5 de junho de 2013

E agora para algo completamente diferente

Por causa da conversa sobre "combustível" para o nosso organismo durante o exercício, resolvi fazer barrinhas de cereais.

Quem me lê há mais tempo sabe que não sou uma cozinheira muito dotada. Safo-me. Mas não tenho paciência para receitas longas, com muitos ingredientes, ingredientes desconhecidos, ou instruções muito complicadas.


E agora que vocês mal podem esperar para que um dia vos convide para jantar em minha casa, vamos às barrinhas.

Há uns tempos fiz as minhas primeiras barrinhas de cereais caseiras. Não correu mal, e são estranhamente simples de se fazer. Mas ultimamente andava outra vez a apetecer-me e pensei: "Tu és da lei do menor esforço na cozinha, procura lá bem que consegues arranjar uma receita ainda mais fácil. Acredito que és capaz de te empenhares ainda menos, força nisso!"
Então, andei a pesquisar e encontrei receitas que nem é preciso ir ao forno, basta deixar algumas horas no frigorífico. Feito!

Aqui fica a minha, adaptada consoante os ingredientes que tinha em casa e que, hipoteticamente, me darão energia para centenas de quilómetros (dezenas, vá).

Barrinhas de Cereais Para Quem Quer Aumentar os Kms mas Diminuir o Tempo na Cozinha
  • 1 chávena de aveia
  • 1 chávena de flocos de trigo (ou equivalente que tenham em casa)
  • 2 colheres de sopa de sementes de chia* (* se são boas para os tarahumara, são boas para nós)
  • 1/2 chávena de frutos secos (eu usei passas e bagas goji)
  • 1/4 chávena de chocolate preto aos pedacinhos (mínimo 70% cacau ou amargo)
  • 1/2 chávena de manteiga de amendoim
  • 1/2 chávena de mel


- Misturar os ingredientes secos numa tigela e, à parte, a manteiga de amendoim com o mel (pode ser preciso amolecer previamente a manteiga de amendoim no microondas).

- Misturar todos os ingredientes e ajustar quantidades, se necessário, até ganhar uma consistência moldável.

- Estender a massa num tabuleiro forrado (esta parte pode tornar-se peganhenta e causar algum caos -> aviso de amiga).



- Levar ao frigorífico durante algumas horas (melhor de um dia para o outro).

- Cortar em barrinhas.


Por ser mais cómodo para levar em treinos, cortei em pequenos cubos em vez de barras,
mas penso que esta receita dá para cerca de 12 a 14 barrinhas.

- Correr e comer! 


Enrolei os cubinhos em película plástica e guardei-os no frigorífico. Agora, quando sair para um treino mais longo, é só pegar em um ou dois e seguir.

Eu costumo comprar uma marca de barrinhas de cereais de supermercado, e são boas, mas fazendo as minhas próprias até parece que corro com mais energia. É científico.


Tenham um bom dia e bons treinos!


19 comentários:

  1. Se forem só 5KM também pode ser?

    ResponderEliminar
  2. Bom aspeto :)


    Nós cá por casa também já experimentamos as "nossas barritas". São rápidas de se fazerem e têm sempre a vantagem de sabermos, em concreto, o que estamos a comer.

    Bons treinos :)

    ResponderEliminar
  3. Rute,
    É claro que as tuas barras são muito mais poderosas que as de compra!!!
    O meu problema quando faço, é que sou uma descompensada e não sossego enquanto não as como todas. Not good :)

    Já tens fatiota? Só desejo que não chova que isso do "casamento molhado, casamento abençoado" não me convence!

    Paisagens do post anterior são muito bonitas. Ainda te vais é dedicar à fotografia..., mas por outro lado, se parares de correr, não vais encontrar sítios assim tão belos que mereçam ser fotografados.

    O "aparelhometro" é a eliptica.

    Beijinhos grandes e se não falarmos antes...boa viagem até à tua serra!

    ResponderEliminar
  4. Hummm..parece interessante, hei-de experimentar fazer!Bjs

    ResponderEliminar
  5. E têm muito bom aspecto!! Um dia destes irei experimentar sem dúvida!! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. S.: Ahah, também pode ser! ;) Para a semana (se ainda houver :P) levo. Beijinhos

    Ela: É verdade, sabemos o que leva e podemos "personalizá-las" conforme o nosso gosto. Boas corridas!

    Lulu: Pois, esse efeito secundário da "descompensação" pode acontecer... :)
    Tenho uma fatiota de "back up", mas ainda não fui às compras (pressão de última hora??:) ) Por acaso deram chuva para o fim-de-semana!
    As paisagens é que são bonitas porque, infelizmente, não tenho grande jeito a tirar fotos...
    Beijinhos!

    Paulo: É simples de fazer e podes sempre personalizar a teu gosto. Se ficarem boas avisa! :) Bjs e boas corridas

    Piolha: Obrigada. Experimenta, não custa nada! E parabéns pela estreia! :) Beijinhos



    ResponderEliminar
  7. Beware of the goji berries! (aquilo é muito... erm, como é que digo isto de forma elegante?... "promotor da actividade intestinal". Certa vez a minha cara metade trouxe-me uma sacada dessas malfadadas bagas para casa e eu, jovem inconsciente, fiquei a comer daquilo numa tarde como quem come tremoços... e mais não digo. Mas em moderação (como tudo na vida), acho que são boas a nível anti-oxidante.

    Tens ai potencial para lançares uma marca própria de barrinhas energéticas. As "R. Bars". Fazes parceria com o Carlos Sá, é só ele ir para uma das doideiras dele com as barras e estás lançada a nível planetário! :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Bluesboy: Ahahah :D Eu comprei as bagas goji porque toda a gente fala muito bem... mas não gostei do sabor!! Como é que conseguiste comer aquilo como tremoços??! :) Mas assim, nas barrinhas, disfarça!
    Ora aí está uma boa ideia de parceria, quando encontrar o Sá na Serra d'Arga enfio-lhe algumas no bolso... eheh :P Bjs

    ResponderEliminar
  9. Aqui vai mais uma receita de barras:
    http://ultkm.blogspot.pt/2010/08/quilometro-gastronomico.html
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Eu faço o meu muesli. Os que se compram nos supermercados têm muitos frutos cristalizados, banana, passas, etc... Eu faço a meu gosto: ponho mais frutos secos, que adoro (nozes, amêndoa, avelãs), a aveia, mel (em vez de açúcar), coco ralado, e sementes de tudo e mais alguma coisa (sésamo, papoila, etc.)

    A próxima vez que fizer também vou partilhar. Tudo isto com a ajuda maravilhosa da Bimby!!!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Mhan mhan..até devem ser bem boas, pelo menos tendo em conta os ingredientes, só dispenso as passas.
    Um dia destes experimento ;)
    Beijinhos e bons treinos.

    ResponderEliminar
  12. Eu acho que fui vítima daquele raciocínio circular que nos ataca quando estamos a comer qualquer coisa nova (à frente da TV). É algo do género:

    "Tem um sabor esquisito, mas tem qualquer coisa boa" --> "deixa cá confirmar" --> "não é mau" --> "como é que isto sabia mesmo?" --> "hmmm, já comi melhor" --> "como é que isto sabia mesmo?" --> etc. etc. etc.

    ResponderEliminar
  13. Jorge: Obrigada pela partilha, também têm óptimo aspecto (e simples de fazer, como eu gosto)!

    RBR: Também costumo fazer isso, para comer aos pequeno-almoço. São coisas simples e uma pessoa sente-se logo um génio culinário! :) Beijinhos

    Isa: Podes pôr cajus, que gostas! É frutos secos à escolha do freguês ;) Beijinhos

    Bluesboy: Acho que deve ser aquilo a que se chama "gosto adquirido"... :)

    ResponderEliminar
  14. Acreditas que na semana passada fiz umas barrinhas muito parecidas? Vão aparecer no blog amanhã :D

    Com que então também gostas de Mind Da Gap :P A Bazamos e Ficamos foi grande música da minha adolescência ;)

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  15. Menina, gostei da receita. A ilustração ficou ótima. Vamos ao gosto. ;) Vou tentar fazer em casa. Obrigada pela dica.
    beijos
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @Correndodebem

    ResponderEliminar
  16. Joana: Tu és a queen das barrinhas (e dos muffins!). :) Não sou a maior fã de hip-hop, mas tenho uma história com essa música do Todos Gordos... ;) Beijinhos

    Helena: Obrigada. São fáceis de fazer e podes pôr os frutos secos da tua preferência. Beijos

    ResponderEliminar
  17. Ó Rute...um conselho...quando fores treinar com essas barrinhas, leva um rolinho de papel higiènico no bolso :D
    Beijinhos

    P.S. Tão com um aspecto delicioso!!!

    ResponderEliminar
  18. hum que bom aspeto :D

    ResponderEliminar
  19. Carlos: Lol Por acaso já as levei para duas test run e não houve efeitos secundários. :) Mas eu tenho um super estômago, não me responsabilizo pela reacção alheia. Tenho de pôr um disclaimer... ;) Beijinhos

    Hermi: Precisavam de mais aveia, de resto estão boas. :)

    ResponderEliminar