2 de janeiro de 2013

São Silvestre dos Olivais 2012

Agora que já se passaram as festas, posso finalmente fazer o relato daquela que foi a minha última prova de 2012 e a primeira prova de 10km que "recorri", ou seja, em que participei pela 2ª vez: a São Silvestre dos Olivais.

A primeira ideia que levava era fazer uma boa corrida, na companhia do meu Pai e de todos os bolos, doces e chocolates que se agarraram às minhas ancas durante as últimas festividades. Íamos ser um grande grupo.
Segundo, queria melhorar o meu tempo do ano passado, coisa que já contava mais ou menos como certa, a não ser que acontecesse alguma calamidade.
E terceiro, queria fazer a prova abaixo da uma hora, que foi uma etapa que já ultrapassei nos 10km e que gostaria de manter assim, apesar de ainda ser um percurso desafiante.
Sabia que não tinha tratado o meu organismo da melhor forma nos últimos dias (o rácio comida -vs- corrida foi muito desproporcional), mas também sabia que esse era o caso da grande maioria das pessoas que ia participar.

Nesse dia passei a tarde em casa dos meu pais, que moram na zona, e optámos por fazer um lanche tardio com torradas e chá e deixar o jantar para depois da prova. Em corridas a esta hora (21h), uma pessoa nunca sabe o que deve comer, porque não quer abusar e correr de estômago cheio mas depois também não quer passar a noite cheia de fome... Já o ano passado tínhamos optado assim e resolvemos manter.

Por volta das 18h30 fomos levantar os dorsais à Junta de Freguesia, onde encontrei o Vitor, que também optou por ir levantar o seu dorsal mais cedo e, em seguida, fomos então lanchar e fazer tempo até às 20h30, hora a que saímos em direcção à partida.

Apesar de não ter atingido o número recorde de atletas do ano passado, ainda estavam mais de 1200 pessoas na linha de partida e acabei por não ver nenhum dos colegas que eu sabia que também iam estar presentes.

Não me recordo de ter ouvido o tiro de partida, nem nenhum outro sinal sonoro, mas apercebi-me de que a prova já tinha começado quando começa tudo a avançar aos atropelos. O início foi um pouco caótico, o que me obrigou a ir um pouco mais lenta do que seria de esperar, tendo em conta que o percurso começa logo com uma bela descida, mas depois de passarmos a primeira rotunda começamos a ganhar espaço.

Vêem-se algumas pessoas pelas ruas, moradores e familiares de atletas, o que anima um pouco quem corre. Seguimos sempre junto a um homem com uma vuvuzela ou corneta ou lá o que era, que manteve o fôlego ao longo de toda a prova para ir soprando naquilo, o que incentivava a quem assistia a aplaudir ainda mais. Gabo-lhe os pulmões, sobretudo para o fim!

O km2 é uma das subidas mais puxadinhas, mas sabia que se me aguentasse bem, depois iam seguir-se uns bons quilómetros maioritariamente a descer, por isso continuei a "apertar", às vezes eu, às vezes o meu Pai. O bom de correr com ele esta prova é que, como ele mora perto, conhece meio mundo dos que estão a assistir e então acabo por apanhar de tabela com algum do apoio das pessoas que o reconhecem.
Era também já perto do final desta subida que estava o homem que, na minha opinião, levou o prémio de apoiante da noite, já que soprava um apito e tocava uns sinos ininterruptamente, cujo som ainda ouvi durante umas boas dezenas de metros já depois de ter passado por ele (digam-me que também repararam neste senhor!). Eu acho que são estas pequenas coisas que tornam o ambiente das provas São Silvestres tão atraente.

Depois seguem-se uns bons quilómetros a descer até à Gare do Oriente, onde tivemos de nos desviar de uma ambulância que passou em marcha de urgência para recolher um atleta que estava sentado no passeio, espero que não tenha sido nada de muito grave.
Nesta parte do percurso, já com alguns atletas de retorno, fui sempre olhando para ver se conseguia identificar alguém (e também para me distrair um pouco), mas como passavam muito depressa e eu sou um bocado pitosga à noite, apenas consegui ver passar a Analice, que não conheço pessoalmente, mas que é uma senhora que de certeza grande parte dos corredores sabe quem é.

Quando faço a "inversão de marcha" e pouco antes de cruzar a marca dos 6km, oiço chamarem-me e do outro lado vejo o João, seguido do Pedro e do Vítor, que deviam estar a cerca de 100, 200 metros de mim. " - Anda que já me apanhas!". Isso foi o que eu disse, mas no fundo pensei "Espera lá, eles estão cansados da São Silvestre de ontem e estão a resguardar-se para a São Silvestre da Amadora de amanhã, esta pode ser a tua única oportunidade de terminar à frente deles! Mexe-me essas pernas!!!". (Como acham que esta história vai terminar? Aceitam-se apostas.)
 
A verdade é que este meu pequeno momento de esperança me inspirou e valeu-me o segundo quilómetro mais rápido da prova (km7). Só que depois veio a parte mais complicada, para mim, e a qual me tinha custado mais já no ano anterior. A subida ligeira, mas constante, até quase ao final, fez-me sair da minha bonita velocidade de 5's e vi um 6 a surgir no ecrã já no km8. Ora bolas... Tenho mesmo de treinar estas subidas.
Claro que não tardou nada e perto do km9 estava a ser ultrapassada pelo Pedro e pelo Vítor, que vinham na conversa como se estivessem descontraidamente sentados num café e nada se passasse. Ora bolas parte II...  Em minha defesa, tinha a respiração mais ou menos controlada, mas estas minhas pernas habituadas ao bem-bom do calçadão beira-rio fizeram ouvidos moucos às minhas súplicas interiores.
 
Sabia que o João devia estar pouco para trás e já a cerca de 500 metros da meta lá me alcança ele, o que até me veio ajudar a dar um último impulso. Fiz as apresentações em andamento e lembro-me de nas últimas centenas de metros o João me desafiar "vai um sprint final?". E eu fiquei à toa "Como assim? Mas eu  já estou a sprintar!!!"... Lá se foi a minha réstia de dignidade... ihih! Mesmo assim, fiz aqueles últimos 200 metros a uma velocidade de 4:58min/km, que foi o possível na altura (e ver um 4 a iniciar a minha velocidade média não é todos os dias).

Terminei com 58:46, para 10,200km de prova (distância do Mr. G.). Não foi o meu melhor, mas também não foi o meu pior e ficou a anos-luz da marca do ano passado.
Também não foi daquelas corridas bonitas em que fazemos a segunda parte mais rápida do que a primeira (um dia vou aprender a ser controlada e fazer uma corrida inteligente, mas este ainda não foi esse dia), mas houve sempre um despique saudável entre mim e o meu Pai ao longo da prova, que ele concluiu sem dores.

Este ano a t-shirt era bastante discreta, como eu gosto, apenas com o nome da prova escrito no canto superior esquerdo.



Depois da prova tivemos de voltar a correr para casa dos meus pais, onde a restante família aguardava esfomeada por novidades da nossa corrida. Para mim, jantar às 22h30 é bastante aceitável, mas há quem não concorde. ;)


Agora, é voltar a entrar no ritmo e pensar no rumo que quero seguir em 2013.


"The woods are lovely, dark, and deep,
But I have promises to keep,
And miles to go before I sleep,
And miles to go before I sleep."
Robert Frost                                             



Um bom ano para todos!




21 comentários:

  1. Olá!

    Em primeiro lugar confirmo que também ouvi o tal senhor dos sinos e apitos.

    Em segundo lugar, gostei de fazer os últimos metros contigo. Aquilo do sprint final é saudável. O cérebro retêm o último momento da corrida. Se for "a morrer" é assim que vai para o próximo treino, se for em alta com um sprint, é essa a velocidade que memoriza.
    Li isto há muito tempo na Spiridon e olha que tem resultado comigo.

    Podias já ir desgastada mas não ias nas últimas pois ainda falavas sem dificuldade.

    E repara só num ano quanto tempo retiraste!

    No 2º ano é muito motivante compararmos os tempos com o 1º ano! :)

    Beijinhos e bom 2013

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito de ler o teu relato. Também deve ter sido uma São Silvestre muito bonita, sempre com animação.

    Um bom ano para ti! Sempre tirando prazer da corrida.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo não sendo o teu melhor registo nos 10km foi bastante bom, porque o percurso não era para recordes (por causa das subidas). Quanto ao público, tens mesmo de ir este ano à São Silvestre da Amadora. Que gente espectacular, que mesmo debaixo de chuva apoiaram os atletas ao longo dos 10km da prova.

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns por mais uma prova!

    não foi o teu melhor resultado mas conseguiste atingir o teu objetivo para a prova, menos de 1h!!

    Jantar às 22 é um bocadinho tardio, mas tudo depende das circunstancias, depois de uma prova dessas... já era mais do que merecido!

    Um feliz 2013!!

    ResponderEliminar
  5. João: Olá! Sim, é bom ver a evolução! Eu estava a falar a sério, eu JÁ estava a sprintar, aquele era o meu sprint final! ihih :p Mas foi uma boa prova. Beijinhos e bom 2013!

    Isa: Olá! Eu penso que as São Silvestre devem ter todas este ambiente mais festivo, é giro. Beijinhos e bom ano para ti também!

    Tiago: A ver se este ano vou à Amadora (terá de ser uma dobradinha, porque não quero faltar à dos Olivais), mas até lá ainda há muitos kms a fazer. ;) Beijinhos e bom ano.

    Alex: Eu fiquei bastante contente com o resultado, tendo em conta o percurso e as "festas" das semanas anteriores. Beijinhos e bom 2013 para ti, com muitos kms no teu brinquedo novo! ;)

    ResponderEliminar
  6. Olá Rute.
    É como dizes, neste momento já és uma atleta com tempo abaixo dos 60minutos nos 10 km. E vais com certeza melhorar a partir daqui. Esta corrida não era fácil.
    Eu já vinha "à rasca", estava era a disfarçar.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Tive pena por não ter participado em nenhuma prova no mês de Dezembro... este ano tenho que planear tudo muito bem, de forma a tentar fazer as 3 são silvestres! Acho que é um objectivo bom para este novo ano :)

    Qual é a tua próxima corrida?

    Boas corridas! Beijinho* :)

    ResponderEliminar
  8. Hello.

    Gostei do pouco que falámos, juntamente com o teu pai. Não deu mais porque fui enganado pelo meu cunhado que diz que só tinha corrido 6Km em passadeira. O que é certo, como viste, é que ia com o gás todo e tive que o acompanhar não fosse o rapaz perder-se. ;)
    Parabéns pela evolução que tens tido. 2013 será melhor com certeza, até porque tens umas contas a ajustar com as Lezírias. :)

    Beijos e feliz ano novo!!!

    ResponderEliminar
  9. V: Olá! Disfarçaste bem então. ;p Vamos ver o que este ano me reserva, já ando a organizar o calendário. :) Beijinhos

    Pedro Moita: Olá! É um bom objectivo. ;) Pelo menos uma São Silvestre tens de fazer, para viveres o ambiente. A próxima corrida que já está marcada e paga é o Fim da Europa! Não sei se aparecerá alguma coisa antes. Beijinhos e boas corridas!

    Pedro: Olá! A passadeira em que o teu cunhado treina deve ser de qualidade! :) E eu tive pena de depois não chegar a cumprimentar a Carla, que gritou por mim 2 vezes durante a corrida! lol É verdade, payback time nas Lezírias! ;) Beijinhos e bom ano!

    ResponderEliminar
  10. Parabéns :D Mais uma medalha e uma corrida conseguida!
    Começas bem o ano :)
    Que 2013 seja o teu ano!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Olá querida...adoro ler os teus relatos e nota-se o empenho que tens em fazer sempre melhor.
    Bjts e um excelente ano de 2013.

    ResponderEliminar
  12. Lady V: Obrigada. Terminei foi bem o ano anterior... ;) Bom ano para ti também! Beijinhos

    Mokas: Olá! Obrigada e um feliz 2013, com tudo de bom. Beijos

    ResponderEliminar
  13. Ola R um feliz ano 2013
    pleno de realizações pessoais e desportivas.

    bem sei que esta prova tem para ti um sabor especial, a companhia do pai(a jogar em casa) o rever pessoas amigas e conhecidas, o apoio popular constante e o terminar de um ano em famila, o que se pode pedir mais, não é?

    não conheço a prova mas este ano irei tentar estar presente.

    parabéns pela tua prestação, qq dia nem de bike te apanho
    J
    ;)

    ResponderEliminar
  14. Jorge: Olá! Bom ano para ti também! Que tal a tua São Silvestre? Não tenho termo de comparação com as outras, mas acho que esta tem bom ambiente.
    Se andares de bicicleta como eu ando, até acredito! ;p
    Bjs e um óptimo 2013!

    ResponderEliminar
  15. Olá!!!
    Confirmo que ouvi o tal senhor e mais um outro com uma vuvuzela.
    A animação foi muito bom, melhor que a S. Silvestre de Lisboa. Aliás, estas duas me conquistaram: Olivais e Amadora. A subida de regresso fez-me lembrar a Al. Reis mas fiquei feliz por nunca ter atigindo os 6'/km.
    Vais ver que no fin de 2013 farás esta prova com uma perna às costas!
    Olha, inscrevi-me no 1º. Trilho de Bucelas 12Km para 3 fevereiro. Vê se queres ir.
    Um beijinho grande e feliz Ano novo

    ResponderEliminar
  16. olá, apenas fiz a S. Silvestre de Lisboa que decorreu em ambiente de festa graças á forte adesão popular e á organização envolvida. como qualquer prova de massas(7000 atletas é muita fruta)só pude começar a correr a partir do 2º/3º km, apesar de haver a preocupação de colocar os atletas nas suas marcas eu sai no sub50, depois foi gerir esforço, tentar não cair, nem escorregar e cortar a meta em abaixo dos 50 minutos. Fiz 48, 08" mas acusei demasiado o esforço de um treino que fiz nessa semana e a má escolha do calçado super usado e de sola bem lisa..;) depois escrevo qq coisa no blog
    bj e boa semana

    ResponderEliminar
  17. Lisboeta: Olá! A dos Olivais e da Amadora penso que são um pouco mais bairristas, daí, penso eu, terem um ambiente um pouco diferente da mais publicitada que é a de Lisboa. Este ano quero fazer mais trails, já tinha visto essa prova, não sei se irei, mas irei a outros trilhos de certeza! :) Beijinhos e um ano de 2013 sempre a abrir!

    Jorge: Nada mau tempo, tendo em conta as condicionantes! :) Então depois fico à espera do relato! Boa semana

    ResponderEliminar
  18. Parabéns por mais uma prova ultrapassada, deve ter sido muito bom :-)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. Algures: Foi bom, sim! :) Boas pedaladas! Feliz 2013

    ResponderEliminar
  20. Parabéns pela participação , o que para mim ainda é o mais importante :D

    ...melhoras-te em relação á anterior participação , ainda "melhor" :D :D

    ...quanto a recordes nestas provas , tambem percebi por experiência própria que é difícil ! , nestas corridas é mesmo o convívio e a "festividade" que prevalecem ;) e ainda bem...

    ...gostei de ler que a prova decorreu "sem dores" , ainda bem e que seja sempre assim...


    tudo de bom...
    bons treinos e boas corrida por esse 2013 a fora :)

    ajB

    ResponderEliminar
  21. AjB: Boas corridas por esse 2013 a fora para ti também... :) Sempre em festa e, se com recordes, melhor. ;) Beijos

    ResponderEliminar