23 de fevereiro de 2013

Passada que nasce torta...

Hoje fui fazer um treino curto ao final da tarde. Fugi da beira-mar só para poder incluir subidas no percurso e, como estava a chover, tinha o parque praticamente para mim.
 
 
 
 
Acho que só passei por uma mulher a passear um cão e outro homem a correr, durante a cerca de meia hora que lá estive. Pessoas com responsabilidades animais e pessoas com uma necessidade inexplicável de correr são os únicos que vão para um parque numa tarde de chuva.
 
Treino de hoje:
Distância - 5,5km
Calorias - 317

Nestes treinos mais curtos aproveito para estar atenta à minha passada. Não sei se já disse aqui, mas tenho passada pronadora, que se acentua quando estou cansada. Há corridas em que até disfarço e quase voo:



Mas na maioria leva a um grande desgaste e péssima postura:



Parece que, este caso em específico, notório quando o dedo do pé aponta para fora, causa um impacto muito grande na anca (bingo!). Eu tenho tentado melhorar esta postura, mas é mais complicado do que parece, porque uma pessoa não tem noção - talvez correndo numa passadeira em frente a um espelho fosse mais fácil - e, além disso, quanto mais cansada mais difícil se torna estar preocupada com a forma.
Eu tenho ténis "adequados" a este problema, mas, sinceramente, acho que corria melhor com os antigos, sem controlo de movimento e essas coisas todas específicas. Além disso, os ténis são apenas um apoio, mas não resolvem o problema. Tenho conseguido evitar lesões, que é o mais importante, e sei que há exercícios específicos de reforço muscular que se podem fazer, mas acho que seria muito interessante falar com um especialista, sem gastar um terço do ordenado. Até porque, pode não parecer, visto que dedico grande curiosidade a estes temas, mas sou sempre um bocado céptica no meio de tantas teorias. Só gosto da prática do sair por aí a correr, e gostava de poder continuar a fazê-lo durante muitos anos, e de forma saudável.

Entretanto tenho marcado um check-up com o meu médico de família, no qual vou aproveitar para lhe fazer todas as perguntas e mais algumas (vai ser uma longa consulta) e vamos ver o que ele acha destas dores que me aparecem de vez em quando e se há necessidade de me encaminhar ou fazer exames. É que, com a aproximação da Meia Maratona e a necessidade de treinos maiores, não quero dar um passo maior que a perna...


E vocês, alguma vez fizeram um teste de passada? Por curiosidade, podem fazer esta análise online. Não é a mesma coisa, mas é uma das mais completas que encontrei e ajuda a ficarem com uma ideia da vossa postura.

Bom fim-de-semana!
 


17 comentários:

  1. E se consultasses mesmo um médico de Medicina Desportiva? Já pensaste nisso? Confesso que não percebo muito do assunto, mas deve haver alguns especialistas em corrida por exemplo ;)

    Bom fim-de-semana! :)

    Beijocas :D

    ResponderEliminar
  2. Vê lá se ajuda:
    http://corrernacidade.com/wp-content/uploads/2013/02/20130202-130727.jpg

    ResponderEliminar
  3. Nunca fiz o teste, mas acho que também sou pronador. Fazendo também referencia a um ditado , eu danço conforme a musica:-)
    Tento gastar o menos energia possivel e por isso se tentar corrigir a passada , já não corro de maneira natural e canso-me mais! Se é bom ou não, não sei mas é como me sinto melhor
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Joana: Sim, há especialistas, não há é dinheiro! ;) Beijinhos e bom f-d-s

    Sílvio: Eu já fiz um teste de passada, por isso é que sei (ou acho que sei) que tenho pronação. Antes disso nunca tinha ouvido falar em pronação e supinação e coisas do género! :) Mas obrigada, pode ser útil.

    sam: Eu concordo ctg. Até que ponto tentarmos alterar uma passada que nos é natural é bom? E sem dúvida que se torna cansativo. Eu acho que, e já que estamos numa de ditados ;), em equipa vencedora não se mexe. O problema é quando começam a surgir dores resultantes desta má postura, o que eu acho que é o caso. Mas vamos ver! Beijos

    ResponderEliminar
  5. Sim, já fiz o teste de passada e deu para passar a adquirir os ténis indicados, evitando problemas que tinha.
    E essa é a melhor forma de contornar o problema pois tentar corrigir a postura é muito difícil e vais contrariar a forma natural do teu corpo.
    A tua passada é como é e há uma atleta, entre muitas, que coloca assim os pés e não foi por isso que deixou de ser campeã olímpica dos 10.000 metros (Fernanda Ribeiro).

    Não sei se te recordas mas no artigo que escrevi sobre os Olivais, quando te apanho perto do final, disse "vejo mais à frente alguém com a sua forma própria de correr". Essa forma própria que eu me referia era a maneira como atiras para o lado os pés, exactamente como a Fernanda faz.

    É a tua forma de correr e não vais conseguir alterar. Terás então é que te precaver com o calçado.

    Beijinhos e bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
  6. Pois... realmente os especialista nao sao baratos... mas correr em frente a um espelho é boa ideia! Podias is a um ginasio dizer que "ah e tal, estou a pensar inscrever-me mas ainda ando a ver ginasios... posso experimentar um dia?" Lol e depois fazias um roteiro a experimentar ginasios com espelhos ao pé da passadeira.
    Espero q as dores n sejam nada de mais...
    Beijinhos grandes e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  7. Para além da consulta, creio que ganhavas muito em marcar com um especialista.

    Estes são muito recomendados:

    http://www.gfd.pt/

    Investiga também um pouco sobre o Chi Running. Não digo para beberes 100% dos ensinamentos daquilo, mas para pelo menos tirar de lá algumas ideias sobre postura.

    Bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  8. Eu nunca fiz nenhum teste....dizem que tenho passada neutra pelo desgaste que as minhas sapatilhas apresentam ao fim de uns valentes kms. Tb gostava de fazer um teste, e de seguida arranjar alguém que me ajudasse a corrigir a postura....mas acho que burro velho já não aprende....tenho uma passada longa, pesada (acho eu) - bato muito com os pés (é cá uma barulheira) e até já me deram uma dicas...levantar mais os joelhos, passadas mais curtas....quando me concentro nisso até noto maior leveza e velocidade, mas ao fim de pouco tempo já estou a correr naturalmente como sempre fiz...olha, não me tem doído nada, que é o mais importante. Vamos andando assim....mas conheço alguns atletas de grande nivel, até faço um treino ou outro com eles (aquecimento para eles, de ficar de rastos para mim) e dá gosto ver a leveza das passadas...voam.
    Beijinhos e bons treinos - já falta pouco para o teu novo recorde da meia.

    ResponderEliminar
  9. João: Em relação à passada, como já tinha dito ao sam, se está bom para quê estragar? :) Mas, por outro lado, em relação ao calçado, entre outras coisas, já não sou assim tão linear... Mas é um tema interessante, temos de falar sobre isto! :) Beijinhos

    Moça: Correr em frente a um espelho deve ser uma experiência traumatizante!!! ahah :) Aliás, fazer qualquer exercício.. se bem que compreenda que é bom para corrigirmos a postura. Beijinhos

    Bluesboy: O primeiro link que meti é exactamente uma abordagem do Chi Running ao "Toe Out" na corrida. É interessante, entre as demais teorias. Bom fim-de-semana! :)

    Carlos: Às vezes passo por pessoas a correr e dá logo para ver quem está a treinar técnicas de corrida, ou até quem está habituado a correr grandes distâncias. Mas o importante é não se ter dores, como tu dizes. Eu noto até diferenças na postura, em tipos de piso, se estou cansada, quando corri com a mochila... acho que é normal. Beijinhos e bom f-d-s.

    ResponderEliminar
  10. Que interessante, desconhecia por completo!
    A primeira imagem, da rua deserta, até a mim me deu vontade de correr! Onde moro não temos disso -.-
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Lady V: É a atracção da "open road"... ;) Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
  12. Sou pronador severo!
    Já fiz teste.
    Tenho um passada "horrível"!
    Passei a minha infância com botas ortopédicas pesadas e “feias”.
    Já deixei espantado um ortopedista muito conhecido que chamou os colegas para verem os meus pés!
    Mas cá vou correndo e até sou ultra maratonista!
    Posso ter os pés errados para correr mas ninguém me convence a dedicar-me à pesca! Eu gosto é mesmo de correr!

    ResponderEliminar
  13. Jorge: :) É assim mesmo! O importante é correr, de preferência sem dores. Nunca usei, mas lembro-me dessas botas! Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Os ténis para pronadores não magoam os pés ? (na zona da curva)

    Beijinho
    Margarida







    ResponderEliminar
  15. Rookie: Agora que falas nisso, quando fiz essa transição, os ténis fizeram-me bolhas nos DOIS pés, nessa zona. Depois mudei de palmilhas e passou. Eu tenho pouco arco e esses ténis têm reforço e são um pouco rijos nesse local. Razão pelo qual não gostei e nem acho que me vá habituar. Vamos ver quando comprar uns novos... Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Olá!!!
    Olha eu já fiz 2 testes pela Nike e Asics. Deram a mesma coisa (o que foi optimo). Pé esquedo ligeiramente pronador e pé direito neutro. Solução: comprar ténis com estabilização. O pé neutro ajusta-se.
    Em relação à passada, descobri este site interessante: Chi Running.
    procura na net, fala um pouco como deve ser a tua postura a correr.
    Em relação às questões e a um médico, aconselho-te a ires a um médico desportivo.
    Beijinhos e bons treinos

    ResponderEliminar
  17. Ligia: É desse site que fui ver algumas teorias sobre a postura. É interessante. Beijinhos e boas corridas!

    ResponderEliminar