11 de junho de 2013

O fim-de-semana nas montanhas

Na sexta-feira a montanha recebeu-nos com um humor cinzento, mas continuava linda.


Ao chegar a casa, o desgosto: as cerejas da nossa árvore ainda não estavam suficientemente maduras... Viaja uma pessoa 300km para isto.

Mesmo assim ainda comi uma ou duas, só para contrariar.

O sábado, dia do casamento, continuou chuvoso e frio, o que foi muito bom para todas as senhoras que tinham optado por um vestido mais fresco, porque, afinal, estamos em Junho... Ainda bem que levei casaco.

No dia seguinte ainda estava o tempo cinzento, mas impunha-se o exercício de recuperação das festividades. Se alguém tinha dúvidas sobre se seria boa ideia correr depois de um dia inteiro a enfardar comida, tentar provar de todas as sobremesas disponíveis porque valha-nos Deus se ficar alguma por experimentar, fazer diversos brindes e dançar várias horas em saltos altos... Dúvidas desfeitas: não é boa ideia.

Assim sendo, optou-se por uma caminhada em detrimento de uma actividade mais intensa e até tive companhia de um pequeno grupo, que se juntou a mim praticamente de madrugada (11h da manhã depois de uma noitada é madrugada, não é?) para uma voltinha saudável a respirar ar puro e refrescar dos excessos.


Como queria ver os dados como a altitude e o desnível, levei o Mr.G. para o passeio. Ao início estava a demorar a encontrar satélites, mas depois pus o braço no ar, qual Estátua da Liberdade, e juro-vos que esse é o truque para encontrar satélites mais facilmente. Aqueles cerca de 50 cm mais perto do céu fazem toda a diferença, experimentem!;)



Fizemos cerca de 5km, até que começou novamente a chuviscar. Curiosamente, nessa tarde o tempo teve abertas e houve até quem tenha arriscado um mergulho nas águas geladas de uma ribeira.

Não foi nesta, mas era só para ilustrar o sucedido.

Estou rodeada de pessoas doidas, porque só molhei os pés e acho que me parou instantaneamente a circulação nos mesmos (confesso que isto é só inveja de não ter levado fato de banho, pronto...).

E eis que chegamos a segunda-feira, o tão aguardado dia em que iria reunir-me com as minhas montanhas mais altas, dia para o qual andei, desde sexta, a tentar convencer alguém a juntar-se a mim. Não sei como as pessoas não se deixaram convencer pela qualidade dos meus argumentos: "Se aparecer algum lobo ou javali, assim já somos dois e ele fica confuso em relação a quem seguir" mas ninguém se mostrava entusiasmado com a ideia de acordar cedo para percorrer quilómetros em ganho de elevação.

Mesmo assim, antes de me deitar no domingo, pouco depois da meia-noite, como senhora de idade que sou e que já não aguenta dois dias seguidos de festa, ainda deixei um aviso na porta do frigorífico:

"PONTO DE ENCONTRO NA COZINHA ÀS 10H PARA CORRIDA NA SERRA EM AGRADÁVEL COMPANHIA"

Mas, não só ninguém fez caso, como no dia seguinte, quando desci para tomar o pequeno almoço, reparei que utilizaram a parte de trás da folha do meu aviso para apontar os resultados do jogo da Sueca a que ficaram a jogar até às tantas da manhã... Cambada de preguiçosos imprestáveis, é o que são os meus primos todos. Pffff!

Como eu tenho medo de me aventurar sozinha por atalhos que não conheço, aproveitei a boleia de uns tios que iam à quinta tratar dos animais (-> vida do campo) e segui com eles pela estrada que sobe a Serra, eles a andar e eu a correr à frente deles aos ziguezagues, para não me afastar muito. Depois, eles continuaram pela estrada e eu meti-me por uns caminhos de terra paralelos.

Ontem o tempo já estava melhor... cá em baixo na vila. Porque lá para cima o cenário era este:

Por detrás das nuvens esconde-se uma montanha!

As nuvens estavam a descer a encosta da serra e, quanto mais subia, mais me ia embrenhando no nevoeiro. Reparem.

Vista para trás.

A subir.

Mais a subir.

Arte natural.


A vila ao fundinho.


 A chegar ao topo da primeira encosta e o nevoeiro já a cobrir a paisagem abaixo.


Marco do limite de freguesia.


Nesta parte fiz um pequeno vídeo da paisagem circundante mas filmei com o telemóvel de lado, por isso peço desde já desculpa pelo torcicolo.


Depois de recuperar a respiração não quis estar a continuar em frente, já que este caminho ia afastar-se muito da estrada, então voltei para trás, o que perfez apenas 7,5km de treino. Pouco. MUITO POUCO.



Sabia que podia perfeitamente passar os 1000 metros de altitude, já que a estrada continua a subir uns bons 10km, mas sozinha não me sentia à vontade para continuar. Mas aqueles 915m de elevação máxima ainda me estão entalados... Precisa-se de companheiro/a para corridas nas montanhas, asap.

E depois de três dias muito felizes, ontem regressei a casa, não sem antes passarmos por uma Festa da Cereja, porque não se pode ir à Beira Baixa nesta altura e não trazer cerejas, é como ir a Roma e não ver o Papa.



Como o açúcar consumido nos dias anteriores não tinha sido suficiente, ainda comprei um pastel de cereja para experimentar.

Dois, pronto...

É tipo um pastel de nata, mas com recheio de cereja. Não é mau, mas continuo a preferir os originais.

Assim se passou mais um fim-de-semana. Esta semana, como tenho mais tempo, vou fazer um treino longo, para compensar a falta de distância nas pernas e o excesso de calorias no corpo.

Boa semana!


26 comentários:

  1. Então e que bela aldeia Beirã é essa?

    ResponderEliminar
  2. Que giro, eu também fui às cerejas :P Mas não foi propriamente para mim, porque eu não sou apreciadora (isso não sabe a nada!) :P

    Nem me fales em casamentos, daqui a uma semana é o meu baile e a ementa tem 8 páginas (OITO!). Acho que vou levar uma daquelas cintas de avózinha, para ver se não como até cair para o lado :P

    Gostei muito das paisagens de montanha :) Para a próxima está aqui uma voluntária para ir contigo :P

    Beijinhos e tem uma óptima semana :D

    ResponderEliminar
  3. Há outro truque para obter o sinal GPS mais rápido, é colocar o relógio no chão. Não foste sozinha correr, tiveste companhia, no teu vídeo ouve-se o Darth Vader a respirar...

    ResponderEliminar
  4. Que inveja dessas cerejas! As nossas apodreceram com as chuvas.

    Belo fim-de-semana! Deu para tudo: para exagerar na comida, para caminhar, para apreciar o que de bom a vida nos dá!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Como sempre, um peculiarmente bem humorado relato :)

    Bonitas fotografias mas, como "adorador" de cerejas, fiquei com os olhos nessa bela caixa com esse belo fruto que iriam num instantinho!

    No Fundão, conheço um café cuja especialidade são pasteis de cereja. Mas o conteúdo é mesmo cor de cereja, ao contrário dos que mostras. E só de falar nesses, já estou a babar o teclado! São divinais! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. João: É uma vila perto da Covilhã. Não quero fazer publicidade, para não atrair turismo, que eu sou muito egoísta da minha serra... lol ;) Boas corridas

    Joana: Paisagens de montanha é do melhor, estás convidada! :) Ainda estou em choque com "isso não sabe a nada"... Que cerejas andas tu a comer??! Aquelas são BOUAS BOUAS! :) Beijinhos

    Sílvio: É o Darth Runner, numa nova saga intitulada As Corridas na Estrela... ;)

    RBR: Por lá também apodreceram muitas, por causa das chuvas... Por isso é que estão tão caras!! Foi um fds bem passado! Beijinhos

    João: Há que ter cuidado e não abusar na quantidade de cerejas... ;) Estes pastéis são cor de cereja mas só por dentro, quando se trinca. Vistos assim passavam por pastéis de nata comuns. Acho que os originais foram inventados por um homem do Fundão, deve ser desse café. Beijinhos

    Jorge: Foi sim. ;) Pena ainda serem 300km de distância...

    ResponderEliminar
  7. Deixa lá as imagens bonitas da serra, venham de lá as cerejas! Ontem também me deixaram aqui uma caixinha de 2Kg das boas. A Joana não deve comer das que eu como... Beijo

    ResponderEliminar
  8. Sweet: eu também acho que ela não anda a comer as cerejas certas... :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Belo fim-de-semana!
    A montanha faz qualquer um recarregar baterias. E umas cerejinhas também ;)

    Beijinhos e boas corridas.

    ResponderEliminar
  10. Que lugares espectaculares e és uma sortuda. Eu então, quando era miúda (há décadas!) dizia que não tinha terra, quando todos os outros miúdos iam de férias "à terra" e eu ficava tristíssima, por ali, e lamentava-me porque não tinha terra.

    Talvez um pouco por isso tenho um blogue com o nome que tenho e talvez por isso adoro viajar (até nem precisa ser para muito longe) e adopto os lugares como "meus" sempre que estes me fazem sentir bem. E eles há tantos!

    Precisas companheiro para correr ... ai ai, pena tenho eu de por magia não estar aí pertinho quando tu estás e quem te ia aguardar na cozinha, ansiosa com o bilhete na mão e ténis calçados, era eu por certo :)

    Beijinho e boa semana e... essa foto da Natureza é Arte...está fantástica!

    ResponderEliminar
  11. Isa: É bem verdade, nada como estar mais perto do céu para recarregar energias! Beijinhos

    Ana: Por acaso também já pensei nisso de "não ter terra". Fico contente por ter, apesar de não ser exactamente minha, mas é dos meus pais, e serve de evasão. Hoje em dia a maioria dos miúdos já não tem isso.
    Mas, em última instância, a nossa terra é o local onde nos sentimos bem e queremos voltar e por isso há que continuar a conhecer. Ai viajar... cada vez tenho menos dinheiro para isso, e que falta me faz...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Grande fim de semana!!!
    As fotos estão ótimas, tens ali sítios espetaculares para correr.
    É muito bom ter um lugar para de vez em quando fazer uma visita e recarregar baterias. Tens sorte nisso.
    As cerejas estão com bom aspecto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Ahaaaaa.....afinal não sou só eu que filmo com o telélé ao contrário e depois nã sei como virar os videos...yeeesss...sinto-me muito melhor com isso, podes crer.
    Eu tinha razão...escolhestes os pretos :D
    Compreendo-te....ter essa imensidão de natureza à disposição e não poder usufruir como deve ser - eu sozinho tb não me aventuro (muito) pq uma pessoa perder-se é muito fácil - tenho um monte de montes (gostas-te da chalaça?) aqui na minha zona, com montes (lá está ele outra vez) de trilhos por explorar pelo mesmo motivo - e sendo mulher aínda pior. Esses teus primos só à porrada....sueca? eles não sabem o que é bom.
    Beijinhos e toca a dar duro esta semana.

    P.S. cerejas eu tb arranjo (não tão boas como essas com certeza)... era escusado era essa foto final....é que desses nunca vi mas acho que ia gostar.

    ResponderEliminar
  14. Um belo fim de semana! Essas serras merecem uns treininhos "à maneira", em grupo e, de lanche no camelbak!
    Passei 4 anos nessa cidade onde fui “caloiro” no longínquo ano de 1988. Pena que na altura não estava muito virado para o desporto…mesmo assim, algumas vezes, ainda fui dar umas corridas para os lados de um lugar, se não me falha a memória, chamado Teixoso.
    (curti o pormenor de apontarem os resultados da sueca na folha da convocatória, devem ser uns bacanos, I’m Sorry! )
    Boas corridas!

    ResponderEliminar
  15. V: Tem sítios muito bons, inclusive limparam uns trilhos novos por causa de uma prova de btt que houve lá recentemente, mas sozinha não me arrisco. Talvez no verão as pessoas já estejam mais receptivas aos meus convites... :) Beijinhos

    Carlos: Eu acho que os vídeos não dá mesmo para virar, ao contrário das fotos... Pensei que estivesse a filmar na posição correcta, mas enganei-me! :)
    Se fosse gajo aventurava-me mais. Não que haja por ali gente naqueles trilhos, aquilo é pacífico, mas preferia ter companhia.
    As cerejinhas estavam bem boas e aqueles pastéis, se gostas de coisas doces, vale a pena provar. ;)
    Beijinhos

    P: É uma boa ideia, essa de levar um lanchinho para depois comer num local agradável a meio do "passeio".
    Não são bacanos, porque se fossem bacanos tinham era vindo comigo :P (alguns tinham desculpa, porque não levaram calçado apropriado...)
    Andaste na UBI? Conheço o Teixoso, não fica longe!
    Bjs e boas corridas!

    ResponderEliminar
  16. Sim iniciei na UBI, concluí em Coimbra. Aquilo na Covilhã dava para tudo menos para estudar! :) bons tempos...

    ResponderEliminar
  17. Yep! O efeito axante ataca :))... Beijo

    ResponderEliminar
  18. Belos percursos :) Este Verão vou trilhar nas férias algures no centro do país. Depois a ver se documento a coisa como deve ser :)

    Bjs e bons treinos!

    ResponderEliminar
  19. ...lindas essas paisagens , e que belas fotos !! parabéns.

    ...o video tá de lado ?? aqui no portátil não notei , vi direitinho !! ;)


    Serra... , infelizmente não conheço a zona , só de passagem e não paragem :(
    ...uma zona do pais , obrigatória de conhecer , pela paisagem , pelas gentes , gastronomia , qualidade de vida, etc,etc...tenho esperança de ainda conhecer....


    Realmente deves ter trilhos por aí e desnivel positivo :D para uns trails , que deve ser prodigioso !! :) ...quando for conhecer a zona , tenho que levar o equipamento adequado !! :)


    Cerejas !! que delicia , tenho sorte de conhecer pessoal do Fundão e de já cá terem trazido uma caixa muito gira de cartão "cheinha" delas ! :P (já tem poucas) ;)

    ...esses pasteis devem ser um "recuperador" de energia , brutal !! :P
    ...ahhh , e tambem me trouxeram uma compota de cereja (Cherry Jam) , que minha mãe !! mhan, mhan...


    boa semana , bons treinos...

    Ajb

    ResponderEliminar
  20. P: Ahah, lá isso é verdade... :)

    Bluesboy: Fazes bem, no verão, com o calor, é que se vê os duros! ;) Depois merece um report à altura. Bjs!

    A: Tens o portátil torto! :P
    Geralmente as pessoas pensam que Serra da Estrela só é boa no Inverno, por causa da neve, mas eu acho que no verão é ainda mais bonita. Vale a pena ir só para ouvir o som das montanhas (é verdade, têm "som", quando o ouvires vês logo qual é ;) ) e os ténis são obrigatórios!
    Dizem que as melhores cerejas são as do Fundão, e eu confirmo. :)
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  21. Marcelo13/6/13

    Belas paisagens, belas cerejas e belos pastéis!
    Se fosse a ti rifava os teus primos, com umas paisagens dessas como é possível resistir a ir "trilhar"!
    Beijos e boas corridas

    ResponderEliminar
  22. Marcelo: Também acho, mas fazer o quê?.. Não sabem o que é bom! :)
    TNLO já está! (e mesmo a tempo, que as inscrições esgotaram este f-d-s...) ;)
    Beijos e boas corridas

    ResponderEliminar
  23. Marcelo14/6/13

    Boa! Fizeste bem em inscrever no TNLO antes de esgotar, ao contrário de uns amigos meus que deixaram escapar todas as vagas disponíveis....e não foi por falta de "lembradura". Até lá bons treinos!

    ResponderEliminar
  24. Isso é que foi um fim de semana em cheio. E depois é só vir aqui para o blog fazer inveja ao pessoal. É festas, é cerejas, é pasteis e como se não bastasse ainda metes fotos espetaculares de trilhos que só dão vontade de correr, monte acima, monte abaixo. :)
    Beijinhos e boas corridas.

    ResponderEliminar
  25. Tigas: É assim, só para fazer pirraça! ;) Bom regresso aos treinos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar