24 de outubro de 2012

Suar as emoções (negativas)

Ontem não foi um dia muito bom. Ou melhor, até começou bem, como quase todos os dias, mas depois houve uma situação mais desagradável que arruinou o meu humor o resto da tarde.
Há pouca coisa que me tire do sério, mas não posso com má educação... Sobretudo quando não podemos responder à letra, até porque nem vale a pena. Infelizmente, há pessoas dias assim, que nos deixam com um vulcão interno fervilhante de respostas contidas a ameaçar explodir. (E eu estou uma poeta!)
 
Como temos de ver sempre o lado positivo das coisas, o melhor foi poder chegar a casa com tempo de aproveitar a fúria acumulada e usá-la como combustível para a minha corrida de final de tarde.
 
Levei o mp3 e fiz um treino de intervalos/fartlek (?) improvisado ao som da música. Fui ao baú buscar clássicos da adolescência rebelde e depois foi só acelerar nos refrãos mais revoltados - a 7 Words, dos Deftones, resultou especialmente bem - e repetir até substituir a raiva pelo cansaço.
A verdade é que a má disposição foi expurgada através do suor e cheguei a casa muito mais "Don't Worry, Be Happy".
 
Um dia destes publico uma Playlist orientada para estes dias em que nos apetece partir a cara de alguém tudo. :)

 
 Entre acelerações, as subidas também não escaparam.

Prova nº 1

Não costumo incluir muitas subidas nos meus treinos porque ao pé de casa só tenho subidas dignas desse nome em paralelo ao trânsito e eu evito correr ao pé de estradas.

Prova nº 2


Há um parque ao pé da casa dos meus pais com umas subidas jeitosas mas ou tenho de ir de carro até lá ou vou a correr... atravessando dezenas de estradas e fintando o trânsito, o que acaba por ir dar ao mesmo.

Mas ontem, a pensar na Corrida do Monge, aguentei-me e percorri a serra urbana.

Corrida enraivecida - confere.
Domínio das subidas - confere.

Foi um bom treino.


Treino de terça:

Final da tarde
Distância: 7.5km
Variações de ritmo
Bpm médio: 168
Calorias: 478


O que também é muito bom para acalmar os ânimos é ter uma taça tamanho familiar de gelatina à nossa espera em casa e não termos de partilhar com ninguém.



(Ainda bem que "banquei" aquelas 478 calorias...)


Vocês 'suam' ou 'devoram' a irritação?



PS: A todos os interessados em Trail Running: esta 5ª-feira, às 21horas, no programa Linha da Frente - "Para lá do Limite", com Carlos Sá e outros atletas do Ultra Trail du Mont Blanc. A não perder.

 

16 comentários:

  1. Há dias assim.
    Ainda bem que me estás a avisar do programa, não vou perder!
    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  2. Eu é mais 'cozinhar' a irritação, mas depois nem como muito porque perco o apetite :( E esta semana tenho andado muito assim :( Enfim, também tenho de começar a ir correr (mas sem subidas, que eu sou uma lady e isso de ficar a arfar não é para mim) :P

    Beijinhos e tem um bom resto de dia. Espero que hoje já te sintas melhor ;)

    ResponderEliminar
  3. Isa: Não podemos perder, é inspiração! ;) Depois mando-te msg pa combinarmos. Bjs

    Joana: Olha, eu nunca me dá para perder o apetite... E só agora é que vim almoçar! Estava com mau-humor da fome, mas já passa. ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A corrida serve para muitas coisas e essa é uma delas!

    Há quem diga que ninguém nos irrita, nós é que nos deixamos ou não irritar por alguém. Claro que há uma enorme diferença entre a teoria e a prática e cada um tem dias e dias.

    O que é certo é que suar a irritação é fundamental em dois sentidos. Na nossa disposição e no sentirmo-nos superiores a quem nos tirou do sério.

    Força!

    ResponderEliminar
  5. João: É verdade, não podemos alterar situações, mas podemos escolher como reagir às mesmas. Para mim não é fácil, que inflamo com facilidade, mas estamos sempre a evoluir e poder expurgar a raiva através da corrida ajuda. :) Obrigada.

    ResponderEliminar
  6. a mim a má educação tb me provoca desconforto...
    então se forem pessoas a quem não se possa responder, ainda me dá mais...
    mas ás vezes não me aguento, e sai-me... um dia destes, uma pessoa a quem eu nao devia responder, começou a falar cmg todo exaltado a dizer que eu devia fazer coisas que não são da minha responsabilidade, e meio aos berros, e só me sai assim "olhe, não fale assim cmg!". A minha sorte foi que a frase saiu num tom meio de brincadeira. lol :P

    Beijinhos grandes!!! hoje tb devoraria gelatina. lol

    ResponderEliminar
  7. Moça: Pois, é mesmo a pessoas que não convém responder. Depois as coisas ficam-me entaladas e eu não gosto de engulir sapos! Fico logo toda GRRRRR (interiormente!) :) O que vale é que me passa depressa. Gostava de ter essa capacidade de responder em tom de brincadeira! ;) Beijinho grande

    ResponderEliminar
  8. Hello!
    Pois...o "tempo" faz alguma diferença. Por acaso gostava de ter mais formação em espanhol...tenho de ir pesquisar aqui perto!
    Má Educação - não gosto, obrigada!...mas isso não chega e temos de engolir alguns sapos. Transformar a raiva em energia é bom! Se os carros funcionassem com esse combustível, também não era mal pensado!
    Nestes dias podes descansar das subidas :)
    Gelatina no tempo frio, custa mais a comer (podes ficar com a minha parte:). Agora, são as coisas quentinhas que me caem melhor.
    ...e eu sou mais de devorar a irritação. All of them!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Eu cá prefiro dizer "OK, OK, tudo bem" e mal viro costas "vai-te fod&r"... :) à mulher do norte, carago!
    Eu normalmente uso a irritação para me pôr a arrumar e limpar tudo e mais alguma coisa... cada tolo com a sua mania. Beijo

    ResponderEliminar
  10. Lulu: O Cervantes tem profs muito bons, mas é um pco carote. Tenho pena de agora não continuar, porque uma pessoa se não praticar vai perdendo o idioma. Lá vou vendo algumas peliculas espanholas, mas não chega! :)
    Eu sufoco com os sapos! A pessoa a falar e eu na minha cabeça estou a esbofeteá-la, é a única maneira de me controlar... ;)
    É dava jeito uma nova opção de combustível! Beijinhos

    Sweet68: Assim é que é!;p É comum o "sim,sim..." - falado e o "#$%&#/" - pensado.
    Sempre te dá para uma coisa útil, podia ser pior! :) Beijo

    ResponderEliminar
  11. Tem piada, ontem tb corri cheia de raiva, e acreditas que acabei o treino sem me sentir cansada?
    Até pensei em fazer mais uns kms!!!
    Vou pensar seriamente em me enraivecer antes de treinos longos, será que resulta?
    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Olá (prepara-te que vem aí seca)Uma das minhas funções profissionais é dar "formação" formação em sentido lato ao nivel da empresa e dos seus colaboradores. Mas se queres a minha opinião as pessoas não precisam de formação precisam sim de educação e saber respeitar os outros e as suas funções.sob o "meu" ponto vista é uma seca e serve pra se estar ali num monólogo chato perante uma audiência entediada a apresentar conteudos que entram a 100 e saem a 200. Surgem as "bocas", a exigência do cofee break, o xixi, o telemovel que pedi pra desligar e ficou ligado,a troca de sms, etc..etc..estou a falar de pesssoas adultas e com muita idade pra ter juizo, por vezes levo pra brincadeira, outras faço que não ouvi de forma a não quebrar o ritmo e dar valor aquilo que não tem..Outras passo-me completamente..e saio!! vou-me embora ..ganharam !! parabéns

    o transito parece-me caotico, os sinais não mudam de cor, (n) chamadas perdidas,etc..chego a casa arranjo-me calço as sapatilhas e voilá !! acabam-se os maus humores, deixo de estar com a telha e rio-me de coisas que levei tanto a peito e agora são parvas. A corrida ( desporto) tem este efeito sobre mim..apaziguador

    ps.Obg pela informação da reportagem
    Bj
    J

    ResponderEliminar
  13. eu às vezes exteriorizo a irritação, mas nem sempre posso por isso lá tenho de suar as irritações ;p às vezes também as cozinho, e outras também devoro, depende do estado de espírito.

    ResponderEliminar
  14. Carla: Eu acho que dá resultado! Mas a mim mais nas corridas "rápidas". :)
    Não sei é se é fácil encontrarmos motivos assim do nada para nos enraivecer (ou então basta só ler/ver as notícias da actualidade nacional!) Beijinhos

    Jorge: Actualmente não, mas já dei aulas/formação durante alguns anos e sei bem o que isso é... Mais vale ignorar mesmo, mas às vezes não é fácil. Claro que depende muito do humor com que estamos nesse dia.
    Aspecto positivo: corrida "raivosa" dá mais força às pernas! ;) Bjs
    PS: As melhoras do joelho...

    Hermione: A mim só não me dá para cozinhar... bolas! Dava jeito! ;) Beijinhos e força!

    ResponderEliminar
  15. A corrida ajuda muito nesses dias.
    E a música também.
    Obrigado pela informação, vou ver o programa.

    ResponderEliminar
  16. vgoncalves: Ajuda bastante. A música é que bem que podia optar por coisas mais calminhas, mas só me dá para a violência! :)
    Já programei na box, aquilo é que é superar limites. Bjs

    ResponderEliminar