7 de julho de 2013

Trail do Almonda - relato versão (mais ou menos) curta



Com a temperatura que tinha vindo a aumentar nos últimos dias, a menos de 12 horas do evento o já pouco ambicioso objectivo que tinha - tentar terminar abaixo das 5h (isto porque li alguns relatos de anos anteriores em que as pessoas terminaram por volta das 5h00 de prova), alterou para - terminar a prova bem e sem sofrimentos desnecessários ou sintomas desagradáveis.

Claro que isso não foi possível. Terminar uma prova destas sob um sol abrasador (chegou aos 42º) exige muito de nós. Muito sofrimento, muito questionamento.

A todos os que participaram e terminaram hoje esta prova: muitos parabéns! Não sei se vos (nos) elogie se vos (nos) recomende um colete-de-forças. Tendo para esta última. Todos loucos!:)

Foi, como já seria de prever, a prova mais difícil que concluí até hoje. Mas nem os meus medos me prepararam para o que lá encontrei: as subidas duras e longas, as descidas cheias de pedras e dificilmente corríveis, a pouca sombra, o sol a pique, a aragem rara, o ar abrasador.

Não penso repetir. Não pela zona, nem pela distância, nem mesmo pelo D+ já considerável, mas pelo calor. Não tenho espírito de Badwater e custou-me mesmo muito. A não ser que tenhamos um início de Julho 2014 com uns simpáticos 24º (por aí), não sei se voltarei ao Almonda, com pena minha.

Houve várias desistências. Eu própria, por volta do km17, depois do 3º abastecimento, tive uma quebra tão grande que se não fosse a companhia do Vitor, a quem agradeço, não sei se teria continuado.

Concluindo: gostei do desafio da distância, mas não da experiência de ter corrido com 40º à (pouca) sombra.

As matemáticas:

Distância - 30,62km
Tempo - 06:12
Tempo movimento - 05:16 (sim, o empeno foi grande e as paragens nos abastecimentos progressivamente maiores)


Volto depois, com o relato versão longa do meu primeiro Trail do Almonda e recorde de distância.


PS: Sabem quem encontrei por lá também? O meu "adversário" (sem saber) do Raide à Tapada de Mafra! Adivinhem quem "ganhou", nesta disputa imaginária, desta vez? Terá sido a dobradinha? Ou ele vingou-se? Fiquem para ler o resultado (tenho de vos manter em suspense, que vos leve a ler o relato longo, depois de ter revelado já o resultado final). :)

30 comentários:

  1. Rute, muitos parabéns, correr nas condições que estiveram hoje e ainda para mais 30Km de Trail é impressionante.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. MUITOS PARABÉNS RUTE!!!

    No treino com a Isa, várias vezes interrogámo-nos como estaria a correr a vossa prova.

    Fico muito feliz que tenhas terminado.

    Tu e todos são uns HERÓIS!!!

    Muitos beijinhos de parabéns

    ResponderEliminar
  3. João Cravo: Obrigada. Foi mesmo muito difícil (pelo menos para mim), não me meto noutra igual! :) Acho que vi lá o teu amigo que também participou nas Lampas, já no penúltimo abastecimento. Beijinhos

    João Lima: Obrigada. Mas por acaso nem sinto aquela "glória" de ter terminado, apenas um GRANDE alívio por já não ter de correr "nunca mais" lol (só até à próxima, sem 40º...) :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Só tenho a desejar muitos parabéns!!! Pois foi com toda a certeza um enorme esforço essa prova!!! Nem dá para imaginar!!! Mas conseguiste :D
    Fico á espera do relato para saber afinal quem "ganhou"... :D

    Beijinhos grandes e boa recuperação!!! :D

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Rute, foi mesmo muito difícil, também não volto a meter-me noutra :S

    Obrigado pela tua abordagem, fiquei um pouco sem jeito porque realmente estava a olhar para ti e a conhecer a tua cara de algum lado quando tu me perguntas de repente se eu era o Rui.

    para a próxima falamos mais um bocadinho e espero não estar tão enjoado como estava hoje... lol

    Bjs e boa sorte para Óbidos (eu cá vou fazer recuperação física e psicológica do dia de hoje lol) ;)

    ResponderEliminar
  6. Anónimo7/7/13

    A dor passa, e os objectivos superados ficam... Parabéns... os teus relatos tentam-me a olhar com mais atenção para o calendário dos trails...:) FM

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns, Rute! O tempo que fizeste só demonstra a persistência e determinação em concluir a prova.

    Depois da minha corrinhada de ontem, fiquei a admirar ainda mais quem faz trails com regularidade. Os 30 km que fizeste são em muito, superiores a a uma maratona de estrada.

    Bjs e boa recuperação :)

    ResponderEliminar
  8. Foge Rute!!! Foge!!!
    Tenho uns tipos com uma camisa de forças a bater à minha porta. Devem ir para aí agora!!!

    Boa recuperação Campeã.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Piolha: Estou de rastos! :) Acho que nem vou conseguir transmitir bem por palavras o que me custou. Obrigada, beijinhos!

    Rui: Sim, primeiro recuperação física e psicológica, senão nunca mais corríamos depois deste tipo de provas! :)
    Este calor não foi brincadeira, acho que terminámos todos maldispostos! (Ao menos Óbidos vai ser à noite, graças a Deus!;))
    Boa prova para o próximo f-d-s, e até uma próxima corrida por aí. :) Beijinhos

    FM: Neste momento ainda estou focada no que custou. Tenho de descansar para ver a coisa com outros olhos! :) Mas faz um trail! Se não gostares, ao menos fica a experiência. ;) Obrigada!

    Bluesboy: Obrigada. Nunca corri uma Maratona, mas (imagino) são dificuldades diferentes, cada uma com o seu desafio! Vamos a ler esse relato então (espero que não tenhas tido necessidade de usar a faca de mato... :p) Beijinhos

    V: Ahaha! :) Olha, vou ser apanhada, porque agora nem com uma grua me levanto daqui! :) Boa recuperação, beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pela excelente prova! Só o calor que deve estado... Ontem fui dar um corridinha de 31km logo de manhã e foi um autentico braseiro!

    ResponderEliminar
  11. Estás absolutamente de parabéns. Não só pela distância mas principalmente pelas condições adversas :) Beijo

    ResponderEliminar
  12. É preciso ter tomates para correr com uma temperatura tão elevada!! :)

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  13. Rute,
    Estás VIVA!!!!!
    Pensei em ti várias vezes ao dia.
    Pelo menos tens esta experiencia para contar e sabes que não a queres repetir. Lesson learned.

    Em Óbidos não terás o sol a queimar. Pelo menos isso!
    Depois combinamos o tal cafezinho antes para descontraíres :)

    A zona de Torres Novas é mesmo muito seca...mas a organização também não previu estas temperaturas estrondosas e fora do que estamos habituados. O ano passado por estes dias esteve a choviscar e estava (muito) fresquinho.

    Devias ter tirado o dia de amanhã de férias. You deserve it girl!

    Palpita-me que vai ser o relato mais hot de sempre :) Ficamos a aguardar.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Sílvio: Excelente não posso dizer que foi, mas saiu-me do corpinho!!! E correr 31km em estrada com esta brasa também não deve ter sido fácil...

    Sweet: Obrigada. Não foi fácil. Tu é que estiveste bem na praia! ;) Beijinhos

    Ricardo: É preciso é não ter miolos, queres tu dizer... ;) Obrigada!

    Lulu: Estavas na praínha a pensar em como era louca a correr com aquele calor? Tinhas razão! ;)
    Ainda pensei que a organização adiantásse a hora de partida, mas já foi muito em cima.
    Sim, vai ser um relato HOT de certeza! :)
    Beijinhos grandes e até Óbidos!

    ResponderEliminar
  15. Não tenho andado por aqui (muito estudo) mas torci por ti durante o fim-de-semana (pensei montes de vezes que se eu me sentia mal aqui a estudar, como te sentirias tu a correr!).

    Ainda bem que terminaste a prova, e muitos parabéns. Agora vê se tens mais cuidado, que isto não está para brincadeiras (sabes que agora sou médica, tenho de dar sermões às pessoas sobre os perigos do sol!) ;)

    Beijinhos e boa semana :)

    ResponderEliminar
  16. Anónimo7/7/13

    Parabéns Rute. Devido ao calor fazer tamanha distância, mostra de facto a fibra desta menina. E como eu disse no comentário anterior, já se pode denominar Ultra Trailer. Passar uma manhã destas a correr até às 15h mostra tremenda capacidade e espirito de sacrifício. Eu não teria tanta coragem e teria desviado para os 12km. Em Óbidos, por ser de noite e junto ao mar já vai ser mais fresco. Cá ficamos à espera deste relato, para vivermos de perto esta grandiosa experiência.
    Cumprimentos,
    Nuno Duarte

    ResponderEliminar
  17. Parabéns, sei muito bem o que é esse sofrimento . Mas também sei que são essas as boas recordações que ficam. O que é normal tem tendencia a esbater-se na memória, enquanto que essa aventura vai ficar bem gravada.
    Beijos e boa recuperação.

    ResponderEliminar
  18. Grande máquina...muitos parabéns Rute. O que fizeste hoje não é para qualquer um. Fico à espera dos pormenores.
    Beijinhos, descansa e desfruta dessa conquista.

    ResponderEliminar
  19. Joana: E tens toda a razão para esses sermões, que andava por lá muita gente aflita (eu incluída). Era vários copos de água sempre para cima e passado 5 min já tinha secado! Obrigada e bom estudo! Beijinhos grandes

    Nuno: Ainda tenho muito que penar para ser ultra trailer, mas já ficámos a saber que nunca poderei ir competir no Death Valley.. ;)
    Na altura dos 12km ainda não estava assim TANTO calor (zona com mais sombras e mais cedo) e continuei ao engano!;)
    Sim, Óbidos, mesmo que noite abafada, já será mais suportável.
    Obrigada, cumprimentos!

    Sam: Obrigada, não me vou esquecer, é certo, embora pelas piores razões! Pode ser que com o tempo até ache graça... talvez!:) Beijinhos

    Carlos: Obrigada. Foi mesmo difícil, agora o descanso é de ouro! Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Só te digo uma coisa: inscreve-te na maratona de Lisboa e vai fazer companhia a Isa e ao João!
    PARABÉNS"!

    ResponderEliminar
  21. R: bom, não se deve notar mas estou a fazer várias vénias!
    Sou da zona de Torres e se em Lisboa estava como esteve faço ideia lá, pois não é só a temperatura mas tambem o ar mais seco e normalmente as zonas mais inóspitas, menos verde, ainda reflete e realça mais o muito calor.
    Por isso por ti e por todos os que participaram, acabassem ou não, apenas posso ter muito respeito.
    E...preocupação...sei de uma certa instituição ali para os lados da Av. Roma que...:)
    Mas de facto estas temperaturas são de Agosto...
    por exemplo o ano passado se bem me lembro foi um Julho bem mais fresco e assim resta esperar pelo ano que vem, pois o Almonda está na minha agenda futura.
    Boa recuperação e estou à espera do Trail...não, do resumo longo:)

    ResponderEliminar
  22. Muitos parabéns pela "proeza" de correr com aquele calor!
    Lamento que tenhas ficado com uma impressão menos positiva da prova que, no ano passado decorreu com uma temperatura relativamente fresca e agradável, daí ter boa memória da mesma!
    De facto as organizações das provas não conseguem prever estas ondas de calor, todavia quem consegue de algum modo superar um desafio destes, já nada o(a) pode parar!!
    Boa recuperação!

    (livra... ainda bem que este ano não me inscrevi no Almonda! :)

    ResponderEliminar
  23. Outro brinde a ti! Cheers!
    Muitos, muitos parabéns!
    Grande desafio, grande conquista!

    Beijinhos e boa recuperação!

    ResponderEliminar
  24. GRANDE RUTE!

    Eu sabia que tinhas garra para terminar.

    Eu e o João lembrámo-nos de vocês várias vezes e até vos enviámos energia positiva, parece que resultou =)
    Acredito que não tenha sido mesmo nada fácil, mas isso ainda te dá ainda mais mérito, terminar a prova com as condições que estiveram é mesmo de uma extraordinária atleta!

    MUITOS PARABÉNS!

    Beijinhos e boa recuperação.

    ResponderEliminar
  25. Marcelo8/7/13

    Olá "menina", muitos parabéns pelo esforço tremendo que é correr sob estas condições. Começar uma prova de 30 km com 40º é um desafio que muitos maluquinhos se prestam a aventurar, agora terminá-los já só é para os mais audazes e persistentes. Tenho esta prova debaixo de olho há já 2 anos, mas só me irei inscrever quando tiver a certeza que as temperaturas serão adequadas ou seja, de preferência abaixo dos 20º.
    Eu estive na Eco Maratona em Monsanto no dia anterior e apesar de ter sido corrida maioritariamente de noite, o calor era infernal, sentia que não me conseguia hidratar convenientemente apesar de beber água e isotónico de 100 em 100m, por isso imagino o que vocês não terão sofrido com o sol.
    Em relação a Óbidos, apesar de ser em Agosto pode estar frio e não calor como é suposto. Há dois anos ia entrando em hipotermia (se calhar hipotermia é exagerado, o mais correcto será "briol do caraças"), não que estivesse muito frio (uns 12º), mas devido à minha falta de preparação na altura, fui os últimos 7 ou 8 km's a andar, o que fez com que a minha temperatura corporal baixasse bastante e juntamente com o suor acumulado, a chuva miudinha que caía e a falta de roupa adequada (só levei uma t-shirt técnica), ia entrando em hipotermia.
    Já o ano passado o tempo esteve perfeito.

    Mais uma vez parabéns pela prova e boa recuperação

    ResponderEliminar
  26. Jorge: Obrigada. Quanto à Maratona, acho que ainda não será este ano, para mim. Mas conto estar lá para apoiar os companheiros! :)

    jnr: Realmente foi de loucos!:) Se tens o objectivo do Almonda, com a temp. máx. abaixo dos 30º penso que já será suportável, agora assim não recomendo a ninguém! (Claro que há pessoas mais resistentes que outras, mas torna-se desagradável e já nem consegues desfrutar do trail e só queres terminar e pôr fim ao sofrimento!) Por causa disto, vai ser um relato com menos fotos que o habitual... :) Obrigada!

    P: Lá está, a opinião ficou um pouco condicionada pelas condições difíceis que nem me permitiram desfrutar do percurso. Era um misto entre o querer sentar-me à sombra e não me mexer mais e o querer "despachar" para chegar ao fim. Talvez se tivermos um Julho chuvoso ou mais fresco... :) Obrigada, bjs.

    RBR: Obrigada! Beijinhos

    Isa: Olha que desistir me chegou a passar pela cabeça, porque já andar era um esforço, quanto mais correr! Altas temperaturas não é para mim... :) Beijinhos e obrigada!

    Marcelo: Obrigada. Este tipo de provas, no verão, ficam oficialmente de fora para mim! Sobretudo em f-d-s abrasadores como este. Não foi agradável.
    Quanto a Óbidos, acho que consigo lidar melhor com frio, mesmo assim. Só o facto de ser à noite já me vai deixar tão feliz! :) Se fosse de dia agora ia reconsiderar...
    Esperemos que este ano também esteja perfeito. :)

    ResponderEliminar
  27. "Esos locos que corren" !! (e andam) ;)

    ...muitos parabéns !
    ...seja o que sintas agora , estes 30K , já ninguem tos tira !

    ...nas condições que foram , só mostra a tua fibra, a tua raça e personalidade !

    ..."desistir" , quantas vezes me passou pela cabeça !! ...interrogações , duvidas...

    Mas sim , ganhamos !!

    És uma louca que corre (e anda) ;)


    Deixa passar as "dores" , deixa o empeno "suavizar" deixa as dificuldades se desvanecerem na mente , e daqui a uns dias , queres lá ir outra vez !!

    40º ??
    D+ de 1200mtrs ???

    ...e agora ?? desafios completamente loucos já tu sabes que superas !!


    Tambem eu o disse ontem muitas vezes a mim proprio "Nunca Mais !!!" , sozinho lá em cima na serra á torreira do sol !!!


    ...mas hoje..................????? :P




    PS
    e dou por encerrada por aqui a minha "faceta" de "motivador"!!

    ...acho que agora até tens de mais !! (motivação) , ou seja lá o que te faz correr ! :)

    Não pode ser só "loucura" !! ou pode ?? :D


    Parabéns e o meu obrigado (do gajo "esquisito", ou estranho, ou lá o que eu era !! :)

    Respect

    ResponderEliminar
  28. A: Locos que corren (na primeira parte da prova) e andan (na segunda parte). Ao menos não sentan (senão já não me levantava!) ;)
    Hoje já eras capaz de te meter noutra igual??! Depois diz que não és "esquisito" (ou estranho) ou lá o que era... :P
    Claro que continuo, e muito, motivada para continuar a participar neste tipo de provas, mas dispenso o toque sahariano extra... :)
    Respect

    ResponderEliminar
  29. Olá menina,
    Realmente é verdade que de são e de louco todos temos um pouco. Eu fiz 22,5kms mais ou menos a direito, ás 0700 e já foi complicado, nem imagino o que deves ter passado por lá, costumo passar férias lá perto e sei bem o difícil que é suportar o calor, mesmo com temperaturas bem mais baixas.
    Parabéns por toda a tua força.

    Olha que fazer 42kms á beira mar deve ser bem mais fácil.

    Boa recuperação.
    Manuel Nunes

    ResponderEliminar
  30. Manuel: Obrigada. A parte do calor quase que foi uma prova extra a ser superada. Mesmo muito complicado. É pena na maratona não podermos ficar a confraternizar nos abastecimentos, se não faria uma em breve. ;) Mas também não seria fácil, como o calor que estava, fazer 42km em alcatrão, mesmo que com a brisa do mar.
    Bons treinos!

    ResponderEliminar