6 de outubro de 2012

Regressando passo a passo

Hoje corri pela primeira vez depois da Meia Maratona. Não tinha planeado esperar tanto tempo para "voltar ao activo", mas na quinta-feira acordei com febre e a sentir-me como se estivesse de ressaca, apesar de não ter tocado em uma gota de álcool. Achei melhor adiar. Não sei se terá sido algum vírus que apanhei nas inúmeras visitas ao hospital, mas na sexta-feira ainda não estava completamente recuperada. Para piorar, ia passar o dia quase todo fora. Por isso, quando cheguei a casa, só queria enfiar-me no sofá com um chazinho e um livro.
 

 
São as noites loucas de sexta-feira cá em casa.

 
Aproveitei para ver um filme brasileiro que já tinha em lista de espera há algum tempo: Estômago. Gostei.

Sinopse (que não lhe faz justiça):

"Na vida há os que devoram e os que são devorados. Raimundo Nonato descobre um caminho à parte: ele cozinha. E é nas cozinhas de um boteco, de um restaurante italiano e de uma prisão - o que ele fez para acabar ali? - que Nonato vive sua intrigante história. E também aprende as regras da sociedade dos que devoram ou são devorados. Regras que ele usa a seu favor, porque mesmo os cozinheiros têm direito a comer sua parte - e eles sabem, mais do que ninguém, qual é a parte melhor."

A história é contada em duas linhas temporais. Uma em que vemos o protagonista começar a a dar os primeiros passos como cozinheiro e a sua ascensão profissional e outra posterior em que o vemos na prisão. Só no fim é que descobrimos o que aconteceu.


 Mas como estava a dizer, hoje voltei a correr.

Acordei a sentir-me bem e saí. Foi bom sentir o fresquinho nas pernas de calções curtos, já tinha saudades. Adoro correr com o tempo mais frio, sair de manhã com a névoa da madrugada ainda baixa, o vapor do bafo quente da respiração, a calma nas ruas (há muito menos gente)... Hoje ainda não havia névoa, mas o dia amanheceu com algumas nuvens e pude estrear um tapete de folhas secas que estava mesmo a pedir para ser 'corrido'. Bem-vindo outono!

No entanto, demorei a entrar no espírito da coisa. Durante os primeiros minutos sentia as pernas perras e pesadas e só já passado um bom quarto de hora é que encontrei o ritmo. Era para ter corrido apenas meia-hora, mas acabei por correr perto de 50 minutos. Se calhar não devia ter corrido logo tanto da primeira vez, mas apeteceu-me. Corri novamente a nu, desta vez por opção, por isso não faço ideia dos quilómetros percorridos, mas foi um tempo bem passado.

Como seria de esperar, não tivesse eu vista privilegiada sobre a ponte Vasco da Gama, os pensamentos voaram novamente até ao passado domingo. Ainda não acredito que fui capaz de correr tantos quilómetros seguidos e, melhor, ter terminado a achar que não foi assim tão mau... Atenção, claro que fiquei cansada, e muito. Aqueles dois últimos quilómetros foram um teste à minha determinação e sinceramente não sei se seria capaz de correr mais um quilómetro que fosse. Mas a Meia Maratona, que me parecia uma coisa tão assustadora, agora sei que é passível de ser feita e bem aproveitada, desde que se treine para isso.

Agora provavelmente regressarei durante uns tempos às provas de 10km, embora não possa ser fim-de-semana sim, fim-de-semana sim, devido a várias razões, mas sobretudo monetárias. Vou ter de escolher melhor as minhas 'batalhas'. Quero ver se até ao final do ano melhoro o meu tempo, embora não esteja muito entusiasmada em voltar a treinos de velocidade... Não tenho um átomo de Bolt em mim.

Vou procurar umas provas de trail curtinhas e já volto.

Bom domingo e boas corridas!

 

17 comentários:

  1. Sem qualquer hesitação, te aconselho desde já: o VII Grande Prémio da Arrábida, dia 25 Novembro! São 12 km e tens informação aqui: http://www.lebresdosado.pt/

    São cerca de 12 km, e já fui a várias edições. Tenho no blogue relatos que podes consultar

    Subir a Palmela, descer, terra batida, também asfalto e Moscatel pelo meio!

    ResponderEliminar
  2. Bom domingo também para ti.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Também gostava de conseguir correr.
    Ainda andei uns meses a correr ao sábado de manhã mas... mas não corria mais do que 3 ou 4 kms e ficava de rastos :(
    Ou era o peito que não estava bem acondicionado (lol), ou era a garganta seca que arranhava e me fazia tossir desalmadamente, ou era a chatice de ter de me deslocar de carro cerca de 10 km para chegar a um ponto onde o posia fazer... enfim, a verdade é que não nasci para correr por muito que gostasse!!!
    Até porque de pernas não me cansava nada... a ideia que tinha era que de pernas era capaz de aguentar 42 km!!! ;)
    Mas, do que gosto mesmo - e pratico regilarmente! - é de caminhar. Gosto de atravessar Lisboa, de uma ponta à outra, a pé. Umas vezes mais em passeio, outras mais em marcha acelerada.

    Mas admiro bastante pessoas como tu! :)
    Força aí, nessas pernocas e nesse coração :)

    http:\\timebite.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Boas noites! :D

    É mesmo uma virose que anda por aí, eu conheço imensa gente que está doente :( Eu hoje já estou melhorzinha, até já dei uma perninha na cozinha como ajudante do meu pai (e não como personagem principal como estava a planear, mas pronto, o mundo não acaba amanhã) :P

    Ainda bem que já estás melhor :) E que continuas animada :D Ler o que escreves dá-me sempre vontade de sair imediatamente de casa e desatar a correr, acho que um dia isso ainda vai acontecer :P

    Beijinhos e boa noite :D

    ResponderEliminar
  5. eu agora estou à espera que o urban trail passe por Coimbra para participar :)
    desde que fui para o ginásio que tenho corrido menos, mas estou a mudar isso. ainda hoje fui :)
    beijinho *** (tens de mudar o nome do blog, tu agora corres como uma MULHER) :)

    ResponderEliminar
  6. Sabes, ontem recomecei as corrinhadas. E só me conseguia lembrar "A CCUM tem mesmo razão quando diz que a vitória está em superarmo-nos a nós mesmos". Obrigada pela inspiração. Beijo

    ResponderEliminar
  7. Maria: Obrigada pela dica, vou pesquisar! Gostei do fuel fornecido ;). Também vais? Beijinhos

    Time traveller: Lisboa é uma cidade linda para caminhar, por isso perde-se uma corredora mas ganha-se uma caminhante, o que também é muito bom! ;) Beijinhos
    PS: Isso do peito "bem acondicionado" :) é uma coisa que também me incomoda e os melhores soutiens desportivos são caríssimos!

    Joana: Um dia vou ser tua "madrinha" na tua primeira corrida, fico à espera! :) Hoje já estou melhor também, deve ter sido algum vírus que andava "no ar"... Beijinhos

    Hermione: Se andasse com a carteira mais recheada ia fazer o Urban Trail do Porto! Há alguns anos que não vou lá e era uma boa desculpa para voltar. Têm de pensar numa edição em Coimbra também... :) Beijinhos!

    Sweet68: Obrigada eu! :) Boas corrinhadas, beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Acho que este tempo que não se decide, deixas as pessoas um bocado em baixo.
    Mas ainda bem que estás melhor e que já foste dar a corria pós-meia maratona :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  9. O filme é bom?
    recomendas?

    este fim-de-semana acho que estou a chocar qualquer coisa dentro de mim.
    estou toa pinguda e com dor de cabeça... :|

    olha, queria te perguntar uma coisa...
    Diz-me aí um livro assim surrealista e com historias absurdas que recomendes. lol

    sim!!! tu correste a meia maratona, és a minha heroína :D

    Beijinhos grandes e bom domingo!!!

    ResponderEliminar
  10. Bom regresso! E o desejo da completa recuperação. Mas, pelo treino de hoje, parece que o vírus já estará mais para lá do que para cá! :)

    ResponderEliminar
  11. Moça: Eu gostei. Não sei se é um filme que recomende a toda a gente, mas acho que tu irias gostar. É um pouco "surrealista e absurdo" ;). Quanto aos livros já te digo qualquer coisa. Beijos!

    João: Espero que sim... Senti-me um bocadinho mais cansada que o normal, não sei se ainda devido a domingo ou à virose! Mas tenho de me recuperar para as provas futuras! :) Continuação de bons treinos!

    ResponderEliminar

  12. Olá,

    que bom que já estás pensando em outras provas, assim não perdes o objetivo :-) Eu decidi fazer 2 meias maratonas por ano, então 2012 tá completo!!
    Não conheço esse filme brasileiro, depois vou procurar. Valeu pela dica! Queres um bem legal? (só que é argentino)... "Medianeras".

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. ehehe oh pah eu adoro ler-te:p eu tenho fé que um dia que os meus pés pequeninos aguentem a carga tambem vou correr!nao...nao creio que corra maratonas...ja nao sonho tao longe(por enquanto) as quero correr...mas por agora o joelho grita se o fizer e os pés tambem(segundo o ortopedista tenho os pés feitos num 8..se calhar é por isso que de vez em quando quero ir para a esquerda e pendo para a direita...hummm...será?:D )beijinhos e bigada pelo comentario..realmente...pelo menos de todas as receitas, aquela nao engorda de certeza:D bom inicio de semana

    ResponderEliminar
  14. Ms Harkins: Duas Meias por ano parece-me bem! Obrigada pela sugestão do filme, vi o trailer e pareceu-me interessante. Bjs

    ResponderEliminar
  15. Não gostas de dióspiros? Já experimentas-te ou pertences aquele grupo que diz que não gosta sem nunca ter provado? Eu pertenci a esse grupo largos anos - anos tristemente "perdidos" :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Esta altura do ano é mesmo propicia a estas coisas que não se sabe bem de onde vêem...
    Boa sorte com as corridas :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  17. Hello!
    Pois...o f-d-s já passou, mas só consegui vir aqui agora!
    Não sei se já reparaste, mas as minhas noites de sexta à noite são tão loucas como as tuas (especialmente quando tenho de limpar a casa!);
    Não conheço esse livro, nem o filme...
    Recomeços são um teste à nossa capacidade de recuperação. Agora fazes os 10Km com "uma perna ás costas!", se bem que, com as duas no chão, fica sempre mais fácil :)
    Beijinhos,
    Lu

    ResponderEliminar