15 de julho de 2013

Semana preguiçosa e porque digo não (por enquanto) à Maratona

Depois do trail do deserto, em que tive a confirmação que nunca poderei competir em provas como a Badwater* (podes ficar descansado, Sá!:) ), decidi que não ia forçar o regresso aos treinos. Ia ser uma semana para correr o que me apetecesse e quando me apetecesse, daí ter sido uma semana mais preguiçosa que o normal e a razão de também não ter escrito por aqui.

O pós trail não foi assim tão mau. Doíam-me as coxas e os ombros e, uma novidade, as pontas dos dedos dos pés! Acho que foi devido àquelas descidas que obrigaram a ir em travão durante quilómetros, com os dedos a tocar na biqueira dos ténis, apesar dos dois números acima. No entanto, na terça já estava praticamente recuperada e na quarta corri pela primeira vez. 5km, nas calmas, não me apeteceu mais, e também não insisti.

Na sexta terminei a tarde com um passeio de bicicleta e, após ter tido um fim-de-semana mais ocupado que o normal, ontem ao final da tarde senti saudades de correr. Estava um tempo bom, fresco, e apesar da humidade, peguei nos ténis para fazer a distância que as pernas quisessem.
Não levei música e deixei os bips do Mr.G. serem a banda sonora da passagem dos quilómetros. Terminei ao décimo toque, de uma corrida muito pacífica que me fez recuperar um bocadinho a moral espancada, pisada e esturricada. Estou de volta.

Ahah! :)

Alguns de vocês perguntaram-me qual o objectivo que se segue e, porque não, uma Maratona?

Embora compreenda essa questão, até porque isto dos quilómetros é como uma drog@ que uma pessoa quer sempre mais, de momento, pelo menos para este ano, não faz parte dos meus planos.


Podia dizer que é porque não comecei a correr assim há tanto tempo como isso e não tenho pressa, o que é verdade, podia dizer que ainda não me sinto preparada, o que também não é mentira, podia dizer que tenho outros objectivos primeiro, que tenho, podia dizer que neste momento mais depressa me tornava a pôr nos 40º à sombra do Almonda do que a fazer 30km de treinos em estrada em pleno Verão (estou a brincar!)... Mas a verdadeira razão, e principal, que torna as outras todas pálidas por comparação, é só uma: para se fazer uma Maratona tem de se querer muito, e eu ainda não quero. Ainda não senti o "chamamento da Maratona", se assim quisermos dizer.
Lembro-me, o ano passado, exactamente a primeira vez que o pensamento de correr uma Meia Maratona me veio à mente, para, logo a seguir, sacudir a cabeça e dizer "que ideia disparatada!". Mas, os segundos que levaram desde que formulei esse pensamento até ao mesmo ser tremido por dúvidas, eu sorri.

Sou uma rapariga que gosta da fase da antecipação. Os treinos para uma prova-objectivo são tão importantes como o dia em si, e devem ser vividos, usando aqui uma alegoria romântica, como uma fase de enamoramento. As primeiras trocas de olhares esquivos, os sorrisos envergonhados, os toques casuais-de-propósito, as borboletas na barriga dos primeiros encontros. Ou seja, os treinos para a conquista de uma Maratona são parte do gozo, dão trabalho, e tenho de estar apaixonada.

Concluindo, quero pensar na Maratona e sorrir de nervoso, expectativa e conquista, e isso ainda não me aconteceu. Ainda. Quando acontecer sei que vai ser lindo mas, por enquanto, fico contente de, dia 06 de Outubro, estar na linha de chegada da Maratona de Lisboa e ver-vos conquistar aquela que vos deu tanta luta. Sei que vou ficar feliz por presenciar esse momento de tantos amigos (alguns vocês já sabem quem são, mas quer-me parecer que vão haver novos anúncios nos próximos dias...) e talvez isso depois me inspire. E talvez depois já não pense noutra coisa, e é assim que tem de ser.

Eu irei estar lá, mas para repetir o momento da minha primeira Meia Maratona, que é sempre especial! Se tudo correr bem, será apenas uma semana depois do GTSA, o que significa que não irei estar em condições de bater recordes, mas vou gostar de repetir as passadas naquela que é a minha Ponte, e recordar que, ainda nem há um ano, 21km era uma distância assustadora, e agora faço-a em treinos. Vagarosamente, às vezes com mais dificuldades que outras, mas faço.

É o que digo, isto dos quilómetros é mesmo uma drog@, das boas!

Boa semana!


* Por falar em Badwater, para ficarmos apenas com uma pequena ideia do que Carlos Sá terá de enfrentar, fica aqui o link para o documentário (sem legendas) de um evento anterior: Badwater 135 - Running on the Sun.

29 comentários:

  1. Olá R.

    vim visitar o teu quintal e mais uma vez saio feliz..:)

    mas se queres mesmo saber, acho que esse namoro vai dar em casamento ehheeh

    ResponderEliminar
  2. Adorei este post! Faria se tivesses ouvido o chamamento… ;) Eu km’dependente me confesso! Estou oficialmente na fase do arrebatamento na minha relação com a Maratona. Mas compreendo perfeitamente a tua posição. Antes de fazer a 1ª meia parecia que toda a gente se estava a preparar para uma meia, mas na altura estava mais interessado em melhorar o meu tempo dos 10km e 21 pareciam algo assustador. Bons treinos! E olha que o GTSA também me parece bastante assustador ;)

    ResponderEliminar
  3. Olá Rute, é isso mesmo...um dia destes, quando menos esperares, aparece uma Maratona qualquer e pronto..o "amor" acontece ...prevejo um namoro de uns 3 ou 4 meses, com muitos altos e um ou outro baixo, que acabará num casamento brilhante que ao mesmo tempo será o inicio de uma nova fase de objectivos ainda mais ambiciosos.
    Eu acho que vai ser mesmo quando vires o pessoal a chegar à meta...eu por acaso não, mas com dois dos meus compinchas mais chegados foi assim mesmo...quando estavam à minha espera (mais de 3 horas coitados) na minha 1ª Maratona, a ver o pessoal a chegar foi quando decidiram que queriam sofrer assim e fazer uma Maratona. Meio ano mais tarde fizeram-na.
    Beijinhos e boas corridas

    P.S. Vai haver mais anúncios nos próximos dias? Eu sei de um...ando a juntar 1+1 aqui pelos blogues do pessoal...até nem é difícil de adivinhar :)

    ResponderEliminar
  4. Jorge: Obrigada pela visita ao meu quintal.:) Calma lá que o namoro ainda nem começou! ;) Mas nunca se sabe... :) Bjs

    Rui: Do GTSA - EU SEI!!! :) Mas pronto, se fosse fácil também não tinha piada... ;)
    Aproveita bem essa fase de arrebatamento e espero que depois tenhas um dia feliz! :) Obrigada, bons treinos!

    Carlos: Não vai ser uma "maratona qualquer", vai ser "A Maratona"... ihih! ;) E na altura, vou saber. :D
    Olha que esperarem menos de 4 horas pela tua primeira Maratona não foi nada mau, não senhor!!

    Beijinhos e boas corridas

    PS: Sei pelo menos de um, e tenho suspeitas de outro! lol :)

    ResponderEliminar
  5. Em primeiro lugar Welcome back aos treinos :D Quando estamos já viciadas é impossivel ficar de lado ao que o vicio nos pede "vaiii correrrr!!" :D
    eheh

    Quando o bichinho da maratona chegar tenho a certeza que vais perceber... eu sou daquelas que acho que devemos esperar pelo momento certo de acontecer! E quando esse momento chegar percebemos logo.. e nesse momento só resta treinar e rumar ao objectivo!!!

    Beijinhos e bons treinos :)

    ResponderEliminar
  6. Olá Rute!

    Fizeste a melhor descrição possível do que é necessário para entrar numa Maratona.
    Uma Maratona não pode ser encarada como uma prova igual às outras. Tem que se quer muito. A melhor definição é o que escreveste, estar apaixonado.
    Porque na hora do muro, é essa paixão que nos leva a continuar e nunca deixar passar pela cabeça a palavra desistir.
    Quem não esteja apaixonado, desiste nessa altura. E eu conheci alguns atletas que desistiram em Dezembro passado, reconhecendo que encararam a prova como as outras.
    Tem que se querer muito, incondicionalmente.
    E se não estás nesse ponto, nada a fazer.

    Mas... um dia vais ser atacada pelo cupido da Maratona, disso tenho a certeza :)

    Quanto a novos anúncios... também estou à espera. De alguém que ainda ontem disse-me que já esteve mais longe...
    E se tu já sabes, é que já te disse. E se já te disse, é que está mesmo quase... :) (eh eh eh)

    Beijinhos e boas corridas em prazer

    ps - Ah! Estava-me a esquecer. Essa tua preguiça na semana que passou, é mais que justa e merecida. Também quando fiz a Maratona, decidi parar uma semana depois do grande dia. Uma semana após, já estava com a habitual fome de corrida :)

    ResponderEliminar
  7. Olá.
    Só corri 2 vezes durante a semana(total 7 km) e fiz 10 km no sábado. O corpo pediu um pouco de descanso.
    Em relação à Maratona, estou de olho nela. Ainda não sei o que vai dar, mas não há dúvida que me atrai. De vez em quando dou comigo a pensar nela, vou ter de agir :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Piolha: Sim, ainda não é o momento. :) Beijinhos e continuação de bons treinos!

    João: É isso mesmo, o cupido da Maratona ainda não quis nada comigo! ;) Mas acho que já anda a atirar setas para outros lados, já ouvi dizer.... :)
    Às vezes uma pausa faz bem.
    Beijinhos!

    V: 2 treinos durante a semana e 1 ao fds é o meu normal!lol Às vezes mais um durante a semana, se estiver mesmo cheia de pica! ;)
    Se já andas a considerar acho que já sabes no que vai dar né? Não adianta fugir... :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Sabes, eu acho que sou decididamente médica. Tu falas em Maratona e eu penso 'ai e se ela desidrata?' 'e se ela se sente mal?' 'e se ela fica com hiponatrémia' 'e se ela tem alguma lesão' 'e se ela entra em acidose láctica' e toda uma data de 'e ses'.

    (Não é de eu ser careta tá? Prefiro dizer a mim própria que é de ser médica ok?) :P

    De certa forma fico contente por adiares a tua decisão, e percebo perfeitamente o que dizes: se não te sentes preparada, então não é este o momento ;)

    Beijinhos e tem uma boa noite :)

    ResponderEliminar
  10. Excelente decisão. Passo a passo, cimentando o teu auto-conhecimento, chegará depois o momento certo para te decidires pela Maratona.

    A mim o cupido maratoneiro atingiu-me em 2009, mas também fui atingido pelo cupido da Gripe A 15 dias antes da prova, pelo que tive que adiar a participação um ano (fiz em 2010). Desde então nunca mais voltou a atacar (nem a Maratona nem a gripe A), mas quem sabe um dia não faça outra vez... mas não será este ano.

    Bjs e bom regresso aos treinos!

    ResponderEliminar
  11. Joana: :) Adoro essa tua racionalidade, quando me "apaixonar" depois peço-te conselhos para não ter nenhum desgosto no dia M. (aka, acidose láctica). ;) Beijinhos grandes

    Bluesboy: Possa, foi preciso azar! Foi uma seta envenenada. Ao menos não desististe e voltaste no ano seguinte (com saúde).
    Quando menos esperares... ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Ricardo16/7/13

    Parece que o Carlos Alberto se está a safar... às 90 milhas, em primeiro lugar, com um Speedy Gonzalez a fazer-lhe companhia! Go Sá! Go Sá!

    ResponderEliminar
  13. update:
    parece que o speedy gonzalez ficou para trás:)
    O Carlos Sá andou a ler este blog :)
    Sobre tudo o resto: como não fui ao Almonda decidi abanar esta letargia de verão e voltei ao treinos.
    Amnahã ver se volto as corridas matinais.
    Como cenoura andei as ver uns "ténis"...apenas digo que são para apanhar pó, não na prateleira, são vermelhinos mas ainda estou indeciso se o verde, verdinho não ficava melhor e é de uma marca que acho que é francesa :) e mais não digo :)

    ResponderEliminar
  14. Ricardo: O Carlos Alberto não deu hipótese!:) Confesso que ao início nem pensei na possibilidade de vitória, só o facto dele participar já era um grande feito, mas ganda Sá!! Espectáculo.

    jnr: Escolheste uma boa altura para voltares aos treinos, parece que a temperatura vai começar a aumentar outra vez! ;)
    Gostei de saber que vais comprar uns ténis para ganhar pó! Mas, na minha opinião nada tendenciosa, digo-te já que verde é sempre uma melhor opção que vermelho... :)
    Os meus ténis são sempre japoneses, por enquanto estou contente, esse franceses ainda estão fora do alcance da minha carteira! :)
    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  15. Olá
    É para aguentar melhor as temperaturas :)
    pois na minha opiniao pouco tendenciosa o verde ficava melhor, até fazia pandam com o impermeável :)
    E ...vivam os outlets:)

    E...hoje não fui correr mas como ontem me cansei em cima da bicicleta, parado, dei um desconto.

    ResponderEliminar
  16. ...não sei se com o "romantismo" e essas "mariquices" , se alguma vez te vais "amandar" prá Maratona !! :)

    ...é uma prova para "duros" ,não á cá "delicadezas" nem namoros , nem arrufos !!

    ...mas que "menina" :P


    E eu a pensar que eras "tough and solid" , afinal era só "conversa" !! :P

    ...não vou usar o "man-up" :P , nem outros elogios, porque afinal devo ser mesmo muita esquisito !


    Mas sei que tu és inteligente e vais perceber esse chamamento e o teu corpo e cabeça , vão perceber qual é a altura certa para esse desafio !! :D

    Depois do Almonda , achas mesmo que uma Maratona é assim tão uma "ideia disparatada" ???
    ...acho que foi a prova que "não queres ver" e que estás a caminho de conseguir !!

    Ou seja: não te "enganes a ti própria" ;)

    Boa semana e bons treinos

    PS
    desculpa o testamento , mas á coisas que não consigo ler sem "desancar" :D

    bjs
    Ajb

    ResponderEliminar
  17. A: Desculpa lá, mas ou faço uma Maratona com paixão ou não faço! :) Para fazer coisas sem vontade já basta outras obrigações do dia-a-dia.
    E aqui o problema maior nem é a distância, é, de momento, não me apetecer correr muitos kms em estrada! É uma fase, há-de passar.
    Mas visualizo treinos maiores pelo "mato" num futuro próximo. :D
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. ...com "paixão" ???
    ...peço desculpa se o tema é o errado , e cada um encara e "motiva-se" como quer ou pode :)

    ...o meu "ponto" é este (sem querer tirar o "romantismo" e a aparente "analogia" que se faz do correr e do amor , dizia... , o meu ponto é este , a encarar a Maratona , tem que ser como um "Desafio Pessoal" , uma Meta-Pessoal , um escape , uma "superação" do dia á dia !! , ou seja , correr já tu corres, no dia á dia !!

    isto para mim é muito dificil de explicar por palavras escritas , eheheh...


    O que quero dizer é que vais conseguir , mais ano menos ano !! não tenhas a menor duvida :P


    ...o que tambem acho é que se faz um bicho de 7 cabeças a "preparação" de uma maratona , sofresse muito por antecipação, "especialmente mentalmente", ehehehe !!
    ...mas esse é outro tema muito interessante, e não temos tempo, fica para outras alturas :D ...ou não...

    sorry a invasão do teu espaço
    over and out


    desta vez é mesmo assim:

    With your feet on the air and your head on the ground
    Try this trick and spin it, yeahhhhhhhhhhhhhhhh.......... :P


    Run happy and have Fun ;)

    Ajb

    ResponderEliminar
  19. A: Pronto, se tens problemas com essas palavras (ou tema), usa outras! :P Também posso usar terminologia bélica. lol :)
    Desafio pessoal, objectivo, aventura, superação, vai dar ao mesmo... É uma coisa que se quer e luta-se por isso. E de momento não me apetece "ir à luta" (melhor assim?) :)
    E isso da preparação para uma Maratona ser ou não "um bicho de 7 cabeças" já é outra conversa muito extensa para ter por aqui...
    Over and Out :)

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Anda muito stress no ar à conta da maratona. Mas porquê a maratona? Ou Meia Maratona, ou trail de n-km, ou outra coisa qualquer? Cada qual deve fazer exactamente o que entender e no timming que escolher e não o que está na moda ou porque os amigos acham que sim!
    Por isso não há que ter stress e não deixar de ter prazer na corrida, seja ela de que tipo for!
    Bjs e bons treinos (com muita alegria!)
    Paulo
    P.S.-Um dos animadores das Brisas do Liz está sempre a incentivar com a frase "olha a alegria na corrida!" ou qq coisa do género, e acho que é mesmo disso que se trata...

    ResponderEliminar
  21. ehehehe..., nada disso , não tenho "probls" nenhuns com esse tema !!

    aliás , pensando bem , tens razão , e então se "juntares" os dois "temas\termilogolias" , fica uma Mistura Explosiva" de vida e loucura ! ;)


    PS
    não quero a reputação de "arruinada" ;)

    fica um video dos Volbeat , para sair em beleza :P

    Volbeat - Maybellene I Hofteholder

    boa semana e bons treinos (trilhos ??) :)

    Ajb


    ResponderEliminar
  22. Rute,
    Eu também tenho a costela feminina que quer amor e paixão nas coisas. Não importa se é com a casa, com cozinhados, com corridas, mas para conseguirmos retirar o "sabor" das coisas, temos realmente que as querer fazer. Sem essa paixão/amor, conseguimos fazê-las na mesma, mas não é a mesma coisa...
    Vi hoje no jornal a reportagem do Trail de S. Pedro Moel - para o ano vais a esse!
    O Carlos Sá conseguiu a superação e mesmo assim diz que não se sente especial...

    Estou a contar contigo em Óbidos para um cafezinho nervoso antes da prova!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. P: Olá! Ora nem mais! Eu chamo "paixão", mas também pode ser "alegria", é igual. Temos de fazer o que nos dá gozo, amadores (nem atleta gosto de me chamar), e agora sou mais feliz por outros trilhos. Como outros são a treinar para a Maratona. Cada um corre o seu caminho. Beijinhos e bons treinos (e férias, já agora) :)

    A: Só gostas é de destabilizar! ;P Bjs, bons treinos!

    Lulu: É assim que as coisas deveriam ser sempre feitas, embora seja irrealista. Mas ao menos, num hobbie, que seja assim!:)
    Não cheguei a ver essa reportagem, mas já li alguns relatos. Se não tivesse ido ao Almonda teria ido a esse, mas como são os dois "longe", tive de optar.
    O que o Sá fez foi mesmo muito duro, acho que ninguém consegue ter mesmo a noção, e ganhou! Foi um feito especial, mesmo que ele não o sinta assim.
    Temos de combinar uma hora, acho que a prova começa às 21h, tenho de confirmar. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  24. Olha...e uma meia???
    Acabei de me inscrever na meia de São João das Lampas..
    Enfim, tenho que deixar de ler este e outros blogues...é que se falam outra vez no GTSA...

    ResponderEliminar
  25. jnr: Em princípio faço a Meia da Vasco da Gama (ainda não me inscrevi, mas é quase certo). A das Lampas ainda não sei.
    Apesar de andar por aqui uma moleza estival que me tem reduzido a vontade de escrever no blogue, posso fazer um post sobre o GTSA, para te ajudar a decidir.... mas acho que não vai ser preciso. ;)

    ResponderEliminar
  26. Rute, percebo perfeitamente o que dizes. Eu acho que tiramos piada à coisa se não nos sentirmos mesmo entusiasmados com a ideia de correr uma maratona. E pelo menos eu acho que a palavra certa é mesmo "apaixonados". Eu sinto-me apaixonada pela ideia da maratona, pela ideia de vários treinos longos, até pela ideia que alguns treinos correm mal, mas depois há outros que correm muito muito bem.

    Cada um é que deve saber e sentir quando se sente preparado e quando deseja correr uma maratona.

    Eu acho que a partir do momento que queiras, consegues. Porque já mostraste a imensa força e coragem que tens.

    Beijinhos, boas corridas e pedaladas (sim que eu já li o outro artigo em que falas em duatlo ;)...)

    ResponderEliminar
  27. Isa: Obrigada. Que sejas muito feliz nessa "relação" agora, mesmo com os arrufos pelo meio. ;) Beijinhos e continuação de bons treinos!

    ResponderEliminar
  28. Olá menina,

    Eu sei que treinar para uma maratona e ler os relatos de treino que os outros fazem não é a mesma coisa mas posso dizer que o facto de ter lido alguns textos muito bem escritos por gente que já participou em tamanho evento ajudou a ter uma ideia do que me espera.
    Não se consegue por em letras tudo o que sentimos nos treinos, mas isso acho que já sabes pois já fazes boas distâncias e portanto já sentiste um pouco de tudo, agora é só juntar todas as sensações e quando ouvires o chamamento, vai em frente.
    Eu por mim, no inicio achei a ideia um pouco estranha, correr 42 Kms? Aliás, a ideia original nem foi minha só que com o passar dos dias o estranho começou a fazer algum sentido, apesar de ainda hoje achar a ideia um pouco louca mas a sensação de passar um pouco para lá do confortavel atraiu. Por vários motivos é este ano ou dificilmente irei arranjar disponibilidade fisica e mental para enfrentar todo o percurso até ao dia M. Neste momento acho que 3 meses para quem já treina com alguma regularidade é suficiente para percorrer a distancia, pelo menos é o que acham os rapazes da asics e eu espero que eles tenham razão senão vou ficar triste.


    Bons treinos

    ResponderEliminar
  29. Manuel: Se os rapazes da asics dizem é porque deve ser verdade! :)
    Eu acho que é uma coisa que vou gostar de fazer um dia, mas de momento ainda não é para mim. Ainda não me "vejo" a fazê-lo, e visualizar uma coisa é o primeiro passo.
    Quando a Maratona finalmente me chamar, eu respondo! :)

    Continuação de bons treinos, tenho a certeza que irá bem preparado!

    ResponderEliminar