11 de junho de 2012

Corrida de Santo António

No sábado à tarde participei na Corrida de Santo António, que tinha início às 17 horas, com partida (e chegada) na Praça do Rossio. Diverti-me bastante, já que o ambiente denunciava Festas Populares, mas desta vez não há evidências fotográficas, porque como não ia ter ninguém que me ficasse com a máquina enquanto corria, acabei por nem a levar. Vou tentar fazer uma descrição vívida dos acontecimentos, perdoem-me.

A minha boleia e competidor estreante estava no meu bairro às 15h30, como combinado. Às 15h45 e após algumas mensagens atenciosas como "demoras muito ou quê?" estava eu finalmente a fechar a porta do prédio e entrar no carro.
Fomos com alguma antecedência porque ainda não tínhamos os dorsais, que tinham de ser levantados até às 16h (e uns bons minutos de tolerância). Deixámos o carro perto de Alfama, pois com os arraiais que já estavam em preparação o estacionamento era escasso. Desta forma, tivemos direito a um aquecimento de cerca de 1km até ao local da partida e, ainda não satisfeitos, tornámos a voltar ao carro e de novo até ao Rossio, só para aquecer mais um bocadinho. Mentira, tivemos de voltar por causa do saco da t-shirt que foi entregue logo juntamente com o dorsal e eu não quis deixar nos bengaleiros, porque o carro "estava já ali" e ainda faltava tempo para o início da prova.
 
 
Depois de já uns bons 3km de aquecimento, a andar, atenção, nada de maluquices, ainda uma breve passagem pelas casas-de-banho do Chiado, porque não me lembrei de nada mais longe. Nesta altura o meu amigo R. já devia estar arrependido de ter aceitado vir à Corrida de Santo António comigo.
 
 
Já na Praça do Rossio, enquanto fazíamos tempo sentados (finalmente, devia estar o R. a pensar!) para o início da corrida, apareceu o casal viciado em corrida, que fazia a sua volta de reconhecimento. É sempre um prazer ver-vos, amigos atletas!

A faltar 5 minutos para as 17h fomos para a zona da meta e cerca de 1 minuto depois de se ouvir o tiro estávamos nós a cruzar a linha da partida. Penso que estavam inscritas cerca de 2000 pessoas.

A ideia era mantermo-nos pelos 6 min/km, que é o meu habitual de "conforto" (varia muito) e que eu tinha a certeza que o meu amigo aguentava mas, claro, deixei que fosse ele a definir o ritmo porque a ideia era ele desfrutar da primeira experiência competitiva e não cruzar a meta com vontade de morrer, o que tiraria um bocadinho a ideia de "diversão" que lhe tinha vendido "vai ser giro, vais ver!"...
 
 
A verdade é que, como eu suspeitei, ele aguentou-se muito bem e antes do km2 já estávamos a passar a bandeira dos 60min. Fomos sempre na conversa, para ter a certeza que o ritmo era confortável, quando depois do km5 vemos novamente a bandeirinha dos 60min a passar por nós... Estranho, pensei, até ali estávamos a manter a velocidade abaixo dos 6 min e tínhamos passado os 5 km abaixo dos 30 minutos, por isso o pacer devia estar a tentar bancar algum tempo. A verdade é que, sem acelerar muito, o que significa que eles devem ter abrandado um bocado, acabámos por deixar o grupo dos 60min para trás.
Nesta altura, entre os kms 6 e 7, já estava a sofrer um bocadinho com o calor mas, fora isso, estava a sentir-me relativamente bem. Acho que o facto de ir na conversa ajuda a passar melhor o tempo, embora as frases já começassem a ficar um bocado mais espaçadas e esbaforidas.;)
 
 
Quando estamos a chegar ao Terreiro do Paço e faltava pouco mais de 1 km para o final, o R. desata num sprint como se tivesse acabado de roubar a carteira de alguma senhora de idade e eu, para não dar parte de fraca, tentei acompanhar. Apesar de na altura me ter picado, depois fiquei contente com este "empurrão", porque tirou-me da zona de conforto em que tenho tendência a correr e é bom saber que posso sempre dar um bocadinho mais (sempre é como quem diz, há dias e dias. No sábado foi um dia bom).

Na Praça do Rossio estava o Pedro já fresco da sua corrida a dar um apoio aos retardatários e, depois de um incentivo final por parte de desconhecidos que gritaram o meu nome (os dorsais tinham o nosso nome impresso) e que sempre dá um ânimo extra - obrigada, desconhecidos! - lá cortei a meta em 58:18, um novo recorde pessoal. O amigo fugitivo terminou uns segundos antes de mim, mas ele não sabia que eu tinha decidido que estávamos a concorrer para ver quem chegava depois e então ganhei eu.;)

Na meta estava tudo muito bem organizado e não houve confusões, apesar da confluência dos atletas. Uma menina da organização cortou os nossos chips, que tinham de ser devolvidos, e seguimos para a fila dos manjericos, razão primordial porque me inscrevi nesta prova. Claro.

A seguir juntámo-nos ao Pedro, enquanto este aguardava que sua Sra. Viciada em Corrida concluísse a corrida e, pouco depois, chega o João, aka Ganfas, que fiquei a conhecer pessoalmente, e acabámos por fazer tempo a falar de corridas e trocar experiências.
 
 
Entretanto lá chega a Carla, que acabou em força a sua primeira prova de 10 km e festejámos com um brinde de manjericos, pois claro.

Foto gentilmente cedida pelos Correr (a dois) é vício.

Coisa mais linda!
(Se fosse no facebook agora marcava-nos a todos na foto).

E a seguir depressa que se faz tarde para comer, beber e ver a Selecção (que, na minha opinião, acabou por ter um resultado injusto).

Como em casa já tinha a máquina à disposição, não vos queria deixar sem as habituais fotos dos "troféus":

Parte da frente
Parte de trás
 Achei a t-shirt de muito boa qualidade.
A taça. :)

E agora vou tentar parar pelo menos uma semaninha, para dar descanso ao pé (que se portou bem mas não quero abusar da sorte) e talvez aproveitar para dar mais uso à bicicleta.
 
 
Concluindo, foi uma corrida animada, em boa companhia, numa prova com uma organização praticamente irrepreensível, e é sempre bom rever/ficar a conhecer companheiros "virtuais". Alguns ainda não foi desta, mas hão-de haver outras oportunidades, sem dúvida.

Uma boa semana a todos!
 
 
 

18 comentários:

  1. Se eu para o ano conseguir correr, fazes um brinde de manjericos cmg? :D

    muitos parabens pelo teu record!!!!
    :D

    sim, descansar o pobre do pé parece-me merecido! tadinho dele...

    Beijinhos cachopa!!!***

    ResponderEliminar
  2. Olá,
    Já me ri com o teu post a imaginar o teu amigo a correr desenfreado como se fugisse da velhinha LOL

    Uma boa semana. Beijinho

    ResponderEliminar
  3. muito fixe, ainda por cima tens conhecido imensa gente, que partilha os mesmos gostos e mesmo vicios, incluindo o do blogue ! sortuda!
    pois Portugal n teve lá mt sorte, veremos na quarta ....

    beijinho

    ResponderEliminar
  4. Fui para os teus lados? Não percebi, és do Porto? :D

    Eu gosto muito de Smoke City :) Tens de ouvir a With You e a Mr. Gorgeous ;)

    Ainda bem que a corrida correu bem :D Gosto sempre de ler os teus relatos das corridas, porque tu fazes a corrida parecer divertida ;) Gostava mesmo de ir a uma dessas corridas um dia :)

    Eu e o P. também fazemos maratonas de LOTR no Natal :D Para mim é o típico filme de Natal, tirando haver trolls e assim :P

    Beijinhos e tem uma boa semana ;)

    ResponderEliminar
  5. E agora nasceram-me duas orelhas de burro gigantes :P

    Fui para os teus lados porque fui ao Oriente! xD

    É que quando li o que escreveste pensei 'Hmm mas ela vive algures no Oriente! Será que originalmente ela é do Porto?'

    Mas agora estava a pensar 'Não, porque ela já me teria dito mais cedo e além disso vive perto da família! Será que foi do restaurante nepalês? Não, porque já lá fui várias vezes!'

    E depois apareceu aquele boneco dos desenhos animados japoneses com a gotinha :P Que trenga :P

    Pois é, eu e a estação de comboio do Oriente já temos uma relação longa :P

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  6. ehehe eu juro que fico cansada ao ler-te! e não...nao tem a ver com o tamanho do post porque isso eu gosto...tem mesmo a ver com o facto de eu viver o que leio e imaginar, e quando falas em dores, ou risos, eu dou por mim a quase sentir isso e a sorrir..e imaginar-me correr esses km todos...é dose:p hoje vou retomar o exercicio mas com calma que a minha infecção nao passou e nao posso suar muito ou seja...puxar pelo rim..:s beijinhos e optima semana! ahhhh o meu avô diz que o manjerico nao se deve cheirar directamente que murcha:D deve se tocar coma mao e cheirar a mao:D va-se la saber...

    ResponderEliminar
  7. Sim, fui a última a chegar! :P

    Mas obrigada por esperarem, o vosso incentivo final foi muito importante. Graças a vocês consegui baixar para aí uns 5 segundos no meu tempo estimado.

    A nossa foto ficou o máximo!!!

    Já está no Facebook, só faltas tu e R. identificados ;-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Acho que me estou a repetir͵mas adoro os teus posts. Ate parece que te ia a acompanhar e a rir-me como uma perdida. Beijo

    ResponderEliminar
  9. Batata: Claro que sim! Brindamos com manjericos, sangria, cerveja, bebidas energéticas... o que quiseres! ;) Vem! Bjo*

    Amoridoce: Sabes que também sempre ouvi isso do "cheirar" o manjerico com a mão e acho tão estranho? Será que a planta é sensível às nossas narinas e indiferente ao esborrachar das nossas mãos?
    Olha, eu já me fartei de cheirar o meu à moda antiga, por isso não vai durar muito! :) Bjoos**

    Carla: Não foste a última, "última"... Ainda passei por muita gente a correr, quando ia a caminho do carro. O grupo de percussão fartou-se de tocar até ao final da prova!

    Além disso, esta foi a primeira corrida de 10km, para a próxima, em vez dos 5 segundos, tiras 5 minutos do teu tempo! :)

    Também quero ser marcada no manjerico do fb!! :D

    Bjos**

    ResponderEliminar
  10. ahahahah realmente! mas eu confesso que tambem a snifo:D ja que nao snifo outras coisas :D ai hoje vou andar meia hora de bicicleta...so por ter vindo aqui de novo inspirei-me...nao se fala mais em nada condensado sim?:D beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Hello!!!!
    Nunca fui aos Santos Populares a Lisboa, mas acho essa tradição muito engraçada. Cheiro de sardinha, manjericão e sangria parece-me muito boa mistura :=)
    Agora é só quebrar records :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Eu dei essa ideia do encontro... tu e q não respondeste :(

    ResponderEliminar
  13. 58 minutos!!
    Estás a evoluir.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  14. vgoncalves: Obrigada! Nestas corridas de percurso mais plano é fácil parecer que se evolui rapidamente! :)

    ResponderEliminar
  15. Parabéns, excelente tempo final :) A correres assim com sem estares a 100% do pé, quando tiveres isso resolvido ninguém te pára.

    Tenho de treinar para te conseguir acompanhar na corrida das fogueiras.

    ResponderEliminar
  16. Ganfas: Nem me digas nada, que com isto tudo os treinos mais "longos" andam a ficar afectados... Nas fogueiras só quero terminar a sentir-me bem! :)

    ResponderEliminar
  17. E nós ainda não foi desta! E devemos ter andado a correr a poucos palmos de distância uma da outra...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. comecei a correr em Fevereiro. devagarinho, a medo, com algum sofrimento, sem nunca pensar que me ia 'apaixonar' por esta coisa das corridas :) ontem li o teu blog de uma ponta à outra, tenho-me interessado por saber que não sou a única maluquinha que corre por prazer ;p

    ResponderEliminar