10 de setembro de 2012

Treinos Meia Maratona - semana 10


A semana que terminou com o meu maior treino de sempre: 18km. Vamos começar por aí.

O plano aconselhava a utilizar este treino como uma experiência para o dia da prova: acordar à mesma hora, tomar o mesmo pequeno almoço, correr à mesma hora e vestir o equipamento que se está a pensar levar.
1º - Acordar à mesma hora: feito. Costumo acordar pelas 07h30 para correr ao fim-de-semana e acho que será por volta dessa hora que vou acordar no dia da Meia Maratona.
2º - Tomar o mesmo pequeno-almoço: feito. É sempre o mesmo (torradas, banana e café) e como o estômago se tem dado bem não vou inventar.
3º - Correr à mesma hora: pois... Nada feito. Estava calor e não me apetecia estar 3 horas à espera para ir treinar. Sei que é o que vai acontecer no dia da prova, por isso talvez tenha de fazer novo teste para  a semana, mas não tenho muita vontade. De qualquer forma, já saí depois das 09h, o que é um pouco mais tarde do que costumo fazer.
4º - Vestir o equipamento do dia da prova: feito. E ainda bem que o fiz, porque o top acabou por raspar-me nas duas alças e fiquei com assaduras que me fizeram saltar quando tomei o duche. Vou ter de experimentar outra t-shirt para a semana.
5ª (e bónus) - Fazer o mesmo percurso da prova: quase.

Senti-me bem durante a maior parte do treino. Os primeiros 12km passaram num instante (não em termos temporais, mas não dei pelo tempo passar) e só comecei a sentir as pernas mais pesadas já perto dos 16km. A partir daí era "terreno desconhecido" e, apesar de ter quebrado um pouco o ritmo, fiquei contente por não ter precisado de parar, sobretudo porque o último quilómetro e meio foi sempre a subir.
 
Momento nostálgico:
 
Depois, porque estas coisas da memória são surpreendentes, a meio do treino lembrei-me de um episódio tão distante já na minha vida, mas cujas imagens me vieram à cabeça como se fosse ontem.
- Devia ter cerca de 9 anos e participava numa prova de infantis na zona de (acho) Telheiras. Como sempre, corria ao lado das minhas colegas de equipa. Fazíamos sempre isso, íamos juntas do início ao fim e só nos últimos metros largávamos  num sprint para ver qual de nós era a primeira a chegar. Mas naquele dia era diferente. Dias antes tinha pedido ao meu pai que me comprasse uma boneca enorme que tinha visto numa loja. Ele, que sabia que não ligava a bonecas e que me cansaria de brincar com ela passado o interesse inicial, disse-me que me oferecia a boneca, mas que para isso tinha de ficar em primeiro lugar na próxima corrida (uma maneira simpática de dizer: já te estou mesmo a comprar a boneca, espera aí sentadinha). Era a essa promessa que me agarrava quando, a meio de uma subida (as subidas eram o meu forte na altura), fiz o impensável e deixei as minhas colegas para trás. Sentia-me mesmo forte, enquanto passava uma e depois outra menina que começavam a caminhar. Ao chegar ao cimo, virávamos à esquerda, onde nos esperava uma descida até à meta. Passados estes anos todos recordei tão bem as passadas fortes, o medo de cair, as meninas que iam ficando para trás enquanto eu me sentia a voar rua abaixo onde, ao fundo, estava o meu pai que me gritava entusiasmado com a promessa da ambicionada boneca. Foi nesse espírito feliz que cortei a meta.
Agora era bonito se dissesse que fiquei em primeiro lugar, mas não. Fiquei em quinto. Mas lembro-me perfeitamente da medalha que recebi (pequenina e triangular, com fita azul), do gelado que fui comer a seguir com as colegas da equipa, de termos aplaudido o Tó, que tinha ficado em primeiro no escalão dos grandes (Escalão Iniciados, mas para nós eram "os grandes") e do meu pai, dias depois, me ter oferecido a boneca na mesma.
Aquela prova teve menos de 1km de distância, mas chegou aos dias de hoje com uma vividez incrível.
 
Fim de momento nostálgico.
 
 
Treino de domingo:
 
- Manhã
- Distância: 18km
- Ritmo confortável
- Bpm médio:164
- Calorias: 1167
 
 
 
Depois tive direito a almoço reforçado (comida da mãe) e um pastel de nata com o café. Tinha acabado de correr 18km, acho que merecia.
 
 
 
Quem é que eu quero enganar, eu comeria o pastel de nata mesmo que não tivesse corrido os 18km, mas assim soube a celebração e não gulodice. Win win! ;)
 
 
Hoje já me alonguei demasiado, vamos aos números:
 
 
1 treino lento (5k) + 1 treino semi-rápido (12k) + 1 treino longo (18k)
 
 
Semana 10
 
  • 3ª-feira - 5km: 4km jogging + 1km progressivo
(Um aparte para agradecer o apoio dos amigos "virtuais" e um ou dois da "vida real" - já vos posso chamar amigos? - relativamente às últimas semanas da treta. O meu humor já anda melhor, por isso o resto há-de ir pelo mesmo caminho.)
 
  • Domingo - 18 km ritmo confortável


Totais da semana:
Distância - 35 km
Tempo - 03:49:08
Calorias - 2276



Outros exercícios:

- 2ª-feira: exercícios de core, abs, flexões e pernas.
- 5ª-feira: idem + elásticos (acho que já atinei com aquilo e até é engraçado)
- 6ª-feira: passeio de bicicleta, 2horas, sem controlo de distância.
- Sábado: caminhada matinal, 2,5 horas



Já está a voltar a época de provas frequentes. Alguém participou numa corrida este f-d-s?
Estou a terminar agora um livro. Aceito mais sugestões de leitura!


Boa semana! (e já só faltam 3...)



Treinos Meia Maratona - as últimas semanas:
- Semana 9
- Semana 8 e balanço bimestral



25 comentários:

  1. boa menina :) granda treino.
    eu não sei como consegues comer antes de correr, eu quando saia para correr de manhã nunca comia nada (desde que fui para o ginásio já n me lembro de correr no asfalto, shame on me).
    estás fortíssima, certamente a meia vai correr lindamente :)

    ResponderEliminar
  2. Grande pinta, Mulher!!!

    Vais fazer a Meia na boa, sem dúvida, e curtir à farta!!!

    Muito bem!!!

    Continua se faz favor.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Correste pela boneca e foste recompensada. Apetece-me transportar essa história para a minha vida neste momento :)

    ResponderEliminar
  4. Adorei ler o teu momento nostálgico *-* Escreves muito bem e deu para imaginar na minha mente a história toda :)
    Adoro pastéis de nata :D

    ResponderEliminar
  5. Parabéns!
    Fez tudo perfeito, como deve ser feito um treino de teste! Impecável mesmo!
    A corrida longa trás esses momentos nostálgicos e longas conversas interiores.
    Muitas das decisões e soluções para a nossa vida são tomadas nos longos treinos solitários.
    Bons treinos.

    ResponderEliminar
  6. boa super atleta :) e toca a ver a minha prova no domingo de manha :D na rtp1 :) Eu acredito em ti e em algo proximo das duas horas :) basta acreditares mais em ti.. e encontrares uma boa boleia de ritmo :)

    o tempo vai estar agradavel no fim de setembro..
    força :)

    ResponderEliminar
  7. Acho mesmo que vais ter um melhor resultado do que estás à espera. E tenho a certeza que vais sentir a mesma coisa que sentiste nesse dia com 9 anos, orgulho de ti mesma. Beijo

    ResponderEliminar
  8. Estás lá, sem stresses. ;)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. olá
    um treino de 18 kms já não é para todos. Quando eu corri a minha primeira , acho que o máximo que tinha feito antes tinha sido 15kms.
    Tambem vou ter 29 e 30 uma prova de orientação pedestre na Figueira da Foz e tambem estou inscrito para a meia de Ovar dia 7 de outubro.

    ResponderEliminar
  10. Hermione: Se for correr logo a seguir como só uma banana (nunca corri em jejum, tenho medo de me sentir mal), mas como ainda tinha de esperar algum tempo fiz o PA completo. Beijinhos, espero que corra, sim! :)

    Maria: "Curtir à brava" é o objectivo, vamos a ver! Quem são os malucos que curtem à brava correndo 21km??! Nós. ;p Beijinhos

    C.: Sabes que agora deixaste-me a pensar? Recebi a boneca porque dei o meu melhor, e não porque fui a melhor. É isso que interessa, dá o teu melhor! Bjs

    Lady V: Quem não gosta de pasteis de nata??! ;) Bjs

    Jorge: Obrigada. São tudo conselhos recolhidos de quem é mais experiente para terminar os primeiros 21k em forma! :) Bons treinos

    Nainho: Eu tenho um objectivo secreto (ainda acima das 2horas, atenção, nada de abusos!:p), mas vamos a ver. Não sabia que a prova dava na tv, claro que vou ver! Obrigada, bjs

    Sweet68: Orgulho vou sentir de certeza. Beijinhos grandes

    Pedro: Estou lá, mas sempre com stresses! eheh ;) Bjos p/ti e Carla! (Quero ler sobre os treinos dela!)

    sam: Nunca pensei em correr 18km, a sério. Eu tive uma má experiência nos meus primeiros 15km, por isso agora estou a ser mais cautelosa. Tenho de ir ler sobre essas provas de orientação. Bons treinos!

    ResponderEliminar
  11. Muito bem. Estás a levar o treino a sério. Como eu já disse, não vais ter problemas em concluir a prova.
    Na última semana de treino não abuses. É mais descanso que treino.

    ResponderEliminar
  12. vgoncalves: Como é uma primeira experiência e ainda não sei como o corpo reage, estou a seguir um plano de treinos. Penso que na última semana só estão programados um ou dois treinos curtos. Eu tenho seguido à risca as distâncias, não tanto os tempos... Falho nos treinos de velocidade. Vai ser algo a melhorar na (hipotética) próxima. :)

    ResponderEliminar
  13. Hello!
    18Km = muito bem! Já só faltam 19 dias e penso que o plano está a correr bem (oh pra mim que não entendo nada disso!)
    Mas afinal és uma atleta deste sempre!Gostei muito do momento nostálgico. Aposto que ias com um sorrizinho na cara enquanto pensavas nisso :)
    Livros - os que tenho lido ultimamente estão no separador. Ando numa de Ken Follett.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Muitos parabéns por esse excelente treino e por conseguires levar (quase) toda a preparação à risca. Excepção feita a não correres no horário da prova, mas isso eu também não era capaz de esperar 3 horas para ir fazer um treino, a não ser que voltasse para a cama nesse espaço de tempo. :)
    Continuação de boa preparação. A data aproxima-se e de certeza que terás uma excelente prestação. Apoio não te irá faltar, nem que seja o virtual.
    Se na corrida te sentires a "ir a abaixo", lembra-te que o pessoal que aqui vem todos os dias para te ler está a torcer por ti.
    Beijinhos
    (desculpa ter-me alongado tanto no comentário).

    ResponderEliminar
  15. Olá!
    Descobri este blogue há algum tempo e gosto muito do que escreves, por isso vou segui-lo 'oficialmente' :)

    Beijinhos e bons treinos (18km... que bom!) :)

    ResponderEliminar
  16. Luciana: Atleta pequenina e depois um looooongo interregno até voltar a esta amostra de atleta! ;) lol Do Follet só li Os Pilares da Terra. Beijinhos

    Tiago: Eu também me alongo nos posts, por isso não há problema. ;) Às vezes, nos treinos piores, penso que se parar depois lá tenho que vir para aqui escrever outro post deprimente e então continuo (quase) sempre! Obrigada pelo apoio, vou lembrar-me disso, de certeza. Bjs

    vatloc: Obrigada pela "oficialização" e, sobretudo, por te apresentares. :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Espectáculo! 18km -> muito bom!
    Na Meia são só mais 3km e uns metros. You can do it!

    Olha eu também leio muito e neste momento ando numa de ler outra vez livros sobre cães (tenho várias dezenas...), mas uns livros jeitosos para se ler antes duma meia maratona são livros sobre corrida.
    O "Nascidos para correr" é espectacular. O "Correr ou Morrer" também dá uma grande motivação ou então "A Maratona de Nova Iorque" que é sobre a preparação de um português para a dita prova.

    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  18. Telheiras é uma zona cheia de recordações felizes :) É onde vivo agora ;)

    18km é mesmo uma biolência, muitos parabéns :D

    Eu sugeria-te leres os Filhos do Homem se gostares do estilo 'societies gone wrong' :P Se não, o P. acabou agora de ler o Retrato de Dorian Gray e gostou imenso ;)

    Beijinhos e tem um óptimo resto de semana :D

    ResponderEliminar
  19. És a maior pa!!
    Adoro ver a tua motivação, dedicação e força :D
    Que inspiração :P
    Acho que o próximo dia que for correr também me vou lembrar da tua historia ahah

    Obrigada pelo apoio a sério és espectacular :D

    Preciso tanto de fazer um plano de treino para mim, mas não sei mesmo organizar-me :S

    Beijinhos e tem uma boa semana também!!

    ResponderEliminar
  20. Isa: Ainda há uns dias estava a falar desses livros com outro "bloguer corredor" :). O Correr ou Morrer estou a ler agora, depois falo dele aqui. Os outros dois já estão na lista há algum tempo... Bjs

    Joana: Já não te lembras que o RDDG é um dos meus livros favoritos?! ;p Filhos do Homem vi o filme... Ler o livro e depois ver o filme: sim. Ver o filme primeiro e depois ler o livro: não. ;) Bjs

    Serependity: Se pensares bem também deves ter umas histórias boas para te recordares. :) À falta de um treino personalizado, pesquisa alguns na net para os teus objectivos e depois adaptas. Vais ficar bem. Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Peço imensa perdão pela minha falha! :P Ainda não li o livro, vou ler ;)

    Os Filhos do Homem não tem quase nada a ver com o filme. Aliás, o filme é bastante criticado por causa disso! ;) Mas entendo o que queres dizer :)

    Beijinhos e boa noite :D

    ResponderEliminar

  22. Oi,

    te digo que esses treinos longos cansam mais do que a prova em si. Treino é treino, prova é prova - o astral é bem diferente!

    Segue firme que estás no caminho certo!

    Abç

    ResponderEliminar
  23. Força ai :o)

    E essa nata...Aspecto delicioso :o)

    Beijinhos
    Elisabete Cruz
    http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. Obrigado pela partilha. senti-me arremessado para memórias distantes com uma nitidez impressionante, tambem me acontece apesar de já não ter o meu pai comigo, tambem ele entusiasta fervoroso das minhas pequenas conquistas. Era um bom pai e um excelente amigo e não há corrida ou treino que não pense na falta que me faz e na falta que sinto do seu apoio.
    recordar com carinho é manter vivos esses momentos.

    obrigado por me fazer recordar.

    ResponderEliminar
  25. Jorge: Antes de mais, é um colega das corridas, pode tratar-me por "tu"! É sempre bom poder recordar estes momentos, mesmo quando as pessoas já nao estão connosco, são estas as coisas que lhes dão vida. O apoio dos pais é eterno. Obrigada eu, pelo comentário.

    ResponderEliminar