11 de setembro de 2013

Corrida da Festa do Avante

Nunca fui à Festa do Avante. Nem com cartazes tentadores, nem na rebeldia da juventude, nem quando os meus amigos foram e se juntaram à dezena numa tenda familiar de dois quartos. É daquelas coisas: é aqui perto e uma pessoa pensa sempre que tem tempo. Dei prioridade a outras festividades noutros locais do país e descurei a vizinhança. Típico.
No entanto, apesar de ainda não ter sido este ano que vinguei esta minha falha, pelo menos fui participar na Festa da Corrida, que é sempre animação garantida. Se não durante o decorrer da prova, pelo menos quando cruzamos a meta ficamos felizes de certeza.

Nesta prova fui feliz o tempo todo, com breves momentos de pânico nas últimas centenas de metros, mas estou a adiantar-me.

Domingo. 8h15.
- Estou à porta da casa dos meus pais. Levava estudado o percurso até ao local onde se realiza a Festa do Avante, coisa que gosto sempre de fazer quando não conheço bem a zona e GPS é coisa que não habita no meu carro. Conto os meus planos ao meu pai e ele responde-me: "Não é nada por aí, isso vais dar uma grande volta. Eu é que sei, porque já participei na Corrida da Festa do Avante há 364 anos e lembro-me bem do caminho. Vamos por onde eu digo."

Domingo. 9h10 (-> quase uma hora depois, para os mais distraídos).
- Estamos, FINALMENTE, a estacionar junto ao local da prova, depois de andarmos perdidos sabe-se lá por onde porque parece que afinal em 364 anos as estradas e caminhos mudam um bocado. Não é a nossa memória que se confunde, são as estradas! Mais uma vez: homens e direcções.... :)

Bom, tendo em conta que a prova iniciava às 09h30, foi uma corridinha para um xixi e para ir levantar os dorsais, só para nos apercebermos que tínhamos deixado os alfinetes no carro. Não faz mal, agora também não há tempo para andar a pedir nenhum, corremos com os dorsais na mão.

Mesmo a tempo de o relógio apanhar satélites, a partida é dada.

O meu objectivo para esta prova era apenas o de manter o ritmo/km sempre abaixo dos 6 minutos. Tendo uma distância de 11km, ainda não era a prova em que iria bater o RP dos 10km, pelo menos "oficialmente", para além do pormenor já aqui referido de não andar propriamente a desenvolver a minha velocidade nos últimos tempos...
E estava a ver que este ia ser um objectivo furado logo no primeiro quilómetro, porque comecei muito cá para trás e a concentração de atletas era tanta que estava a ser complicada a progressão. Com cerca de 600 metros de prova lá encontrei uma aberta e consegui recuperar. Mesmo a tempo. 5.57min/km. Ufa!

Até cerca do km5 andei pelos 5 e muitos. Era um ritmo confortável para mim e, com o meu pai sem treinar ultimamente e com a dor recorrente no joelho, também não dava para mais. Mas estava satisfeita comigo mesma, por sentir que poderia acelerar, se quisesse. Na verdade, sentia-me mesmo bem!

É então que aos 5km o meu pai me diz que terá de abrandar. Fiquei preocupada que fosse do joelho, mas era apenas a falta de treino a acusar-se. Inconscientemente, acelerei um bocado, na esperança de chegarmos mais depressa ao abastecimento e ele se recompor um bocadinho, mas mesmo depois de beber água, mandou-me seguir. Ainda hesitei, mas pensando que esta minha maré de bem-estar fosse de pouca dura e ele talvez me apanhasse mais tarde, continuei. Decidi não olhar mais para o relógio e correr conforme me sentisse. E, como já tinha dito, naquele dia tinha o anjinho da corrida comigo e sentia-me bem.

Não fazia ideia da minha velocidade, mas fui sempre passando pessoas. Houve dois rapazes que deram mais luta. Estavam a correr juntos, lado a lado, mas cada um na sua ponta da estrada. Eu consegui alcançá-los e ia ultrapassá-los pelo meio quando senti que começam a acelerar. Deixei-me ficar para trás, que eu só queria ganhar-me a mim. :) Passado um bocado estou a alcançá-los outra vez e quando vou a ultrapassar aceleram novamente. Mau! Pensei: "Agora também não passo, mas hão-de levar comigo aqui atrás a fazer pressão!" (Uhhh, sou má!;) ). Lancei-lhes um laço mental à cintura e é assim que nos próximos quilómetros, até perto do km 10, iremos ali, qual três da corrida airada, eles à frente, eu dois a cinco metros mais atrás.

Com a aproximação do km10 olhei para o relógio e achei que, caramba, estava tão perto, havia de passar nessa marca abaixo dos 57 minutos. Os meus dois companheiros da corrida airada não deviam ter o mesmo objectivo, porque me deixaram finalmente seguir. À minha frente, um senhor pede palmas a meia-dúzia de pessoas que estavam a assistir à beira da estrada. Ouve palmas, mas também ouve uma mulher responder "para a próxima tragam trocos para as palminhas". ??! Esta confesso que ainda não tinha ouvido!

Mas bom, estava mais concentrada no meu objectivo do que na inflação do preço do apoio, e a verdade é que lá consegui. Foi rés vés Campo de Ourique, mas consegui! O meu segundo melhor tempo "não-oficial" dos 10km. Depois, certamente levada em asas pelo anjinho da corrida que me acompanhou nesse dia, ainda não me sentia cansada! Resolvi continuar a puxar pelo ritmo.

É agora que se segue o breve momento de pânico.

Avistei uma pequena subida seguida de uma curva, onde se concentrava muita gente de ambos os lados. Pensei que a meta já não deveria estar longe e então, armada em velocista, larguei num "sprint" subida acima, passando algumas pessoas, sendo depois recompensada com uma bela descida para alargar a passada até cruzar, pensava eu, a meta. Vou ali tipo atleta dos 300 metros quando, após a descida: CADÊ A META? Pois é, parece que ainda faltavam uns bons 600 metros e eu ali a queimar os últimos cartuchos...

...Grande ups!

Por momentos temi rebentar e ter de andar tão perto do fim por causa da minha estupidez. Tive de ter uma conversa motivadora-agressiva comigo própria, do género: "Rapariga, tu não me pares! Isto é tudo psicológico, se aguentaste mais de 10 quilómetros maravilhosos agora consegues mais 600 metros. Mantém os olhos na meta e põe um pé à frente do outro. Mantém o ritmo, não pares!!". Como me senti motivada-intimidada pela minha própria conversa, continuei, mas não foi fácil.

É a única mancha numa corrida, de outra forma, perfeita. Sempre ritmo bom, controlado, a achar que podia dar mais, para depois alucinar com a meta e quase quebrar devido a sprint precoce. De qualquer forma, aguentei-me (à bronca) e concluí sem abrandar (muito).

1:02:44, no meu Garmin.


Desta vez, com as pressas, nem tirei foto nenhuma. Grande falha de bloguer.

O meu pai chegou pouco depois de mim, o que significa que conseguiu recuperar, felizmente.

Sendo este um evento gratuito, de agradecer o papel da organização, que não falhou com o abastecimento nem com o apoio e policiamento ao longo do percurso. Apenas houve algum engarrafamento após a meta, na fila para as t-shirts, mas essa não é uma situação ímpar e, para além de ser um espaço amplo, também não estava calor.

Uma t-shirt e um diploma de participação depois (que nos permite entrar posteriormente no recinto), saí com a certeza de querer voltar a esta Festa da Corrida, onde me senti sempre tão bem. Agora que já sei onde é a meta... ;)

27 comentários:

  1. Parabéns pelo tempo e record aos 10K :D Estás em forma!!

    Aquele precalço aos 600m foi apenas um teste psicológico eheheheh :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É engraçado, eu penso muitas vezes nisso e porque vou lendo relatos de provas em que as distâncias sofrem "ligeiros" ajustamentos, geralmente sempre para mais.
    Na corrida do Autódromo também acelerei nos últimos 3km, segundo o meu relógio. Mas sempre com o receio de "e se afinal depois destes três ainda tenho mais uns metros ou até mesmo mais 1km?" Ups...
    Esta é a minha faceta de "mariquinhas" a falar, mas a verdade é que estou motivada para, nesta época, virar corajosa e destemida!
    Beijinhos e bons treinos

    ResponderEliminar
  3. Bela prova Rute. E parabéns pelo segundo melhor tempo nos 10km. Ainda bem que o sprint (quase) final, não te retirou o fôlego todo. Estavas já com o depósito na reserva mas ainda deu para mais uns metros. :)
    Beijinhos e boas corridas.

    ResponderEliminar
  4. Bom, agora no domingo já sei que lebre procurar :).
    O pior vai ser acompanhar, mas apenas à carga intensa de treinos que ando a manter (NOT).
    Em Junho aconteceu-me algo parecido, mas desta sem desculpa de não saber onde estou, entro quase em Sprint (para mim...) na Praça da Figueira mas a meta era no Rossio...opah, são para ai400m mas entre o esforço para ficar abaixo dos 59 mim e não ser ultrapassado por 2 miúdas...(e sim, fui Cavalheiro e deixei -as ficar à minha frente...).
    Mas é tão bom quando uma corrida nos corre bem, não é?

    ResponderEliminar
  5. Piolha: Não foi recorde, mas foi quase. Mais importante é que me senti sempre bem (excepto essas últimas centenas de metros). :)
    Beijinhos e boa estreia nos 10km!

    RBR: Acho que às vezes somos nós próprios que nos limitamos um pouco. Mas se fizeres como disseste, puxar sempre um bocadinho no final dos treinos, vais evoluir! Beijinhos

    Tigas: Nem me digas nada, foi um choque mental (e físico) difícil de superar!:) Futuramente guardo os "sprints" só para quando tiver a meta ali mesmo à vista. ;) Obrigada, beijinhos

    jnr: É muito bom!:) Deviam ser todas assim. Com a minha sorte, este domingo já vou sentir mais dificuldades (teoria do prova sim, prova não...). :)
    Foi na prova de Santo António? Aquela volta final à Praça do Rossio custa um bocadinho, sim. Ainda bem que foste "cavalheiro"... ;)

    ResponderEliminar
  6. Bela prova hein..descontraída...parabéns!!! Pois, o que te aconteceu no fim tb já me aconteceu...no longínquo ano de 2010, na S.Silvestre do Porto vinha eu picado com uma pikena, dando o máximo pensando que a prova terminava em frente à camara do Porto...e acabava mesmo, só que antes tínhamos que dar mais uma volta à Av. dos Aliados...só não chorei por vergonha e perdi o duelo com a pikena por larga margem :)
    Beijinhos e boa Corrida do Tejo ... novo PB em vista (isto se não tiver mais uns pozinhos no final)

    ResponderEliminar
  7. Carlos: Ahah, é o que faz o orgulho masculino. :P Mas é mesmo mau. Eu também não andei por vergonha... :)
    Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Que tempo do catano! Parabéns. Domingo vou ter cuidado, que ainda me vens a prova toda a morder as sapatilhas (eu tenho família no norte, há que usar este termo mais vezes).

    Bjs e boa recuperação :)

    ResponderEliminar
  9. Vergonha!!!Não, brio de corredora/corredor!
    Foi na ultima corrida do Bes running, uma verdadeira seca e apenas se aproveitou por ser o meu actual PB.
    Ainda bem que a meteorologia já mudou para sol no fim de semana.
    Bons treinos e corridas

    ResponderEliminar
  10. Grande corrida Rute! Parabéns!
    E correr com o pai...espectáculo!

    Arga está quase aí :)
    Força!
    Beijinhos e até domingo!

    ResponderEliminar
  11. Bluesboy: Ah! A única maneira de te conseguir apanhar era se tirasses a prova para fazer um treino levezinho (sendo que eu iria em esforço). ;)
    Bjs

    jnr: Olha que não sei se sol é melhor... Por mim estaria um belo e ameno dia enevoado! :) Boa corrida!

    Isa: Não me deixes nervosa com Arga e os seus 2000 D+... :)e :S!!
    Agora tenho de ver outra corrida para fazer com o meu Pai, para lhe dar oportunidade de desforra. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Excelente prova! Parabéns :)

    E, ha ha ha, derrotaste os dois! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Derivado dos meus 3kg a mais, é isso mesmo que estou a pensar fazer. Ou seja, bater o PB dos 10km, só em Outubro. :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  14. ...bela marca , parabens :)

    Já vi que esta prova é boa para o "picanço" ! :D

    ...tambem tive um "arrufo" com uma menina/senhora , era muito competitiva , e tinha uma passada forte e regular , mas já me tava a fazer cocegas com a mania de "ganhar-a-corda" e depois nas ultrapassagens a outros concorrentes "empurrar-me" para eles :) , diverti-me muito , o percurso é engraçado (apesar dos retornos me deixarem um bocado agastado) , mas a zona é engraçada e como é festa , é festa ! :D

    ...a primeira vez que lá foi tambem me enganei nessa zona com a meta, eu pensei que era mesmo na zona do "estádio", a seguir á curva que sobe e depois desce :D , tava lá um monte de gente aos gritos e aplaudir e até quase que parei :) ..., acho que já é tradição da primeira vez nesta prova essa confusão ;)

    ...e RPs , são para ser batidos , sejam "oficialmente" ou não !! ;)


    parabens mais uma vez

    bons treinos e boas provas , muita força

    AjB

    ResponderEliminar
  15. Olha lá....e a unha como anda? :D

    ResponderEliminar
  16. Parabéns Rute, muito bom tempo! Estás em forma e no domingo ainda fazes melhor. Também já me aconteceu falhar cálculos no final de uma prova "mas onde raio está a meta?" :)
    Nunca fui ao Avante, mas de certeza que tem muitos motivos de interesse. E tem a corrida. Tenho que reparar essa falha.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Tive que me rir com essa parte final!
    Eu conheço aquilo muito bem pois já fiz a prova muitas vezes.
    Pois se deres o "gás" todo ali vai parecer-te que falta uma eternidade para a meta!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  18. Gostei do relato: Para o ano tenho que lá ir :)

    ResponderEliminar
  19. João: Se calhar também tinham ido às Lampas no dia anterior e estavam cansados... :) Obrigada, beijinhos

    Bluesboy: Mas olha que te saíste muito bem lá no Estoril. Foi inspiração do local? :) Bjs

    A: Foi exactamente nesse sítio! Aquilo engana bem. :) Porque é que se concentra tudo ali??! Parece que fazem de propósito...:D Aquelas últimas centenas de metros custaram-me pela prova toda. lol
    Parabéns para ti também! Bjs

    Carlos: Não me larga nem por nada, somos unha e carne. ;)

    V: Muita gente fez a dobradinha, indo às Lampas e a esta. Para o ano, que já és maratonista, podes fazer o mesmo também. :P
    Agora estou com receio da teoria prova-boa, prova-má... Para além de que deve ser uma confusão muito maior na do Tejo. Vamos lá ver, sem pressão!! :)
    Obrigada, beijinhos.

    Jorge: E pareceu mesmo!:) Parece que já houve mais gente que se deixou enganar ali, onde se concentra a multidão!
    Beijinhos

    Zémi: Obrigada. Vale a pena, é pertinho e não custa, literalmente, nada. :)

    ResponderEliminar
  20. Foi um misto de pouco trânsito no início, companhia de um colega de equipa e percurso acessível. Na do Tejo, para quem parte do pelotão, é difícil evitar a multidão nos primeiros três quilómetros. Estar a fazer a segunda metade da prova À maluca para compensar o tempo perdido não me parece possível nesta altura do campeonato :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Olá, novamente.
    Ainda em relação a esta questão dos RP e da quantidade de gente muy lenta que se cola à frente nas partidas: eu como tartaruga e apenas agora tenho uma prova abaixo dos 60 min que nem me lembrei disso na inscrição mas atletas do vosso gabarito, leveza e rapidez não fazem prova do vosso tempo aos aos 10k e assim partirem mais à frente?
    Eu a seguir a ficar podre de rico é o meu maior desejo ;)
    Já agora, vou para lá às 5 da manhã para ficar agarrado às grades, por isso vão ter que passar por mim:)
    E dizem que vai estar calor, como pediste, R.

    ResponderEliminar
  22. jnr: Olha, nem me lembrei disso... Como a inscrição foi oferta e nem perguntaram, não sei como vai ser. Mas segundo opiniões de quem é repetente da prova, não sei se esta será a melhor para bater o RP, devido à quantidade de gente... Assim sendo, acho que vou apenas dar o meu melhor, sem me matar toda :) e depois volto para Algés a correr também e fica o treino longo feito (que bem preciso, diga-se...)
    E agora que disseste que vai estar calor ainda mais me ajudas! :)

    ResponderEliminar
  23. Parabéns pelo excelente resultado.

    Aquele precalço fez-me lembrar uns quantos que já tive como na S. Silvestre da Amadora que a 300 mts da meta, indo eu sozinho e bastante atrasado, segui em frente e não voltei para trás, e só 800 mts à frente quando vi os carros a passarem por mim é que me apercebi que estava enganado.

    Consegui a fabulosa proeza de cortar a meta depois do carro vassoura.

    Fernando Varela

    ResponderEliminar
  24. Volto para Algés...pois...
    A previsão é, hoje..., de 25•C.
    Razoável, pois de manhã ainda deve estar um pouco menos.
    Como disse, sou uma tartaruga e ainda assim sou obrigado a passar muitos logo ao inicio por isso e realmente não me parece de feição para grandes RP.
    Já para mim, como o meu é alto e estou num pico de forma (NOT) vou lá para a diversão a sério, como sempre.
    Se não nos virmos até ou lá, boa prova e bom treino longo.

    ResponderEliminar
  25. Fernando: Isso é que era ir embalado! Ao menos fica uma história para contar. :) Boas corridas!

    jnr: Sim, até parece que o meu RP aos 10km é uma loucura... :P Mas como ir sempre a cruzar pessoas desde o início é coisa para me enervar um bocado, se calhar é melhor não ter expectativas.
    A parte do "ver" (apesar de ainda serem milhares de pessoas) não é tão problemática como a do "(re)conhecer", pelo menos da minha parte! :) Boa prova!

    ResponderEliminar
  26. Não te vi... :(
    Óptima prova, gostei de ler. E também gosto muito desta prova e não é só por ser gratuita. Gosto e pronto. ;)

    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  27. Pedro: Olha, eu nem vi ninguém! E parece que ainda foram umas quantas pessoas conhecidas.
    Também fiquei fã (e para ti é quase no teu quintal)! :)
    Beijos

    ResponderEliminar