16 de março de 2013

E ao sétimo dia...

 
ela correu.
 
Mais ou menos.
 
Ontem fiz uma caminhada enérgica, marcha atlética, power walking... Tudo palavras finas que significam apenas que não corri, mas estive perto.
 
 
 
No fim ainda fiz um pequeno jogging, mas não foi raios de sol e o pisar de nuvens. Pensava que no momento em que voltasse a correr ia sentir-me "I'm on top of the world eh, I'm on top of the world eh" (sou só eu que anda sempre com esta música na cabeça desde que passa de 2 em 2 minutos, em horário nobre na televisão, na publicidade de uma conhecida operadora de telemóveis?), mas senti-me estranha... Não sei se é dos medicamentos, ou de ainda não estar a 100%, mas não foi o que estava à espera. Achei melhor não insistir, e aproveitar o passeio pelo pedacinho de campo no meio da cidade. Tenho saudades da minha Serra...
 
Em melhores notícias: hoje de manhã despachei o primeiro exame. Quando entrei na sala de exames, o médico estava a ouvir Frank Sinatra e a cantar. Isso é que se quer, um médico bem disposto e com bom gosto musical. Achei engraçado e fiquei menos nervosa, já que um ecocardiograma não é propriamente das coisas que nos deixe mais à vontade... Uma pessoa está ali constrangida e semi-despida, a rezar aos santinhos para que esteja tudo bem com a nossa máquina, e depois não sabe se há-de fazer conversa de circunstância ou se isso pode atrapalhar os procedimentos, então calei-me e fiquei a ouvir Luck be a Lady. No fim, e como só vou ter acesso ao resultado no dia 20, fiz um choradinho/perguntei educadamente ao Doutor se tinha visto alguma coisa de mal ou alguma coisa que desse cuidados e fosse melhor não correr, mas ele disse que podia estar descansada, pelo menos da parte deste exame.
 
Ufa! Um já está, falta o resto (outro ao coração, a meu pedido, e os restantes devido aos sintomas que tive).
 


Muito obrigada pelo vosso apoio nos últimos dias.

 
 
Já alguma vez fizeram algum exame para ver se está tudo bem com as vossas "máquinas"? Há uns anos fiz um electrocardiograma (que vou repetir agora) e, quando era pequena e andei num Grupo Desportivo, também tive de fazer alguns exames.
Acho que é uma coisa importante, quando se começa a aumentar a frequência ou a intensidade do exercício, quanto mais não seja para ficarmos descansados.
 
 
Bom resto de fim-de-semana!
 


17 comentários:

  1. Respondendo à tua questão, já fiz alguns electrocardiogramas (ECG) e uma prova de esforço, algures em 2008, antes de começar a preparação para a minha primeira meia-maratona.

    No meu caso como tenho antecedentes familiares (não dos criminais, mas dos cardiacos :p), foi bastante importante fazer esses exames. Nada foi detectado, mas é algo que convém sempre fazer, com alguma periodicidade... Por falar nisso, tenho que ver se faço em breve, sobretudo a prova de esforço.

    Bom regresso aos treinos e tudo a correr bem a nível de saúde. quanto mais não eja, este checkup forçado pode ter vindo em boa altura para veres que tens um Range Rover na caixa torácica. Bjs :)



    ResponderEliminar
  2. Já fiz vários electrocardiogramas este foi o último:
    http://umdiadecidicorrer.blogspot.pt/2013/01/o-que-esta-por-debaixo-do-capot.html

    O facto de fazermos exames pode deixar-nos mais descansados, mas se houver, por exemplo, uma mal formação congénita por exemplo do coração muito dificilmente são detectadas. Basta referir vários casos de futebolistas (Miklos Féher, Marc Vivien Foe, Bruno Baião) basquetebolista (Paulo Pinto) atletas profissionais sujeitos a exames rigorosos e periódicos. Isto não quer dizer que seja o teu caso, vai com calma e ouve a opinião dos médicos, eles é que sabem. A saúde está sempre em primeiro lugar. As melhoras e força!

    ResponderEliminar
  3. Olá, um passo de cada vez...hoje uma caminhada mais intensa e um pequeno jogging, amanhã outro jogging e depois uma corrida e outra e outra....quanto a exames, este velhote já fez muitos... quando jogava à bola era obrigatório fazê-los no inicio de cada época desportiva, depois uma doença grave que me obrigou a exames durante mais de 10 anos após a operação...agora mais recentemente, desde que pertenço ao CAL (Clube de Atletismo de Lamas) que tb os faço no inicio da época (é obrigatório) electro cardiograma, análises ao sangue e prova de esforço (por já ser velhote). Resumindo...não tenho feito outra coisa na minha vida a não ser exames...tem que ser....
    Beijinhos e as melhoras.

    ResponderEliminar
  4. Queria convidar-te a conhecer o meu blogue sobre estilos de vida saudáveis: alimentação, desporto, dicas, receitas... Gostava muito que este se tornasse num espaço de partilha de todas as mulheres que se preocupam com o seu corpo e o seu bem-estar! Visita-me e deixa a tua opinião! :) beijinho

    http://thehealthyfitway.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Força que tudo se vai recompor.

    Sim, já fiz exames completos em Abril do ano passado, última condição para me atirar de cabeça para a Maratona. Desde electrocardiograma, prova de esforço, dopler 24 horas, etc. Tudo estava perfeito.

    Beijinhos e rápido restabelecimento

    ResponderEliminar
  6. Também já passei por uma data de exames: ecocardiograma, electrocardiograma, prova de esforço, ressonância magnética e raio-x desde que comecei a correr. Os últimos 2 por causa da tendinite que a meia maratona de setembro me deu. Os outros foram a meu pedido. Já sabia que tinha um prolapso inofensivo no coração, mas com esses exames foi curioso chegar à conclusão de que a "máquina" está mais eficiente desde que comecei a correr. E eu não corro grande coisa... :) As melhoras!

    ResponderEliminar
  7. Hello!
    Esta semana, andei ainda mais afastada do pc e só agora tive um tempinho para dar uma volta por aqui. Oh pá! quase que te dava uma coisinha má e eu nem sabia!
    Mas pelo que li, já estás em busca da explicação para o que passaste.
    Vai com calminha...quando disserem que está mesmo tudo ok, recomeças a ganhar confiança em ti e na corrida :)
    Espero que fiques bem!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. E vai estar tudo bem, vais ver. E fazes bem em fazer uns exames de vez em quando, assim tiras minhocas da cabeça. Beijo

    ResponderEliminar
  9. Bluesboy: Eheh, um Range Rover... :) Pois, esses antecedentes (criminais ou cardíacos) não são bons, mas ao menos assim tens sempre mais precaução e estás controlado. Obrigada, beijinhos

    Sílvio: Eu acho que uma pessoa deve ser responsável e ter um mínimo de cuidados, mas quanto a esas coisas (do coração ou não) que não se podem saber/evitar... não se pode estar sempre a pensar nisso, senão vivemos em medo. Houve agora o caso de outro jogador que teve de desistir da carreira, ao menos foi detectado a tempo. Beijinhos e boas corridas, está quase a tua estreia!

    Carlos: As provas de esforço não é só para velhotes! :) Quando se está inserido em algum clube/colectividade eles são mais rigorosos com isso, é bom. Espero que já estejas recuperado da doença. Beijinhos, obrigada.

    João: Isso foi importante, uma Maratona responsável. :) Beijinhos e obrigada, espero que tenhas tido uma boa prova!

    Ricardo: Desde que façamos exercício com consciência, acho que só faz bem. Não é preciso correr "grande coisa" (eu também não corro). :) Uma tendinite também leva a recuperar... espero que já estejas a postos para a próxima Meia! Obrigada.

    Lulu: Olá! Sim, não me tenho sentido bem. Não tem a ver com a corrida, mas como já queria fazer estes exames há algum tempo, aproveitei também. Espero que esteja tudo bem ctg! Obrigada. Beijinhos

    Sweet: Ninguém quer minhocas na cabeça, também não fazem bem! :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. @Corre como uma menina

    Fábio Faria pertencente aos quadros do SL Benfica, defesa esquerdo/central.

    ResponderEliminar
  11. Eu faço electrocardiograma de esforço de tempos a tempos e ECG normal todos os anos mais exames de rotina.
    O ideal é recorrer a exames feitos por especialistas em medicina desportiva mas nem toda a gente consegue ter acesso a isso (eu não consigo!), Para quem viva em Lisboa o recurso ao Centro de Medicina Desportiva é uma boa solução o problema é a verba que se tem de pagar pelos exames em particular se ECG for com prova de esforço ( o que é obrigatório a partir de determinada idade). Mas quem possa recorrer a este serviço é mesmo o mais aconselhável.
    Rápidas melhoras e um beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Jorge: Pois, se calhar seria o ideal, mas infelizmente de momento também não posso... (Um destes exames que vou fazer, liguei para umas 5 clínicas até encontrar uma que o fizesse pela Caixa). Obrigada, beijinho.

    ResponderEliminar
  13. Olá Menina Rute.
    Gostei de saber que já te mexes um pouco. Vai com calma.
    Eu já devia ter feito uma prova de esforço. Felizmente até agora não tive grandes problemas. Só os joelhos é que me dão trabalho de vez em quando.

    Beijinhos e as melhoras.

    ResponderEliminar
  14. V: Vou com calma, até porque não tem dado de outra maneira... Esta semana já há-de ser melhor.
    Os joelhos é ponto de problemas comum de muitos corredores.
    Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Exames medicos ??? o que é isso ???

    ...não é um doutor que me vai impedir de concretizar os meus sonhos !!
    se morrer a correr é muito melhor do que amarrado a uma cama ou ter um acidente daqueles idiotas que ouvimos todos os dias !!

    ...isso não é para mim , mas isto sou eu que sou uma besta !! :)

    fazes muito bem em ter esses cuidados , tudo de bom para ti , as melhoras R.


    e como não tenho jeito para dizer mais nada (e mesmo isto, mais valia estar "calado") ehehhe...

    ...deixo mais uma musica que me anima e dá saúde á "maquina" !! (até um dia) eheheh...

    FnM - Ashes to Ashes

    ;)

    ResponderEliminar
  16. ajb: Deve haver maneiras piores de morrer (não sei, nunca morri, pelo menos nesta vida... ;) ), mas, podendo correr e viver, prefiro! :)

    E o título dessa música é mesmo adequado à temática! eheh :D
    Além disso:
    "I want them to know it's me
    It's on my head
    I'll point the finger at me
    It's on my head" - também se adequa a mim ultimamente... ;)

    E leva lá a máquina à revisão de vez em quando...

    Beijinhos

    ResponderEliminar