22 de julho de 2013

Pensamentos durante um long(uinh)o

No sábado fui fazer a Tour ribeirinha aqui da cidade. Até ao Cais do Sodré e voltar, a pedalar, contornando obstáculos e turistas, sem incidentes. Foram mais de 20km! Estou tão orgulhosa dos meus progressos, qualquer dia participo num Duatlo (lol).


Ainda não tinha vindo passear a este espaço remodelado à beira-rio. Aliás, a última vez que tinha passado aqui, sem ser de carro, tinha sido em plena participação na Meia Maratona de Lisboa. Na altura, este local ainda estava gradeado e, também devido ao sofrimento, não pude apreciar devidamente a zona.

Para ganhar forças para o regresso ainda comi um geladinho deitada sentada ao sol. O meu bronze de corredora/pedaladora-uma-vez-por-semana está cada vez mais aprimorado, haviam de ver, vai ser uma sensação na praia.

Foi um belo final de tarde, com um ambiente de férias, enquanto as oficiais não chegam.

Depois, no domingo, devido a imprevistos, não foi possível o longuinho que tinha pensado. Ou melhor, o treino realizou-se na mesma, mas não no local que tinha previsto. É pena, porque era um local bonito e novo (para mim) que gostava de conhecer. Fica para a próxima.

Assim sendo, tive de me mentalizar que iria fazer os 20km sozinha, improvisando pelos locais do costume.

Esta é a minha mente durante um treino de 20km:

"Este ritmo está bom, não mexe mais, consigo correr assim para sempre!... Ainda tenho aquele trabalho para fazer, que chatice. Devia ter vestido outra t-shirt. O que é que vou fazer para jantar?  E aquele problema que ainda não sei como vou resolver. Oh, um casal de velhinhos a passear de mão dada, que fofos... Quando for velhinha compro uma autocaravana.  Olá, aquele problema outra veeez. Este ritmo está agradável, consigo correr assim uns bons quilómetros! O fio dos auriculares está a incomodar-me no pescoço, ainda vou ficar com um raspão. Boa, grande música que está a passar agora no one knows tan ta na nan tan ta na nan. Devia ter ido ao SBSR. Acho que vou comprar uma piza. Possível solução para aquele problema. As saudades que tenho de viajar. Devia meter uns meses de férias e ir correr o mundo. Não tenho dinheiro. Podia vender o carro. M***a, ainda não fui comprar as pastilhas para os travões. A rapariga que acabou de passar a correr tem os calções mesmo muito curtos. Gosto dos ténis daquele rapaz. Yep, ficou um raspão. [silêncio] O ritmo está levezinho, acho que aguento assim mais uns quilómetros. Não, esta solução para aquele problema não vai resultar. Há que tempos que não falo com a A. devia ligar-lhe. Tenho de pagar a tvcabo. Já começava era a treinar escalada para o GTSA. Ganda Carlos Sá. Ainda bem que hoje não está assim tanto calor. [silêncio] Podia perfeitamente correr uma Ultra. A minha respiração está fantástica, parece que nem estou cansada. Possível solução alternativa para aquele problema. As pernas já começam a pesar. Esquece a Ultra. Ok, ritmo aceitável, acho que aguento assim os últimos quilómetros. Esta música é chata. Agora não abrandes que estão pessoas na paragem a ver. Tenho de escrever no blogue sobre a minha primeira unha (mais ou menos) negra por causa da corrida. O que era giro, giro, era uma prova no estrangeiro. Conhecer o mundo a correr. Sonhar ainda é grátis. [silêncio] Não me lembrava desta rua ser tão a subir. Vou mesmo comprar uma piza, será demais se trouxer gelado? Hmmm, gelado. 20km, já está! Já agora fazes mais 500 metros, só porque é a descer... Run Forrest Run! Há que tempos que não vou ao cinema. Terminei outra vez com uma segunda parte mais rápida, sou a rainha da corrida progressiva! Ok, agora comer. E chocolate."


E é mais ou menos isto que se passa pela minha cabeça em treinos longos. Pensamentos soltos, aleatórios, desconexos, entrecortados com breves momentos silenciosos de contemplação. Às vezes, se há alguma questão a preocupar-me mesmo muito, penso mais nisso, encontrando muitas vezes uma clareza que não tenho noutras ocasiões, mas geralmente deixo a mente à deriva da passagem dos quilómetros.

Uma coisa que nunca falha - 10 minutos* depois de parar de correr, independentemente do horror que foi o treino, o pensamento é sempre: "Ah, não foi assim tãaaao mau, provavelmente aguentava mais uns quilómetros..."

Não é verdade?

* ou um bocadinho mais, se o sofrimento foi mesmo muito.


Boa semana!

25 comentários:

  1. É verdade!
    Também me farto de pensar enquanto corro.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Ahahahah...
    Assustador a mente de uma corredora;)
    O Carl Lewis dizia que não corria os 200m porque tinha demasiado tempo para pensar.
    E nunca aconteceu passarem por ti e pensares...pff, começou agora ou vai acabar enquanto eu..
    Enfim, temos que nos entreter e é por isso que penso que as playlist têm tanto sucesso.
    Eu estou a voltar a correr ao som da minha respiração...ao fim de 50m é endurecedora :)mas são corridas curtas,cerca de 5k.
    Bons treinos e pensamentos, entretanto espero que tenhas a solução para aquele problema e COMPRA AS PASTILHAS DE TRAVÃO, com a segurança não se poupa nem brinca;)

    ResponderEliminar
  3. Gostei da descrição dos pensamentos. Por deve acontecer o mesmo, nunca me lembro do que pensei durante um treino, tenho ideia que é sempre uma linha confusa e os pensamentos todos misturados.

    Bons treinos
    Bejinhos

    ResponderEliminar
  4. Sam: Quem é que pensa na vida quando está sentado no sofá?! Tem de ser em andamento!;) Beijinhos, bons treinos.

    jnr: Sempre que passam por mim a correr mais rápido, o que não é difícil, mas ainda assim... penso sempre: "pff, de certeza que não vão fazer tantos kms como eu!" :)
    Mesmo com música, como era o caso, às vezes a mente divaga. Outras vezes também tento concentrar-me na respiração, mas não dura muito.
    Bons treinos para a 1/2!

    João: Obrigada. Sim, uma pessoa tem de se entreter!:) Se não forem coisas importantes, a maioria das vezes também não me lembro. Bons treinos! Beijinhos


    ResponderEliminar
  5. ahaah essa sensação do bronze de corredora na praia vai ser o "choque" ahaha tive essa sensação ontem e só pensava "bolas, será que estão a comentar? sou mesmo croma olha para essa figurinha" ahahah depois ri-me da sensação e esqueci o assunto :D É com grande orgulho que exibo esse bronze na praia ahah :D
    E aí está uma coisa que apartir de hoje também fará parte dos meus treinos, a bicicleta!! :D Adoro!!

    Beijinhos e bons treinos :)

    ResponderEliminar
  6. Mais um delicioso e bem humorado artigo :)

    As coisas que te passam pela cabeça! (ih ih ih)

    Beijinhos e boa continuação

    ResponderEliminar
  7. Piolha: Não havemos de ser as únicas. Acho que nas mulheres que praticam btt frequentemente ainda é pior. Para já não falar nos senhores com a marca das t-shirts de alças... ihih :) Eu ainda não "adoro" andar de bicicleta, mas já não me custa tanto como há uns tempos. Evolução!
    Beijinhos

    João: Obrigada! :) São coisas que passam na cabeça de todos, de certeza que também já pensaste coisas que não lembram a ninguém... ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Ui Rute... não puxes por mim para dizer as coisas que às vezes me passam pela cabeça...! :)

    ResponderEliminar
  9. Oube lá carago...tens alguma coisa contra senhores que usam camisolas de alças, hein??? É por estas e por outras que eu uso uma camisola por baixo da camisola de alças do CAL :D ... não é que o moreno de uma T-Shirt fique muito melhor, mas pronto....
    Já te disseram que tens bom gosto musical? Já pagaste a TV cabo? E a pizza tava boa? Era de quê? Eu tb acho que podias fazer um Ultra!
    Mais um belo texto...parabéns!
    Beijinhos

    P.S. Domingo vê se não chegas atrasada. Ás 7.15h arrancamos, quem está está, quem não está que estivesse :)

    ResponderEliminar
  10. Engraçado como sendo diferentes, somos tão iguais nalgumas coisas. Os meus pensamentos dos treinos longos (quando os fazia) eram sensivelmente os mesmos: soltos, completamente livres, a ver com tudo e com coisa nenhuma :)

    boa semana

    ResponderEliminar
  11. Ainda ontem pensei em trocar o meu treino de corrida por uma volta de bicicleta, mas depois pensei melhor e achei que adiar a volta de bicicleta junto ao rio para um Sábado de manhã é o ideal. Vai-se bem da Expo até ao Cais do Sodré? Há ciclovia sempre ou pelo menos zonas resguardadas do trânsito?

    Ontem os meus pensamentos foram tanto para temáticas tipo Chariots of Fire, que hoje tenho que treinar outra vez :D

    Bjs

    ResponderEliminar
  12. João: Lol É compreensível, não temos controlo sobre a mente quando as pernas estão em movimento! :)

    Carlos: Tens de admitir que isso da marca de sol das alças é uma imagem... (a brincar!:P) É uma boa malha, não é? E a presença do Grohl só lhe dá mais qualidade. :)
    A piza era forno de lenha (do Lidl :D) e estava boa. Km a km hei-de chegar à Ultra!;)
    Obrigada e beijinhos
    PS: 7H16 estou lá!:)

    Ana: Tens de voltar aos longos, olha a Maratona a proximar-se! :) Beijinhos, boa semana.

    Bluesboy: Chariots of Fire é um clássico da corrida! :)
    Expo-Cais: não tens ciclovia até lá, mas saindo da expo segues pela estrada junto aos contentores (é raro passar um carro) e depois tens sempre passeio até lá. Evita as horas com mais pessoas (chegando à baixa havia muitos turistas e torna-se complicado pedalar).
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. Também andei por esses lados no sábado, fiz um treino de 26 km (os últimos 5 km andei e corri). Passei por malta de bicicleta, na volta eras uma dessas pessoas.
    Pode ter sido na altura em que pensava em coisas que já nem me lembro:)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. V: A que horas foste? Eu andei por lá ao final da tarde (18h/19h). Pode acontecer passares por alguém conhecido e ires tão compenetrado que nem reparas! Mas acho que não, que eu quando ando de bicicleta tenho de ir muito atenta ao ambiente que me rodeia e das pessoas que vi a correr nenhuma eras tu. :)
    Já em treinos longos para a big M., muito bem! Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Já comecei tarde, eram 11.30h.
    Realmente, toda a malta que vi andava muito bem de bicicleta, não podias ser tu :)
    (Desculpa lá, não resisti)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. V: Pff, só para veres o meu desportivismo, publiquei na mesma o teu comentário, apesar da clara falta de fé nas minhas capacidades. De qualquer forma, até pegares numa bike e pedalares E subires passeios, não podes gozar!:)

    ResponderEliminar
  17. AhAh, adorei passear na tua mente :)

    Das poucas vezes que me atrevi correr só pensava "Ai não aguento... aguentas sim... é só até ali... vou parar... não pares... tu consegues... não aguento, vou mooorrreeer..." E basicamente é isto, não consigo pensar em mais nada... Beijo

    ResponderEliminar
  18. Brinca, brinca que um dia ainda participas mesmo no duatlo. Eu cá também já proferi umas certas palavras quando treinava com o João. No meu caso começou por T...mas acho que ainda é muito cedo para isso. Apenas gostava de experimentar um dia.

    Por vezes também penso em muita coisa enquanto corro, mas na maioria das vezes vou simplesmente a cantar ou tão feliz que nem penso em nada, vou apenas a correr.

    Beijinhos e boas corridas!

    ResponderEliminar
  19. Sweet: Desde que o anjinho ganhe ao diabinho, já é uma boa conversa mental! :) Beijos

    Isa: Lá está, voltamos à conversa do outro post - de momento só estou apaixonada pela corrida, mas quem sabe um dia. Já vi muitas edições do Ironmam, pelo menos essa parte dos treinos já está feita! :P
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. AhhhhhAhhh...ri-me porque parece a minha cabeça! Eu gostava mesmo era de ter uns cabos ligados à minha cabeça e a informação ia sendo descarregada logo para o pc. Quando inventarem isso, vai ser bombástico!
    ..., mas 20 Km não passam assim tão depressa!

    Boara lá no Duatlo! há que manter novas opções em aberto :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  21. Lulu: :) Às vezes gostava de conseguir esvaziar a mente durante mais tempo. Já andei no yoga, e é mais fácil fazê-lo a correr, mas mesmo assim não dura muito... Essa ideia dava jeito! :)
    Durante os 20km houve pensamentos que ficaram esquecidos e outros impublicáveis. ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. És cá uma personagem Rute hehehe
    Quando li que "poderias fazer perfeitamente uma ultra" até parei de respirar hahaha

    Vamos mas é para os 45km no GTSA, sem medos, tu tás forte psicologicamente por isso fazes aquilo com um pé ás costas :P

    Bjs

    ResponderEliminar
  23. Olá R sempre que venho ao teu jardim saio daqui com dores nos maxilares.

    este assunto é mm interessante e é difícil descrever-te o que me passa em provas longas entro quase em modo ZEN e é só meter km.
    - os auriculares , os fios, as musicas, etc..bem tal e qual como eu!!

    Domingo como sabes tenho a Ultra Melides troia. Vou tentar meter um post no blogue sobre este tema.
    mas para recordar:
    Para sempre, uns bons km, uns km ..acho que aguento!! fantástico

    bj
    J

    ResponderEliminar
  24. Rui: Obrigada (acho...) :). Tu não me tentes, Rui!!! Não me tentes, porque eu já quase me esqueci do sofrimento que foi o Almonda e isso é um perigo!;) Bjs

    Jorge: O ideal seria que essa sequência fosse ao contrário: acho que aguento, uns kms, uns bons kms, para sempre!! :) É isso que te desejo para a UMT, força! Bjs

    ResponderEliminar