcas, tipos, teorias de pé descalço...  É mesmo muito difícil fazer uma escolha, apesar de tantos estímulos e informação (e, se calhar, por isso mesmo). Quando já temos um tipo de ténis com o qual nos sentimos bem, é mais fácil partir desse ponto de referência. Mas, e quando começamos do zero?

Quando era pequena, e corria num clube desportivo, escolhiam os ténis por mim. Não me lembro de alguma vez testarem o tipo de passada, terem em conta o tipo de pé ou até o piso em que se corria, etc. Se calhar até já se falava disso, mas não chegava aos ouvidos de um corredor "ocasional" e não havia a internet ao dispor de quaisquer dúvidas.

Eu, que não sou, de todo, nenhuma especialista no assunto, acho que o melhor é terem em conta os vossos objectivos, falarem com colegas corredores, falarem com um especialista, ou até alguém numa loja especializada, e não terem medo de fazer perguntas, mesmo que pareçam parvas.
Por exemplo, até há uns anos ter tido uma lesão nos pés (não relacionada com a corrida), nem tinha ideia de como o nosso tipo de pé pode influenciar a nossa passada e até a escolha de calçado. E isto apesar de ter feito atletismo durante 4 anos quando era criança. Aliás, só quando fui mostrar o resultado das radiografias ao médico especialista, é que ele me disse que tinha o arco do pé muito pouco pronunciado e que, provavelmente isso, aliado a uma má escolha de calçado que fiz na altura (para um percurso de trekking nível médio-alto de vários dias) é que contribuiu para as lesões. Ou seja, eu nem sabia qual o meu tipo de pé e como escolher o melhor calçado de acordo. E, como eu, tenho a certeza que há muita gente.

Se quiseres começar a correr, tem em conta que:
  • Podes gostar dos ténis de alguém ou achar certo modelo"giro", mas não quer dizer que sejam os melhores para ti. Podes pesquisar a marca e modelo online e ver as críticas, mas nem sempre o que resulta com outra pessoa resulta contigo.
  • Os ténis de fitness, que usas no ginásio, não têm o mesmo tipo de suporte que os ténis de corrida. À primeira vista podem até ser parecidos, mas são tipos concebidos para diferentes tipos de movimento e impacto. Para além de não serem os ténis mais adequados, podes estragá-los. Na loja, dirige-te à secção de running e faz uma escolha de entre as opções disponíveis. Não precisas de comprar os modelos mais caros, assegura-te apenas de que são adequados às tuas necessidades.

Para isso, deves conhecer o teu tipo de pé e passada:


Pé normal ou neutro
(arcada média)

As pessoas com este tipo de pé geralmente possuem uma passada neutra: o contacto com o solo é iniciado com a parte externa do calcanhar, com rotação moderada e terminando no centro da planta do pé.
Calçado ideal: amortecimento e estabilidade moderadas, tendo em conta o teu peso e constituição

    Pé raso ou chato
(arcada baixa ou raso)
Quem tem o pé raso ou a curvatura muito pouca acentuada, costuma ser pronador, ou seja, ao tocar o chão o pé apoia-se no seu lado interno e rola para dentro, sobrecarregando a parte interna.
Calçado ideal: menos flexível, maior estabilidade e controlo de movimento.
Pé cavo
( arco do pé elevado )
Quem tem os pés cavos é, geralmente, supinador, ou seja, o peso do corpo é  colocado principalmente na extremidade externa do pé. Ao contrário do pronador, o supinador tem tendência a rolar o pé para fora.                                         Calçado ideal: aumento do amortecimento (zona do calcanhar e ponta do pé) e da flexibilidade.

Para saberes o teu tipo de pé, um truque muito simples é o de observares as pegadas deixadas ao saíres do banho.


Geralmente, o tipo de pé determina a passada, mas nem sempre. Se não tiveres oportunidade de analisar a tua passada num especialista, pede que te filmem a correr e observa também onde ocorre o maior desgaste na sola dos teus ténis habituais.

fonte


Quando já tiveres uma ideia do teu tipo de pé e quais os teus objectivos com a corrida, vai a uma loja especializada. Dicas para altura da compra:
  • Vai à loja ao final do dia, quando os teus pés estão mais dilatados pelo cansaço (à semelhança do que acontece quando corres)
  • Pede ajuda ao assistente, diz-lhe o que pretendes e, segundo os seus conselhos, experimenta diferentes marcas e modelos para ver com quais te sentes melhor.
  • Leva o mesmo tipo de meias com que costumas correr, para teres uma ideia mais aproximada de como te vais sentir durante o uso.
  • Calça sempre os dois ténis! Testa a maleabilidade, anda pela loja, faz um pequeno jogging, observa-te ao espelho. Deves sentir-te confortável, como se pudesses sair da loja e ir logo correr com os ténis.
  • Os pés não devem estar nem muito apertados, nem demasiado largos. Não deves sentir o peito do pé muito preso, os teus dedos dos pés devem conseguir movimentar-se livremente e o calcanhar deve ficar aconchegado e confortável.
  • Compra um tamanho acima do que costumas usar. Há quem chegue a comprar dois tamanhos acima. No mínimo, tenta sempre que o espaço entre o dedo grande do pé e a biqueira do ténis seja de 1 dedo (grande).

Depois, não te esqueças:
  • Usa os ténis apenas para correr, e não para outro tipo de desportos.
  • Não estreies os ténis em grandes percursos. Anda com eles em casa e faz treinos pequenos, para te ires adaptando e evitares bolhas.
  • Aumenta os quilómetros gradualmente. A falta de preparação e o querer evoluir demasiado rápido também são responsáveis por grande parte das lesões.

Queres saber mais?


Consultores de ténis online:

Artigos e sites úteis:


Mais dicas? Sugestões? Experiências?

5 comentários:

  1. XINAPA! OUTRA X ! atá parece que
    acabas te de ler e responder aoi meu post lol as minhas nike já n estão em condições para a corrida.... vou ler com atenção pois ( apesar de ter umas debaixo de olha , e n sao aquelas que postei foto pq essas eram só para musculação ) vou investigar mlhr!!

    tks !!!

    ResponderEliminar
  2. O ano passado depois de ter ido fazer 5km na Corrida do SLB (a minha primeira) com uns ténis velhos e de fitness que me fizeram passar as passas do Algarve só nesse percurso pequenino fui directamente ao centro comercial e comprei uns nike, que ainda estou a usar.

    Basicamente já andava a namorar a marca depois foi só ir a uma loja de desporto (que acho que entretanto foi à falência), dizer que queria uns ténis de corrida da Nike e depois de experimentar as recomendações do senhor lá trouxe uns Nike Air Dictate comigo. São espectaculares, super leves e comfortáveis.

    Acho que até ter uns ténis apropriados para correr nunca tinha percebido como é que tanta gente conseguia correr mais do que 5 ou 10km. Doía-me sempre tanto os pés lol sou mesmo tótó :p

    ResponderEliminar
  3. Eu tive (e tenho) uma lesão nos pés (nos dois) por causa dos ténis que usava para pedalar.
    Os ténis eram bons, o tamanho é que não. Eram muito pequenos. Com a "passada" (ou melhor, á medida que pedalo) há uma tendência para friccionar o dedo grande, como não tinha espaço começou a crescer o joanete. Tive dores horriveis nos pés, até que descobri o que era. Comprei outros ténis, que me ficam grandes pois são dois números acima, mas que me dão muito conforto na "pedalada".
    Pedalo há quase 4 anos, e tive 2 anos com aqueles ténis... nem imaginas...

    ResponderEliminar
  4. Fiz um teste da ASICS, numa loja da Decathlon, e descobri que tenho um pé com passada neutra e outro pronador.
    E agora? Compro um téni especifico para cada pé? Isto de correr é muito complicado!!!

    ResponderEliminar
  5. Carla: és uma cliente difícil! lol ;)
    Nesse caso, acho que se opta por ténis com uma maior estabilidade, bons para o pronador, mas que também não prejudicam a passada neutra... Penso eu de que. :)
    E na loja não te fizeram nenhuma sugestão?
    Desde que te sintas bem com os teus ténis, é o que interessa.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar