7 de dezembro de 2012

Os grandes, os sonhos.

 
 
 
 
Era uma vez um menino que brincava nas traseiras da sua casa, sentado no chão, joelhos esfolados, pernas e braços encardidos do pó em que se arrasta, conduzindo um carrinho por uma pista de estradas marcadas a traço de um pau na terra seca. Enquanto reproduz com os lábios os brrrrrums de um motor imaginário, pensa: Quando for grande, vou ser piloto de automóveis.
Numa casa não muito longe dali, uma menina entra à socapa no quarto da mãe, arrasta nos pés uns saltos altos seis números acima e pinta os lábios de vermelho cereja, falhando a definição, enquanto ensaia em frente ao espelho o discurso que irá fazer, quando todas a câmaras e flashes se virarem para ela. Quando for grande, vou ser actriz.
Na garagem dessa mesma casa, um rapaz adolescente dedilha na guitarra os acordes da música que começou a trautear na sua cabeça, a meio da aula de Ciências. Os amigos acompanham-no no baixo e na bateria (o vocalista ainda não chegou). Dali a uns anos, graças ao sucesso de um vídeo no youtube, vão esgotar estádios e salas de espectáculos com pessoas que querem ouvir as suas músicas. Ansiando o que os espera, as suas ambições estão de acordo: Quando formos famosos, vamos ter montes de raparigas atrás de nós.
Noutra cidade, quem sabe noutro país, sete miúdos (um vai-se revezando) chutam uma bola no parque baldio entre uns prédios e as traseiras de uma gasolineira. Na cabeça de cada um existe uma visão: Quando for grande, vou ser o próximo Ronaldo.
Um casal contempla abraçado o sol que se põe sobre o bairro, sentados no banco favorito do miradouro. Ela ainda não sabe, mas o rapaz pensa: Esta noite, quando formos jantar, vou pedir-te em casamento.
Numa maternidade, uma mãe abre os braços para receber no peito o filho recém-nascido. Quero que sejas sempre muito feliz.
Um pai, já de gravata posta, observa a restante família sentada à mesa a tomar o pequeno-almoço, antes de sair para mais um dia de trabalho. Um dia, quando for promovido, posso dar-lhes uma vida ainda melhor.
Uma senhora de mais idade, de rosto duro mas olhos sonhadores, carrega o saco de mercearias numa mão e na outra agarra o talão do euromilhões acabado de entregar. Quando ganhar o euromilhões, ajudo os meus filhos, deixo um pé-de-meia para os meus netos e vou ver o mundo que nunca vi.

Por todo o lado, hoje alguém calça uns ténis pela primeira vez. Quer deixar para trás os quilos, a doença, um desgosto. Quer desafiar o corpo jovem e cheio de vida ou prolongar os quilómetros de um corpo que já viveu muito. Começa a correr. Entusiasmado, forte, veloz, ninguém o agarra. Cansa-se. Perde o fôlego e agarra-se às pernas. Torna a tentar. Participa em provas, vai mais longe. Na sua cabeça começa a formar-se a ideia que preso no anterior corpo sedentário nunca teria imaginado ser possível. Um dia corro uma Maratona.
O dia, como o de todos os sonhos, pode estar mais perto ou mais longe, mas não é isso que importa. Quando o sonho ganha forma, já estamos a correr a maratona.

A todos os que correm atrás dos sonhos, força.

A todos os que conheço e cujo sonho se realiza já este domingo, uma boa prova. São grandes como o sonho que seguem.


Bom fim-de-semana!

26 comentários:

  1. Ja disse q escreves com paixão com alma... Sentes cada palavra.. do mesmo modo que cada passada numa prova :)

    bons treinos :)
    e aqui mais um video.. de uma prova mais acessivel do que o UMTB :)

    http://vimeo.com/51194472#

    ResponderEliminar
  2. Muito bom. :)
    Bom 1/4 de maratona no domingo, cara adversária de estafeta. :)

    ResponderEliminar
  3. Deixaste-me "embatucado" com este teu lindíssimo texto

    Beijinhos e até domingo. Que tenhas uma excelente Estafeta!

    ResponderEliminar
  4. Nainho: Obrigada! É uma prova com um percurso muito bonito e, ainda por cima, perto da minha linda Barcelona. E é acessível também (cerca de 85km, coisa pouca ihih :p). Um dia. :) Bom fim-de-semana e boas corridas!

    Tiago: Obrigada. Lá nos veremos, caro adversário! :)

    João: Obrigada. És um dos grandes que seguem o sonho, caso não te tenhas apercebido... ;) Beijinhos e até domingo

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    As palavras soltas e desconexas pouco sentido farão sem uma hábil articulação ou providas de sentimento, no entanto com a tua sensibilidade ganham vida e reproduzem um efeito unico em quem as lê.
    percebes agora porque não consigo evitar comentar qualquer texto?

    boa prova, começa devagar e acaba a sorrir.

    J
    ;)

    ResponderEliminar
  6. Jorge: Olá! Também és um dos grandes que seguem o sonho! lol :) (Só repito isto para o caso de estarem distraídos...:p)
    Os pensamentos podem estar por toda a parte, mas o teu sentimento está lá: vais concretizar um sonho! Boa maratona!
    Apropriando-me das tuas palavras: começa devagar e acaba a sorrir. :)

    ResponderEliminar
  7. é bom lutar sempre pelos nossos sonhos, dar tudo de nós para os tornar reais. é também importante ter perseverança para saber quando é que chega a altura de mudar de sonhos, traçar novas metas... beijinho e bom fim de semana *

    ResponderEliminar
  8. Bolas, essa tocou, não fosse eu um dos sonhadores.

    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  9. Hermione: É verdade, na vida é importante reinventarmo-nos, estar em cima do acontecimento. ;) Beijinhos**

    Pedro: É escusado dizer que também se dirigia a ti! :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Quando eu era criança não sei bem o que sonhava, mas hoje sei bem aquilo que sonho :) E eu faço parte do grupo de pessoas que acredita que os sonhos se realizam se tiveres paciência, perseverança e boa energia :D

    Beijinhos e bom fim-de-semana :D

    ResponderEliminar
  11. Um texto bem bonito. A força de vontade é a palavra-passe desse texto!!
    Boa prova para ti , para a tua equipa e já agora para os amigos blogueiros que nos lêem e vão também participar
    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Gostei de ler, como sempre.
    Que os sonhos se concretizem.
    Boa prova para a melhor equipa de estafetas.

    ResponderEliminar
  13. Joana: Os sonhos vão crescendo connosco. Beijinhos e boa energia! :)

    Sam: Obrigada. Espero que seja um bom dia para todos. Beijinhos

    V.: Obrigada. Espero que atinjas (e superes) o teu objectivo para a Meia! :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Adorei o teu texto querida, está perfeito :)
    Temos que ir atrás dos nossos sonhos e realizá-los por nós e para nós!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  15. Magistralmente bem escrito e lindo!
    Não vou correr atrás de um sonho pessoal neste domingo mas vou, tentar, ajudar um amigo a correr atrás do seu!
    Para se ser um corredor de fundo completo não basta correr-mos temos, também, ajudar os outros a irem atrás dos seus sonhos e até colaborar, pelo menos uma vez na vida, na organização de uma prova.
    Por mais que se corra quem nunca passou por estás duas vertentes da corrida jamais será um corredor de fundo completo.

    ResponderEliminar
  16. Hello!
    Gostei tanto, tanto, tanto!!!!!!
    Quando for grande quero ser feliz e saber que o sou :)
    Bom f-d-s com muita esperança que os sonhos se concretizem mesmo!

    ResponderEliminar
  17. Lady V: Obrigada. Beijinhos

    Jorge: Ajudar alguém a concretizar um sonho é louvável e faz-nos sentir igualmente realizados. Deve ser uma óptima sensação também. O João tem sorte (e mérito) de ter amigos assim. Beijinhos e até amanhã

    Lulu: Linda na nova foto!! Agora é que disseste bem, às vezes somos felizes sem saber... Que o reconheças sempre! Beijinhos grandes guapa ;)

    ResponderEliminar
  18. Only go to say this:
    http://bjc.uol.com.br/wp-content/uploads/2012/05/clap.gif

    ResponderEliminar
  19. Boa sorte a todos os que estão hj a correr!

    ResponderEliminar
  20. Jk: :) Obrigada! Junto essas palmas a quem completou a Maratona hoje!

    Sweet68: Obrigada!

    Catia: Obrigada! Estou muito contente, bati o meu record! :) E a ti, como correu a tua prova?

    ResponderEliminar
  21. Boa, boa!!!Parabens, isso é smp o mais importante. Correu bem, apesar do frio e da chuvita inicial. Consegui terminá-la em menos de 50 minutos (objectivo que levava) apesar de um bocadito de caminhadas técnicas e fiquei em 10º da classificação geral feminina, ou seja, ainda ganhei 5 euros (deu para ajudas de portagens ;) ) e uma tacinha. Portanto não foi mt mau, apesar do joelho direito m ter dito antes, durante e após prova q qql coisa não está bem com ele.

    ResponderEliminar
  22. Catia: Uau! Comparada ctg o meu é um recorde fraquinho! ihih :p Parabéns!! Isso do joelho é que é pior... eu também senti a minha anca já nos últimos kms... :( Bjs

    ResponderEliminar
  23. Gostei muito desta tua partilha, lindo :D
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  24. Anónimo26/4/13

    R**is parta!!!

    Eu sei que já passaram uns meses sobre este post mas apenas há uns dias é que descobri o blogue e acredita que em muitas casos tem sido inspirador mas desta vez...

    continua com a bela da partilha e da escrita, para além da corrida, pode ser que um dia nos encontremmos numa meia ou maratona por aí...ou quem sabe num trilho.

    jnr

    ResponderEliminar
  25. jnr: Obrigada! Este tem sido o texto de que as pessoas me falam mais, se calhar por ser um sonho de todos "os que correm", um dia fazerem uma Maratona. Há dias mais inspirados que outros. :)
    A Maratona ainda não está para breve (acho), mas noutras provas e agora, sobretudo, trilhos, é provável que nos cruzemos.
    Obrigada pelo comentário, boas corridas!

    ResponderEliminar