4 de setembro de 2012

Fuel

 
Ontem uma nuvem de fumo cobria a cidade de Lisboa devido aos incêndios. Não fui correr, mas cheguei a casa pus a minha esteira de campismo transformada em esteira de exercícios no chão, em frente à tv, e toca de fazer abdominais,  flexões (bleh), agachamentos, prancha, etc. Hoje doíam-me os músculos, mas soube-me bem.

Enquanto fazia exercício assistia ao Ultra Trail du Mont Blanc, num programa de 30 minutos do Eurosport que tinha ficado gravado na box. Fiquei fascinada a ver. São 168km de percurso nas condições mais adversas (este ano as condições climatéricas foram especialmente complicadas e a prova foi reduzida para 106km). O primeiro classificado concluiu a prova em menos de 12 horas e os últimos em mais de 26. Mais de 26 horas de neve, vento e gelo, passando por locais acima dos 2000 metros de altitude. Podem até ser os últimos, mas quem é capaz de dizer que não são vencedores? Todos, homens e mulheres, duros.

UTMB - 2012
Foto daqui.
Como podem ver, a edição deste ano contou novamente com a presença de alguns portugueses, entre os quais, pelo segundo ano consecutivo, Carlos Sá (aquele atleta na foto que achei espectacular e que tinha posto aqui no blogue há uns tempos).


Depois de jantar fui dar um passeio com uma vizinha para "desmoer" a comida. Estava uma noite muito abafada e quando voltei comi a minha sobremesa fresca.
Tenho o hábito de antes ou depois dos treinos comer sempre uma banana. Agora, com o calor, é um fruto que amadurece muito rápido e então às vezes aproveito e congelo-as para batidos e gelados. Desta vez queria um gelado diferente e então experimentei esta receita. Só são necessários 3 ingredientes:


Uma banana (madura), coco ralado e canela.

É só esmagarem uma banana, adicionarem canela a gosto e coco ralado (na receita dizia 3 colheres, mas como não gosto de sabor muito intenso a coco pus só 1 e 1/2 e ficou bom). Depois é levar ao congelador até endurecer. Não precisa de açúcar.

Eu não deixei estar tempo suficiente, por isso acabou por ser mais uma sobremesa fria do que gelado, mas gostei e foi uma maneira diferente e igualmente saudável de comer a fruta.

Agora uma pergunta: o que vocês comem durante os vossos treinos mais longos?
Como já disse antes, não sou muito de géis nem bebidas energéticas. Sobretudo por causa do preço, mas também porque, até agora, o número de quilómetros e/ou tempo que corria nunca justificou essa necessidade. Entretanto, para ver as opções com que o meu estômago e organismo se dão melhor, durante os últimos treinos já testei em diferentes dias outras alternativas de "combustível", umas mais naturais que outras. Entre as quais: marmelada em cubos, passas, amêndoas, cajus, gomas e bolachinhas salgadas (crackers). As opções mais práticas, até porque praticamente não é preciso mastigar, é a marmelada, as passas e as gomas. Pela sua informação nutricional acho que não são más escolhas, mas gostava de saber mais.


Hoje foi dia de treino mais soft, 5km jogging, com o último quilómetro a um ritmo mais elevado. Sentia-me cansada mas acho que me fez bem, porque as dores musculares abrandaram.

Treino de hoje:

- Final da tarde
- Distância: 5km
- 4km jogging + 1km progressivo
- Bpm médio: 156 (-> um pouco alto para jogging. Só mostra como estava cansada - e calor)
- Calorias: 322


Estou pronta para o outono. Espero que chegue antes do dia 30, se é que me entendem...



15 comentários:

  1. esse 'gelado' deve ficar muito bom :)
    eu nunca comi nada durante as minhas corridas, até mm nas corridas mais longas... mas tb nunca senti falta. ***

    ResponderEliminar
  2. Oi :D

    Gostei dessa ideia da banana, embora a banana não seja o fruto que eu consuma com mais frequência. Quando era criança adorava (e banana no pão? Era uma loucura!) mas agora lamento dizer que a banana foi ultrapassada por outras frutas :) Embora de vez em quando ainda marche a eventual banana no pão :P

    Em relação ao exercício físico não sou a melhor pessoa para te aconselhar, o que nos leva a uma questão: ando muito desapontada com a minha relação com o exercício físico nestes últimos tempos. Desde que saí do ginásio que nunca mais voltei a fazer exercício de forma consistente, até porque (aqui que ninguém nos ouve) eu não gosto lá muito de fazer exercício :P Comer bem não me custa nada, mas mexer-me é uma seca :P Preciso de conselhos da minha diva do desporto (tu) :P

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  3. Hello!
    Vou fazer que não vi esse do "Estou pronta para o Outono". Eu não!
    No dia 30, como é quase fim do mês, estás autorizada a um dia mais frescote. Não quero que desmaies e pensem que é por causa da música :), mas de resto, quero verão até meio de Outubro!
    ...a sério: gosto muito do verão, mas acho que tudo tem o seu tempo.
    Como não faço muitos treinos, não tenho comidinhas para isso...
    Eu uso esses ingredientes da receita da banana quase diariamente, mas não chega a ir ao congelador :)
    Os fogos que rondaram estavam seguramente a 50km de minha casa. Fiquei com o hall cheio de cinzas como se tivesse sido no meu quintal!?
    Inté...

    ResponderEliminar
  4. Desconhecia esse Ultra Trail de Mont Blanc, mas realmente estão todos de parabéns :)
    Gostei da sobremesa de banana, um dia tenho de experimentar!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. olha que boa ideia de geladoooooooooooooo! dv ser bom !! pena n puder com banana ! :P faz mal ao estomago!
    aqui tb tem uma grande nuvem de fumo e mta cinzaaaaa ! :(

    espero que esteja tudo bem, já vou ler os posts atrasados ! :P:P

    beijoca

    ResponderEliminar
  6. Oi!

    não gosto de comer durante a corrida, mas realmente os longões pedem algo. Gosto de levar damascos secos, rapadurinha de leite, barrinhas ou castanhas. Sei que o gel é importante, mas só uso como última opção... E quando não tem o gatorade que gosto no supermercado, faço chá gelado de canela com açúcar mascavo.
    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  7. Hermione: Falta, falta, também nunca senti... Mas se vou correr mais de 1h levo. Sempre me distrai um bocadinho. ;) Bjs

    Joana: "Diva do desporto" lol :). Longe disso. Comer também não me custa! ;p Custa-me é cozinhar às vezes... É por isso que leio divas da cozinha como tu ;) Bjs

    Luci: O outono é tão bonito! Gosto mto do verão, mas não me importava que já viesse uma chuvinha (chuviscos, pronto ;p) e manhãs enevoadas... sorry... ;) Bjs

    Lady V.: Gosto mto de ver estas provas mais exigentes. É quase um Man vs Nature (como o programa de tv). :) Bjs

    Diana: Como é que estas pessoas não gostam de banana?!! Estranhas... :p Beijinhos e bom regresso!

    Ms Harkins: Também já me tinham falado de alperces secos. Só não sei o que é "rapadurinha de leite", se calhar cá em pt tem outro nome, mas boas sugestões, obrigada! Bjs

    ResponderEliminar

  8. A dica da rapadurinha de leite eu peguei com a Elis (outra corredora) e podes ter uma ideia da gostosura que é olhando aqui: https://www.google.com.br/search?hl=en&q=rapadurinha+de+leite&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.&biw=1280&bih=709&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=WXVHUIiPLKPkywH59ICoDg

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Bem eu não como nada nos treinos longos até treino em jejum pelo menos até as duas horas e meia!
    O que acontece é ao fazer treinos longos em jejum cria-se uma situação em termos fisiológicos muito parecida com o que acontece na maratona e educa-se o corpo a ir buscar outras reservas energéticas que normalmente não usa.
    Mas para fazer isso tem que treinar gradualmente para esse objectivo e ter muito cuidado senão a situação pode ser perigosa.
    Nem todos o treinadores defendem esta ideia mas a minha "escola" foi esta, sempre me dei muito bem com ela e aconselho a todos o que pretendam vir a correr uma maratona a se ir habituando a correr em jejum nalguns treinos, mas com muita calma.
    No último número da Revista Spiridon (203) a Drª Nancy Davies responde a esta questão do treino em jejum de forma muito esclarecedora.

    ResponderEliminar
  10. Jorge Branco: Eu confesso que tenho um pouco de receio de treinar em jejum e sentir-me sem forças. Mas acredito que seja uma questão de habituação gradual, como diz. Eu ainda estou longe de correr uma Maratona, mas gostava um dia!
    O meu pai foi assinante da Spiridon há alguns anos, mas há muito tempo que não leio nenhuma.
    Obrigada pela sua partilha!

    ResponderEliminar
  11. Tenho uma boa notícia para ti.
    Parece que dão um tempo mais frescote e uns chuviscos para o ínicio da próxima semana.
    No entanto, parece que depois volta outra vez o calor...
    Eu detesto calor, por isso estou como tu, espero bem que o Outono chegue antes de 30 de Setembro.

    Eu costumo levar amêndoas ou cajus para os treinos mais longos.
    Mas já ando para experimentar a marmelada há algum tempo.

    Em principio o ideal para durante a corrida deveriam ser os açucares de assimilação rápida, por isso faz mais sentido doces do que salgados. Só que como por vezes transpiro um bocado, prefiro levar frutos secos para repor os sais.

    Enfim, acho que também depende de pessoa para pessoa.
    Eu ainda ando a descobrir com que tipo de alimentos é que me dou melhor durante os treinos.

    Bons treinos!
    Já falta menos de 1mês!!! MEDO!

    ResponderEliminar
  12. Oi!!!
    Visito seu blog pela primeira vez e me encantei muito - já estou te seguindo ;).
    Quanto a indicação de "lanche" durante o treino, eu costumo levar banana passa é prático e fácil de carregar.
    Também tenho um blog de corrida, quando der, apareça por lá.
    Abraço e boas corridas!!
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Isa: Por mim ainda pode estar calor mais um tempo, desde que no dia da prova o fresquinho colabore. Já imaginaste correr a ponte com nevoeiro? Lindo! ;) Passa rápido... :| Bjs e bons treinos!

    Helena: Obrigada pela visita e pela partilha. Gostei do nome do seu blogue, é esse o espírito. ;) Abçs e boas corridas!

    ResponderEliminar
  14. correr na floresta ,seja em corridas de trail ou mesmo com mapas tem outro encanto que correr no asfalto. Um dia tem de experimentar uma prova de trail running que agora andam na moda e existem por esse país fora. Aí vai ficar com uma ideia do espirito da aventura.
    Bom eu tou a falar mas o maior que eu fiz a seguir fitas foi de 29 kms. Mas fiz muitas corridas de aventura( acho que 25) que duravam uma média de 16 horas em que fazia equipa com mais três amigos e que nos levavam ao limite. Mas era uma satisfação enorme chegar ao fim e saber que afinal conseguíamos. Claro que nunca fizémos grandes classificações, mas era o espirito de aventura que contava... isto tudo por causa dessa reportagem do ultra trail, heheh
    até mais

    ResponderEliminar
  15. Sam: É uma experiência que quero ter, sem dúvida. Essas corridas de aventura de que fala parecem desafiantes! A classificação é o menos. Quem sabe um dia... :) Boas corridas!

    ResponderEliminar