12 de março de 2013

DNS

DNS, ou Did Not Start, é a sigla utilizada, em Inglês, para nos referirmos a uma prova em que estávamos inscritos, mas na qual acabámos por não participar, por qualquer razão. Não sei se haverá termo semelhante no mundo do atletismo português, mas no meu português traduziu-se por: "#(%%&&! mais esta #§$%/ =?& tenho uma prova para correr ##$%&"=* e @#$%#"  e talvez tenham havido algumas lágrimas pelo meio. Não estou no meu melhor quando acordo numa manhã, doente.
Este domingo falhei a Corrida das Lezírias. O que ao princípio pensei tratar-se "apenas" de uma quebra de tensão (não que uma quebra de tensão não seja assustadora, sobretudo se não estiver ali ninguém para nos trazer um copo de água com açúcar), prolongou-se pelo dia todo, e ontem acabei mesmo por ir a uma consulta de urgência com o meu médico, de onde saí com uns quantos exames para fazer (alguns a meu pedido, já que tinha uma consulta marcada para o final do mês).




Hoje ainda estou em casa, mas já estou melhor. Claro que falhar uma corrida não se compara nada ao restabelecer da nossa saúde, mas isso não quer dizer que não tenha ficado chateada e, até mesmo, desiludida. Eu sei que é parvo, mas nunca reagi bem ao facto de ficar doente. Sei que ninguém reage, mas eu chego ao ponto de encará-lo como uma fraqueza, ou seja, fui fraca por não ter conseguido levantar-me daquela cama. Escusam de dizê-lo, eu tenho noção do errado que está este pensamento, mas não consigo evitá-lo. No fundo, acho que não gosto de sentir-me vulnerável e é assim que me acho, a duas semanas de um objectivo pelo qual tenho treinado.
Estou há 4 dias sem correr, e não sei se o vou fazer nos próximos dias (não sou completamente irresponsável, não vou forçar algo para o qual não me ache bem) e não posso negar que isso me afecta. Nada nos faz querer mais uma coisa do que "não poder" fazê-la e o aproximar do dia 24 coloca-me num estado de urgência.
O médico sossegou-me. Disse que o que se passou nada tem a ver com as corridas (acreditem, foi logo o que perguntei) e considerou que não iria pôr em causa a minha participação na Meia Maratona desde que, claro, os sintomas não se prolonguem, mas estes dias indefinidos sem treinar não ajudam.

Não me interpretem mal, sei que sou uma sortuda por não ter problemas de maior, sei que haverão mais corridas na vida e tenho outros interesses com que me ocupar, mas também não vou fingir que, se não conseguir ter uma boa corrida na prova para a qual treino há dois meses, não me vai afectar, porque vai.

É só um desabafo. O próximo post já há-de trazer melhores notícias (a fazer figas).
 

28 comentários:

  1. Olha no fim-de-semana também estive de cama. No Sábado acordei cheia de febre e no Domingo também, e mesmo assim ontem lá me levantei para ir para o hospital. Coisa mais idiota, porque fiquei a sentir-me muito pior, e hoje fiquei na cama na mesma. Por isso nestas coisas há que dar tempo ao tempo, ter muita calma e tentar não stressar ;) Faz coisas que gostes, vê filmes, aquece-te bem, muito repouso e espero que em breve te sintas bem melhor :)

    Vou torcer por isso :)

    Beijinhos :)

    P.S.: A tal campanha do Nelson Évora implicava comprares umas sapatilhas da Adidas (não me recordo o nome) e se terminasses a Meia Maratona em menos de 2h eles devolviam-te o dinheiro ;)

    ResponderEliminar
  2. Oh minha linda...
    espero que melhores muito rapido...
    ele disse o que podia ser?

    Beijinhos grande e o que não vão faltar são provas... e tu sabes disso...
    era bom que pudéssemos comandar tudo em nós! era muito bom

    ResponderEliminar
  3. Olá Rute.
    Estranhei não te encontrar na classificação. Não penses mais nisso. Há várias coisas mais importantes que uma corrida e a nossa saúde é uma delas. Trata de ti primeiro, o treino para a meia a esta hora já está feito. Quando puderes fazes uns treinos leves e estás pronta.

    Beijinhos e desejos de rápidas melhoras.

    ResponderEliminar
  4. Olá R..

    como te compreendo, tb tive 2 semanas pra esquecer com problemas de saude e um batalhão de exames feitos,uma colonóscopia realizada, dietas e preparação com litradas de um produto que será bom pra lavar o quintal não a tripa. sem treinar quase 2 semanas valeu as lezirias e acreditar na nª srª fatima para que no domingo corra bem em Badajoz..bj e as melhoras

    ResponderEliminar
  5. Joana: Não é fácil, a tendência é sempre querer voltar à rotina normal mal nos sentimos um pouco melhor... Mas eu noto que ainda não tenho forças. Ao menos hoje fartei-me de ver séries em atraso, nem tudo é mau... Beijinhos e obrigada.
    PS: Já sabia dessa campanha, mas acho uma estratégia de marketing estranha... Há pessoas que estão fartas de saber que correm abaixo dessas marcas (não é o meu caso), por isso têm uns ténis grátis garantidos!

    Moça: Sim, ele tem uma ideia, mas mandou fazer uns exames de despiste. Tens razão, mas não gosto dessa sensação de falta de comando (mesmo que ilusório) e as doenças são daquelas coisas que falham ao nosso controlo. Beijinhos e obrigada pelo apoio.

    V: E eu que acho que o treino nunca foi feito... agora então... Mas pronto, melhores dias virão. De preferência até ao final da semana! Beijinhos e obrigada.

    Jorge: Não sabia... Espero que também já estejas melhor. Eu ia usar as Lezírias como um teste à velocidade que queria adoptar na 1/2...
    Obrigada e boa recuperação para ti também. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Hello.

    Sem stress, o importante é que te recomponhas.
    E, por vezes, estas paragens inesperadas, desde que curtas, até são benéficas.

    Beijos e as melhoras. ;)

    ResponderEliminar
  7. Claro que nada tem a ver com fraqueza mas entendo perfeitamente o que queres dizer. Somos assim! E ao ficarmos doentes, ficamos de duas maneiras, pela doença em si e pelo facto de isso nos estar a roubar a liberdade de correr.

    Força, rápida recuperação e até à Ponte (tu vais estar lá!)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. As melhoras. Também estou com sinais de fadiga (no meu caso é falta de férias). Nda que três dias sem treinos não resolvam.

    Aproveita para fazer outras coisas... Vais ver que retomando a corrida daqui a uns dias, ainda a vais apreciar melhor :)

    O treino para. Meia já está feito... Podes sempre encarar esta meia na desportiva e depois ires à de Almada para pulverizar o record :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Rápidas melhoras!
    Estou a enviar pensamentos positivos!

    Sei que neste momento não estás muito confiante, mas daqui a 15 dias estarás completamente recuperada e vais fazer uma grande Meia. Acredita.

    Beijos e mais pensamentos positivos :)

    ResponderEliminar
  10. Olá menina
    Ficamos muito tristes quando andamos a treinar para um objectivo e do nada acontece um contratempo que faz alterar os nossos planos, mas a saúde está primeiro. O outro senhor dizia que "chapéus há muitos", nós dizemos "provas há muitas". portanto, rápidas melhoras.

    Manuel Nunes

    ResponderEliminar
  11. Olá Rute, espero que já te sintas melhor entretanto. Faz lá os exames de despiste o mais rapidamente possivel para ficares descansada...primeiro tratas de ti, depois vem a corrida...e dia 24 lá estarás para bateres o teu recorde...não é por estares uns dias sem correr que a tua foram vai assim abaixo...considera um Tapering (forçado).
    Beijinhos e as melhoras rápidas

    ResponderEliminar
  12. As melhoras Rute, e todos sabemos que a nossa saúde é o nosso maior bem, por isso temos que zelar o melhor possível por ela.... Outras corridas virão!
    Já tinha dado pela tua falta :)

    Beijocas e acredita que não será nada de mais.

    ResponderEliminar
  13. Pedro: Esperemos que sejam curtas, sim. Obrigada. Beijinhos

    João: Isto está a chatear-me mais, porque pensei que hoje já estivesse a 100%, mas não estou... Paciência não é o meu forte. Beijinhos e obrigada.

    Bluesboy: Sempre há outras 1/2s, mas esta é que era/é o objectivo e não é fácil se tiver de adiar... Mas espero que não chegue a tanto. Obrigada, bjs.

    Isa: Happy thoughts! Obrigada, beijinhos

    Manuel: Obrigada pela força.

    Carlos: O problema é ser um tapering total, 0km... E o ainda não me sentir bem para correr. Se tivesse sido mais cedo não me preocupava tanto. Obrigada, beijinhos

    Carla: Claro, saúde primeiro, mas acaba sempre por custar um bocadinho. Não há-de ser nada. Obrigada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Meias Maratonas há muitas (Almada, Setúbal...), saúde só há uma portanto primeiro recuperas depois logo pensas nas corridas. As melhoras, beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Sílvio: Sim, se for caso disso, outras opções não faltam. Vou ver como correm os próximos dias. Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Claro que se fica chateado por falhar uma Corrida, sei como é. Racionalmente sabe-se que se fez o que tinhamos de fazer e não é o fim do mundo. Corridas há muitas e com a nossa saúde pode não ser assim, não se deve "brincar" com ela. Mas por momentos não se controla o pensamento.

    Lembrei-me de ti nas Lezírias... embora em condições diferentes, outra vez não te encontrei lá... :)

    Espero que não seja nada de grave e faz o favor de veres o que é, para te tratares se for caso disso e voltares depressa mas também BEM às tuas / nossas Corridas

    ResponderEliminar
  17. Eu quando estou doente não gosto de admitir que estou, fujo sempre à doença ahaha Não gosto de estar doente e detesto adoecer, especialmente porque fujo sempre às alturas das gripes. É sempre depois.
    As melhoras para ti querida e vais ver que a maratona não vai ficar prejudicada, vais lá estar presente!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  18. Ana: É muito essa luta racional -vs- emocional. Sabemos perfeitamente as prioridades, mas isso não impede uma sensação de "falta"...
    Mal por mal, preferi as Lezírias do ano passado!
    Obrigada e beijinhos.

    Lady V: Por incrível que pareça, não me lembro a última vez que tive gripe, ou mesmo uma constipação. E também me custa muito admitir que estou doente, digo sempre que não é nada... Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. ...as melhoras Corre como uma menina !!

    ...e primeiro está sempre a saúde , essa "prova" é a mais importante da nossa vida !!


    ...para animar a "doente" :

    Bloodhound Gang - Foxtrot Uniform Charlie Kilo , ou seja , as inicias do titulo são para as doenças !! eheheh...


    Boas melhoras e com calma , nada de stresses !! :D

    força nisso...
    bj

    ajb

    ResponderEliminar
  20. ajb: Obrigada. E concordo contigo em relação à prova mais importante.
    Bem, essa sempre é uma "sigla" melhor que DNS e nada melhor que Bloodhoung Gang para animar, sobretudo num videoclip em que o Jimmy parece uma versão moderna e efeminada do Austin Powers. Obrigada (desta vez pela música). Bjs

    ResponderEliminar
  21. Compreendo a tua frustração, mas escusas de te por com ideias porque de certeza que não vai ser nada e ainda vais estar mais rija para a grande prova. As melhoras! Beijo

    ResponderEliminar
  22. O trabalho de casa (treinos de preparação) tem sido bem feito, por isso, vê é se te pões completamente boa e vais ver que estes dias de paragem não terão influência nos objetivos para dia 24.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. DNS é mau, mas na minha opinião há outra bem pior, DNF ou "Did Not Finish". E nos triatlos Sprint, sobretudo por causa de furos, são vários os DNF. A pessoa está bem, sente-se em forma, treinou muitos dias para o evento e, um furo, um mísero furo deixa a pessoa a meio da prova a ver os outros passar.
    E quem diz um furo diz um lesão. São os 'ossos' do ofício e temos de estar preparados para eles. Todos os que correm, mais tarde ou mais cedo, acabam por se lesionar e perder treinos e provas por isso. Outras vezes ficam doentes e perdem provas e treinos por isso. E qualquer um, está semrpe sujeito a ter um DNS ou um DNF à frente do seu nome na lista de resultados.
    Mas como dizem: "Não há mal que dure sempre". E esse, será certamente esquecido em breve.
    Votos de rápida recuperação, de bons treinos e a certeza que a Meia de Lisboa será feita em grande nível. Força!

    ResponderEliminar
  24. Sweet: A ver se tens razão! Obrigada, beijos.

    Tigas: Espero que não... mas depois ponho-me a ler artigos sobre o "tempo parado" e não gosto do que vejo. Obrigada. Beijinhos

    Bluewater: Sim, DNF também é mau. São frustrações diferentes. Aqui o que me preocupa mais é a incerteza da espera. Só fico descansada quando conseguir voltar aos treinos, 5km que sejam. Obrigada!

    ResponderEliminar
  25. Entendo-te perfeitamente.
    Imagina lá os corredores que já andam nisto há várias dezenas de anos todos os problemas que se lhe atravessaram na vida. Não só problemas físicos, mas familiares, económicos, de trabalho, eu sei lá!
    Com os anos da pratica da corrida vais saber gerir melhor esses sentimentos quando as coisas não estão bem mas nunca te vai deixar de ser doloroso! Mas gere-se melhor com o passar dos anos!
    Rápidas melhoras e se não te der para fazer a ponte "prego a fundo" vai em "passeio"! E se não der mesmo para ir começa a pensar e planificar a próxima prova! Força.

    ResponderEliminar
  26. Jorge: Tem razão, talvez com o tempo uma pessoa comece a gerir melhor os sentimentos, mas acho que a desilusão fica sempre lá. Ainda não corri esta semana, conforme me sentir no próximo treino, logo vejo se tenho de adaptar ou adiar os objectivos para a Ponte. Obrigada. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  27. Infelizmente aconteceu-me algo parecido no GP Fim da Europa... ainda por cima era uma das provas que eu mais expectativas tinha... infelizmente a vida é assim, e não vale a pena pensarmos muito nisso! É seguir em frente e muitas outras provas se seguirão! :)

    As melhoras para ti!

    Beijinho e boas corridas*

    ResponderEliminar
  28. Pedro: Bola p'ra frente que atrás vem gente, né? :) Ainda não desisti desta, mas não está fácil. Beijinhos e obrigada.

    ResponderEliminar