14 de junho de 2012

De volta ao exercício e revivalismo do Yoga

Hoje, talvez para compensar do feriado, tive um dia non-stop no trabalho. Por isso, se calhar devido a um bloqueio mental devido ao stress, agora em vez de clicar em "Publicar", cliquei em "Eliminar" os vossos comentários no post anterior... peço desculpa. Mas li todos!

Adiante. Exceptuando as pedaladas de segunda-feira, esta semana não tem sido muito dada ao exercício físico. Estando a cumprir uns dias de auto-imposta "dieta da corrida", para precaver a situação do pé, pensei que seria uma boa altura para me dedicar a outro tipo de exercícios, mas não tem sido o caso.

Nunca mais é sábado... ( = dia da corrida "longa". Espero.)

Por isso, hoje apesar de ter chegado tarde a casa, ainda fui dar uma caminhada, até ao parque da outra vez. Apesar de não considerar caminhar um "exercício físico" (que é), por ser uma coisa que faço todos os dias e com relativa facilidade, é uma coisa que gosto muito de fazer. É uma actividade mais levezinha para as articulações e sempre põe o coração a bombear com mais força, quando feita com intensidade (por isso é que ir para o shopping ver as montras não conta, mesmo se levarem o fato-de-treino;) ).

Esta não é uma foto de hoje. Hoje estava sol.


Nem me lembrei de levar máquina fotográfica, mas enquanto fazia o meu power walking juntamente com outros senhores de idade que por lá andavam, reparei que montaram daquelas máquinas de manutenção desde a última vez que lá estive. Já tenho o meu ginásio ao ar livre! Hoje estavam muito concorridas, mas amanhã, durante a minha Bike Friday, vou passar por lá e documentar o acontecimento.

Entretanto cheguei a casa e antes de fazer o jantar ainda fui fazer os exercícios para um Summer Butt perfeito. Sim, todos os sete! Ou seja, equivale a uma semana de trabalho, portanto espero amanhã já ver resultados senão vou ficar muito desapontada...

Estou a pensar que devia voltar a fazer yoga, como há uns anos. Pratiquei Yoga Samkhya durante 1 ano e, ao contrário da crença popular, aquilo é bem duro! Tudo bem que temos a parte da respiração e relaxamento, mas as posições que tínhamos de manter, os chamados "ásanas" puxavam bastante, não só pela nossa elasticidade, como pelos nossos músculos. Havia ásanas em que sentia os músculos a tremer! Por isso não pensem que é só cânticos e relaxamento, porque não é.

Acho que nesta altura seria um bom complemento à corrida, mas é uma coisa que não consigo fazer em casa. Quando na altura deixei o yoga, pensei que a experiência que tinha adquirido durante aquele ano me iria permitir manter a prática em casa, mas a verdade é que não consigo. Tenho de estar sempre a criar uma sequência na minha cabeça, a pensar no que fazer a seguir, o que tira um bocadinho a dinâmica à coisa. No entanto, como não tenho tempo (€) para aulas, acho que vou começar a "repraticar" alguns dos ásanas por minha conta e risco, incluindo este:

Imagem daqui.

Esta posição designa-se por paripurna navasana e, apesar de parecer fácil, não é. Nada mesmo! Mas é um óptimo exercício para o core, o que é bom para corredores (e pessoas que queiram simplesmente tonificar os abs -> TODA A GENTE!)

Existem variantes para quem está a iniciar, como esta:

Imagem Wikipedia.

A partir daqui, é ir ganhando resistência até formar o perfeito "V".

Eu ainda estou muito longe do "perfeito V", mais ainda agora que não o pratico há tanto tempo que mais se assemelha a um "U" muito derretido... mas eu chego lá.

Em compensação, a minha instrutora gabava-me sempre os meus sarvangasanas.

Imagem daqui.


Aqui está um ásana que eu dominava em todas as suas variantes. Bons tempos...

Bom, como eu estava a dizer, a ver se torno a incorporar algumas posições do yoga no meu dia-a-dia. Se não deslocar nenhum osso dos braços, eu depois volto para escrever como foi.



Já alguém praticou yoga? Pilates?

E por falar em braços, exercícios que deixem assim os braços mesmo tonificados e definidos? Alguém tem sugestões?  (Por favor não digam flexões, por favor, por favor...). Sinto que não estou a dar a devida atenção aos meus membros superiores e nota-se.


9 comentários:

  1. olá

    Espero que o teu pé melhore rápido,

    Eu nunca pratiquei yoga, mas gostava imenso, mas viver na província tem destes inconvenientes.
    A única actividade desportiva que tive com regularidade e continuidade foi Andebol. Mas curiosamente desde que me lembro de ser gente que faço relativamente bem a posição da tua ultima foto, mas por mero acaso.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Também já me aconteceu remover comentários, e foram logo 50 seguidos! :P Tenho todo um posts sobre as francesinhas em que os comentários dizem 'este comentário foi removido por um administrador do blog' :P Por isso deixa lá, que acontece aos melhores ;)

    Eu pratiquei Yoga Swasthya durante um ano. Entretanto vim para Lisboa e parei, e só voltei ao Yoga há um ano atrás, mas desta vez Samkhya (não encontrei Swasthya em Lisboa e até me questionei se seria alguma preferência regional, como as marcas das cervejas!) ;) Entretanto saí do ginásio e faço Yoga em casa, e a ideia de que aquilo é só estar sentado a dizer Ohmmmmm não podia estar mais errada ;)

    Eu já tive momentos em determinadas posições em que chorei de desespero! :P

    Em relação ao praticar em casa, eu tenho três vídeos: o Yoga Meltdown da Jillian Michaels (que associa o desespero de algumas posições do Yoga ao desespero de ser a Jillian Michaels a fazê-las de forma super intensa), o Basic Yoga Workout for Dummies (que tem uma sequência fixe e fácil e a rapariga é bem simpática) e o Intermediate Yoga Workout for Dummies :) Ultimamente tenho feito o básico, e sinto-me bem ;)

    Fazias a invertida sobre os ombros ou sobre a cabeça? É que quando eu andava no Porto havia imensa gente a fazer sobre a cabeça, mas aquilo parecia-me sempre uma grande biolência! :P

    Beijinhos e boa Sexta-feira :D

    ResponderEliminar
  3. Ema: Deve ter a ver com a nossa disposição natural! :) Não tinha problemas nenhuns em fazer o sarvangasana, mas depois custava-me muito fazer um em que estás de pé e chegas com as mãos ao chão fazendo um "V" (mais ou menos como o da 1ª imagem, mas ao contrário) e que toda a gente fazia com relativa facilidade... Cada um com as suas habilidades! lol
    Bjinhos**

    Joana: Credo mulher, sobre os ombros, claro!:) Mas havia uma variante em que começavas por apoiar a cabeça, é verdade. Ainda conseguia fazê-lo e tirar as pernas do chão, mas levantá-las acima da cintura, esquece lá isso! ;)

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  4. Eu faço Body Balance que é um 'mix' de Yoga e Pilates e gosto muito. Ao contrário do que se possa pensar, não é levezinho e deixa-me com dores no corpo porque trabalha outros sítios, nomeadamente os braços e os abdominais e pernas ;-)
    Recomendo vivamente...
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Já experimentei yoga e pilates e detestei os dois!
    eu gosto mais de aulas activas! :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Fiz uma aula de yoga pela 1ª e única vez no mês passado.
    Aqui para os meus lados, a partir de +/- Maio, começam com diversas actividades organizadas pela própria Câmara de Almada.
    Umas dessas actividades são aulas de yoga na praia.
    Por incrível que pareça eu fui a uma dessas aulas, e é incrível não por ter ido fazer yoga na praia, mas sim por a aula ter sido ás 9h00 da manhã.
    Sinceramente não fiquei muito fã, isto de tentar contrair músculos que não sabia que existiam em posições estranhas não é bem a minha praia.
    E os mantras? “Inchamalã tcutchumã…”, não consigo! O melhor mesmo foi o ficar deitadinha no final a ouvir o mar, quase que adormeci.
    Quando acabei a aula fui correr, nada melhor para destressar de uma aula de yoga! :D
    O que é certo é que no dia seguinte estava toda dorida.
    Amanhã há outra aula, queres ir?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Beeeem...como é que eu hei-de descrever isto..eu a primeira posiçao tentei agora e ...consegui levantar uns fantásticos...15cm do chãooo!!! quem é que consegue fazer isto?!:s a ultima ja é mais fácil...mas... Quanto aos braços, essa sei...pesos leves 1 kg a 3kg... e fazer varias repetiçoes todos os dias de levantamento e outras...sempre é melhor que flexoes hum? beijinhos:p

    ResponderEliminar
  8. Carla: LOL :) Eu não desgosto dos mantras. Até parece que estou nas Índias, com os deuses e o Ganges, mas sem os cheiros! ;p Perco é um bocado a paciência com os exercícios de respiração (que deveriam acalmar!) :)
    Olha, parece-me uma boa ideia, mas dava-me mais jeito para o próximo sábado, pode ser?
    Bjos**

    ResponderEliminar
  9. Cerejas são o demónio em forma de fruta :D

    Bem, eu pareço uma seguidora da Jillian Michaels, mas ela tem 1 dvd bem interessante de yoga. Eu tentei fazer uma vez e ia morrendo x)

    Já fiz duas ou três aulas no ginásio há uns 7 anos, mas lembro-me que aquilo era muitooo duro!

    Beijinho*

    ResponderEliminar