23 de janeiro de 2013

Condições climatéricas: Correr com granizo - Check

 
Eu sei que pelo título nunca chegariam lá (ihih), mas na corrida de ontem apanhei uma molha de granizo!
Passou o dia chove, faz sol, ventania, chove, mas quando saí não chovia, apesar de estar um vento gelado. A cerca de 15/20 minutos do treino, ia na minha habitual velocidade vagarosa quando o céu resolve descarregar uma saraivada. Durou poucos minutos, mas desci logo para uma velocidade de 5s-e-qualquer-coisa ao minuto que foi uma maravilha!
Os corredores que foram apanhados no meio daquilo continuaram a correr (fazer o quê, já estávamos encharcados de qualquer forma), mas olhavam uns para os outros de passagem com um riso no rosto como quem assente "somos malucos e sabemos".
Assim como veio, a saraivada foi-se, mas deixou-me gelada. O granizo é mesmo frio (duh) e foi um choque térmico instantâneo. De nada valeu tentar proteger as mãos ou a cara, até as pernas perderam sensibilidade.

Fiquei um pouco preocupada porque reparei que o Garmin começou a ganhar humidade e a embaciar o ecrã, e isto no espaço de poucos minutos. Nunca me tinha acontecido em nenhum dia de chuva anterior. Parei durante um bocado e virei-o para dentro do pulso, de forma a não apanhar com a chuva directamente (não sei se fez grande coisa). É normal isto acontecer? Entretanto, pouco tempo depois de estar em casa desapareceu a mancha do ecrã, mas sempre pensei que fosse mais impermeável/estanque...

Esta foto tirada do tlm era para vocês verem o ecrã embaciado,
mas como toda a foto ficou desfocada não se percebe... Foto fail.

Uma coisa boa (?) da ventania que estava foi que cheguei a casa e a roupa já estava seca. Só os ténis é que estavam encharcados e este já é o segundo par (o primeiro está a secar desde domingo, com folhas de jornal dentro e tudo, mas não há meios de ficar seco)... Sei que não aconselham secar os ténis junto ao aquecedor, mas se calhar é o que vou ter de fazer se quiser um par disponível para  o G.P. Fim da Europa... 

Foi uma experiência diferente e já posso riscar granizo da lista, fica a faltar a neve.


Hoje passei pela biblioteca a caminho de casa porque já lá tinham o livro que tinha reservado: Dentro do Segredo - Uma viagem na Coreia do Norte, de José Luís Peixoto. A "minha" biblioteca não tem secção de Desporto-Corrida (tem secção de Saúde/Bem-Estar, mas mesmo assim não está muito equipada), o que é uma pena e poupava-me uns trocos, para ler todos os livros que quero e que vocês sugerem. Entretanto, vou lendo outras coisas.

Como já sabem, o JLP é um dos meus autores portugueses preferidos. Muitos sabem que é fã de Moonspell, tem vários piercings e tatuagens, mas poucos sabem que também gosta de correr. É verdade. Bom escritor e também corre? Prémio Nobel já!:)

Aliás, um dos seus livros, Cemitério de Pianos, tem por base a história de vida de Francisco Lázaro, o maratonista português que morreu durante a Maratona Olímpica de Estocolmo. Livro que tem uma das mais bonitas e verdadeiras citações sobre corrida (para mim):

"(...) quando ia treinar, passava pelas ruas a correr e ninguém podia imaginar o mundo de palavras que levava comigo. Correr é estar absolutamente sozinho. Sei desde o início: na solidão, é-me impossível fugir de mim próprio. Logo após as primeiras passadas, levantaram-se muros negros à minha volta. Inofensivo, o mundo afasta-se. Enquanto corro, fico parado dentro de mim e espero. Fico finalmente à minha própria mercê. (...) Foi então que aprendi a correr contra as palavras dentro de mim, da mesma maneira que aprendi a correr contra o vento."


Boas corridas contra o vento (esta semana não dá para evitar!).



20 comentários:

  1. Ah, valente. Nem o granizo te pára. Assim é que é. Parece que domingo também não vamos ter sorte com o tempo. Para mais em Sintra que costuma sempre mais fresco, mais nublado e mais chuvoso que em Lisboa.
    Beijinhos e até domingo.

    ResponderEliminar
  2. Olá!

    Ontem às 7 da manhã e hoje às 7 da tarde, também fiquei bem molhado e frio quando decidiram atirar baldes de água gelada lá de cima, mas não cheguei a apanhar granizo.

    Uma sensação maravilhosa após correr debaixo de chuva fria, é o duche bem quentinho :)

    Desconhecia por completo que o José Luís Peixoto corria! Sabia do livro baseado no Lázaro, agora que ele corria, não.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Tiago: Vou confessar uma coisa: estava num descampado e não podia abrigar-me!! :) Por isso é que eu (e os outros) não tivemos outro remédio senão continuar a correr! ihih ;)
    Não há-de ser nada, o tempo nublado também dá um certo encanto e mistério a Sintra! Beijinhos

    João: Boa noite! Foi ontem por volta das 18h30. É bastante desagradável, sobretudo com o vento frio que estava.
    Lê esta entrevista do JLP: http://correromundo.com/zlp/ Começou em pequenino, no GD de Galveias. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. O Zé Luís é meu conterrâneo, portanto só tem coisas boas, assim como tudo o que vem do meu Alentejo. A pele é impermeável portanto siga para bingo!

    ResponderEliminar
  5. Sílvio: Eu acho que da Beira Baixa também vêm coisas boas... Quanto mais não seja o queijo! :p O JLP também foi meu vizinho, no meu antigo bairro.
    Gostei da atitude, é assim mesmo! :) (Pena o G. Não ser tão impermeável também..)

    ResponderEliminar
  6. Com granizo nunca corri.
    No sábado da tempestade fui picar o ponto e fazer 15k no Guincho, com zonas de vento em que era quase impossível avançar a uma velocidade condigna. Às tantas começou a cair um pingo, depois outro pingo, depois ainda outro, e às tantas os pingos caíam com grande intensidade. Nessas alturas, a solução é mesmo acelerar e esquecer que chuve.

    Sei que, passados dois ou três minutos, a chuva parou (ou saí da zona da chuva) e embora sentisse os ossos bem gelados e molhados, os calções colados ao corpo, passados uns cinco minutos já estava seco, graças à ventania.

    O Garmin, supostamente, é à prova de água, embora já tenha lido alguns comentários que dizem que não é assim tanto. De qualquer forma, como corria com um corta-vento impermiável, toca de tapar o Garmin e poupá-lo à intempérie.

    Já me aconteceu ficar com o vidro do Garmin (410) embaciado, por dentro. Trata-se de condensação, e julgo que será normal. Quem usa óculos já terá experimentado a sensação, quando há diferenças de temperatura. No meu caso, o embaciamento do vidro do Garmin aconteceu num dia fresco, como tem havido recentemente, em que, de repente, o sol apareceu em força, levando a um aumento de temperatura.

    ResponderEliminar
  7. Não apanhei com granizo, mas apanhei com chuva. E soube-me tão bem! Foi um treino mesmo agradável.
    Somos malucas, sim tudo bem, mas quem não corre é que não sabe o que está a perder ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bem eu já apanhei granizo na parte final de uma maratona e como agora estou a "meio gás " devido a um pé a que se juntou um joelho quem me dera apanhar granizo!
    Essa humidade no GPS é um tanto ou quanto estranha! Tenho ideia que não vai dar problemas de maior mas julgo que não devia acontecer!
    Penso que o meu velho 205 nunca lhe aconteceu e já apanhou, mesmo, muita chuva!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Olá,
    Esta semana treinei apenas na 2ª fª e nesse treino chovia pouco, com algumas abertas que permitiram correr seco mas o frio estava brutal. Como habitual não levo luvas, nem calças, nem camisolas muito pesadas. A dada altura reparei que o gorro do meu parceiro de corridas estava completamente branco e é preto ;) A condensação é brutal, o mesmo se passou no meu relógio também estava cheio de condensação no seu interior mas é normal.
    JLP: Já tinha lido qualquer coisa acerca desse escritor, gosto de ler crónicas e reportagens de viagens nem sei se é o caso, o Oriente fascina-me e ainda por cima um pais fechado ao mundo sob a égide de um ditador que mata o seu povo á fome enquanto coloca satélites no espaço e faz testes nucleares no Pacifico. Aliado ao facto do JLP ser dos nossos e gostar de Heavy Português ( ganda JLP)
    Ando a ler algo noutra onda “ A Mão do Diabo “ do José Rodrigues Santos ..Sempre li muito mas sobretudo livros técnicos ou desporto mas recomendaram-me este e estou a gostar, acho que os Portugueses deveriam saber mais sobre os bastidores de tudo o que está acontecer no nosso pais.
    Boa semana e bons treinos
    ;)
    J

    ResponderEliminar
  10. Olá!!
    Isso é que foi! ainda não me aconteceu!
    Vamos ver se o micro-clima de Sintra nos prega uma partida.
    Continuação de bons treinos
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Também me acontece a mesma coisa (condensação no ecrã) no meu Garmin 110. É normal. Mesmo relógios estanques, têm algum grau de humidade lá dentro :)

    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  12. Nuno: Teres ido correr no sábado foi de coragem!! Eu também estava a correr de "impermeável", mas aquilo fica tudo molhado por dentro também e acaba por não proteger nada. Pensei que talvez fosse da chva/granizo mesmo gelada, é que foi quase instantâneo... depois desapareceu. Achei estranho para um relógio à prova de água. Como já aconteceu no teu também, talvez seja normal. Desde que não estrague!... :)

    Isa: Esta era uma chuva mais frescota! Até deixei de sentir os dedos... :) Beijinhos e até domingo!

    Jorge: Durante uns minutos deixava de sentir o pé e o joelho, de certeza! (Ainda não está melhor?) Pelo que andei a ler há quem se queixe do mesmo com os Garmins... não sei se depende do modelo. De qualquer forma, se se tornar a repetir e a condensação não sair, está na garantia. Beijinho

    J: Uma vez também fiquei com as calças branquinhas, da geada da manhã... :) Do livro; sim, este é um livro de viagem, resultado de uma visita à Coreia do Norte (claro), mas ainda não comecei a ler. Eu devoro livros de viagem, sobretudo do Cadilhe. Do JRS só li o Codex e a Fórmula de Deus. Achei muito parecido ao Dan Brown. Esse que estás a ler agora é sobre a "crise", não é? Bons treinos!

    Lisboeta: Tenho a certeza que será um dia agradável! Chegar ao Cabo da Roca envolto em nevoeiro também deve ser bonito... :) Beijinhos e bons treinos!

    José: Pois, parece que sim. Como saiu logo de seguida não me vou preocupar (muito...). Estas coisas são caras, têm de se portar bem! :) Bons treinos!

    ResponderEliminar
  13. Voltei :D

    Pensei em ti umas mil vezes nos últimos dias! Tens toda a razão: Edimburgo é lindoooooooo :D Gostei mesmo muito :) Nevou todos os dias, estava sempre escuro, mas não sei, é simplesmente uma cidade cheia de magia :) Gostei mesmo muito :)

    Desculpa o comentário apressado, mas agora há muitas coisas para pôr em ordem! ;)

    Beijinhos! :D

    ResponderEliminar
  14. Joana: Edimburgo é mágico não é? Parece que vamos entrar num filme de cavaleiros e magos a qualquer esquina. :) Uma das cidades europeias mais bonitas e tão subvalorizada...
    Ainda bem que gostaste (não cheguei a ver neve, lá!) Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Se está a chover antes do treino, se calhar não vou. Se começa a chover durante o treino, continuo a correr.
    No meu Garmin também acontece essa situação, mas não demora muito a passar.
    Nunca li o JLP, mas sabia que ele corria. Como tal, está em alta na minha consideração.
    Vou agora fazer uma corridinha que esta semana treinei pouco.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. que forte!!
    correr com granizo não é qualquer um..alias não é qualquer um que sai a rua com este frio para ir correr :)

    ResponderEliminar
  17. V: Se estiver a chover, espero por uma aberta e saio. Geralmente volta a chover outra vez, mas depois já estou na rua e siga! :) Engraçado como agora quando sei que alguém corre sobe sempre na minha consideração!"Ai sim, corres? Fala-me disso!" lol :) Esta semana só corri desta vez e pelo andar da carruagem vai ser a única até domingo... Beijinhos

    Garfield: Tenho a sorte de gostar do Inverno, nem todos gostam de correr à chuva, mas eu não me importo. No Verão custam-me mais as corridas com 40º à sombra! ;)

    ResponderEliminar
  18. mais uma experiência nova :)

    ResponderEliminar
  19. Eu estava no trabalho quando "nevou" ahaha
    Quando vim à rua, o passeio estava branco :)
    É assim mesmo, nem o granizo te pára!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  20. Só agora é que consegui ler este post. Ja corri à chuva e até é agradável mas com granizo nunca me aconteceu.

    O meu garmin também embacia por dentro, por exemplo no trail de Bucelas a determinada altura tinha a zona central embaciada mas depois acabou por passar.

    Acontecia mais com o meu forerunner 110, cheguei a leva-lo a garmin, na altura trocaram por um novo mas continuou a acontecer. Ao ler umas coisas na net acabei pro perceber que é mais ou menos comum.

    ResponderEliminar