14 de outubro de 2013

Aventultra

Claro que não seria eu se, depois do pré anúncio do ano Ultra, não dedicasse umas quantas, muitas vá, palavras ao assunto. É do coração, aqui vai.


Não sei exactamente quando se deu o "clique", aquela altura em que os quilómetros, em vez de me assustarem, começaram a fascinar-me. Aquela altura em que achamos que, mesmo medíocres (e não utilizo esta palavra no sentido pejorativo, apenas como constatação de que não é preciso grandes resultados para sonharmos grande também), conseguimos concretizar feitos que apenas admiravamos de longe, nos outros. Mas é um facto que o clique deu-se.

Quando comecei a treinar para a minha primeira prova de 10km, corria há cerca de mês e meio, de forma inconsistente (treinos de 4 ou 5km), quando resolvi participar numa prova local de 6km. Era em Novembro, a minha estreia na dezena estava marcada para finais de Dezembro, e achava que estava na hora de testar a forma "em campo". Acho que já falei disso aqui, mas essa prova acabou por ser horrível. É verdade que o percurso não era dos mais fáceis para uma estreia, mas quase chorei de frustração a meio, quando tive de andar, e cheguei a considerar dar uma volta de fininho e sair de cena a um quilómetro da meta, por estar tão desiludida comigo própria.

Claro que, depois disto, o meu pensamento foi: "Raios me partam se não faço a prova de 10km, e sem parar!". Pesquisei planos de treino, dediquei-me, persisti mesmo quando não queria e acabei por ter uma espectacular experiência numa noite de São Silvestre, que iria consagrar o meu amor definitivo por este desporto.

A partir daí, a luta estava em baixar a barreira mental da 1 hora. Passadas umas quantas tentativas consegui fazê-lo, mas a ideia de correr muitos mais quilómetros ainda me ultrapassava. Terminar os 10km já era difícil o suficiente. Comecei a aventurar um quilómetro aqui, um quilómetro ali em treinos, mas uma Meia Maratona era coisa que não estava no meu horizonte próximo. Curiosamente, foi após uma outra má experiência em prova, desta feita de 15km, que disse: "Raios me partam se não hei-de fazer uma Meia Maratona, e sem parar!"... Pelos vistos, utilizava a raiva como impulsionador! De qualquer forma, resultou. Cerca de 9 meses depois dos primeiros 10km, dava à luz a primeira Meia Maratona (peço desculpa pela analogia parideira, mas o número de meses estava a pedi-las). Mais uma vez, outra espectacular estreia, mesmo com nervos e sustos de última hora.

Depois, depois vieram os trails. E rapidamente os trails de 12km, 15km, começaram a parecer pouco. Aliás, neste momento, trails de 20 e tais quilómetros parecem-me pouco. Não é que tenha deixado de ter respeito pela distância, que tenho, e muito. Simplesmente deu-se uma coisa maravilhosa: deixei de ser impulsionada pela raiva, e passei a ser impulsionada pela vontade. Eu sou MESMO muito feliz a correr ali. Eu quero MESMO dedicar mais tempo a isto. Nem as experiências menos boas (cof cof... Almonda cof cof...), me tiraram a confiança e determinação. Nos momentos em que não estava a amaldiçoar as minhas decisões, e até mesmo nesses, eu estava, no fundo, satisfeita por estar ali.


Posto isto, coisas mais concretas (e prementes):

- Já andei a pesquisar planos de treinos específicos para ultratrails. Ao contrário de planos de treinos para a Maratona, que se encontram net fora aos pontapés, treinos para ultras são mais escassos, têm de ser adaptados, mas encontram-se (mais sobre este tema depois). PS: Vou precisar da vossa ajuda/experiência!

- Cada um tem a sua velocidade de progressão (duh). Isso varia muito da genética, da disponibilidade, da dedicação... Nestas coisas, e conhecendo-me bem, tendo sempre para o lado da precaução e prefiro levar o meu tempo. Assim sendo, apesar das tentações :), provas grandes já nos meses mais próximos estão excluídas. Além disso, gosto da "viagem" e quero aproveitá-la ao máximo.

- Da mesma forma, estará exluída uma estreia nos meses de Junho a Agosto, por razões óbvias. Não há necessidade de juntar a dificuldade "calor" a todas as outras. (Cof cof... Almonda cof cof...).

- Tenho ideias, mas ainda não está definitivamente decidida a prova. Claro que conto voltar a participar no Grande Trail Serra d'Arga, desta vez nos 45km, mas não quero esperar por Setembro (e por tão grande D+!) para me iniciar numa ultra distância. O GTSA é uma prova que vale por si só e espero fazê-la já com bagagem (ainda que pequenina) ultra.

- Sejamos práticos: mais que disponibilidade temporal, tem de haver alguma disponibilidade financeira. Este tipo de provas que, na sua maioria, exige deslocações e por vezes estadia, fica cara. Neste momento, a instabilidade laboral que se estava a balançar para os meus lados parece estar a compor-se e apenas por isso é que resolvi tomar esta decisão. Terei de sacrificar o número de provas pela qualidade (que, neste caso, se mede em quilómetros, entre outras coisas), mas tudo bem.


Agora, voltando ao reino menos prático, mas tão bom, dos sonhos. Esta minha decisão tem uma razão de ser, uma razão de fundo. A longo prazo, como vários outros atletas, gostaria um dia de cortar a meta do UTMB (Ultra Trail do Monte Branco, para as amigas que prezo e me apoiam, mas não estão por dentro deste "mundo"). É o expoente máximo para mim e, apesar desse dia ainda estar distante, consigo visualizá-lo. Eu sou daquelas pessoas positivas que acha que quando uma pessoa tem um sonho e consegue visualizar os passos a dar, consegue atingi-lo. E eu sei como lá chegar e sei que um dia vou estar em Chamonix. O primeiro passo foi dado na sexta-feira, quando decidi que 2014 seria o ano da minha primeira ultra. Terei de dar muitos outros, não sei durante quantos anos, mas eu chego lá. Entretanto, é assegurado que esta "viagem" terá vistas lindas.



Para que não restem dúvidas da minha totozice, é assim que me sinto quando penso no que aí vem:


E, numa nota à parte: sim, mal posso esperar pela estreia do The Hobbit 2, em Dezembro.



Estou mesmo entusiasmada, nota-se? :)

42 comentários:

  1. Estás entusiasmada? Eh pá, não reparei! (ih ih ih)

    Muita força Rute, para concretizares todos os teus sonhos.
    Passo a passo, EU ACREDITO que um dia vais a Chamonix! E nesse dia ficarei muito feliz porque sei que é o culminar de todos os sonhos pelos quais lutaste e muito e tanto os tens merecido.

    Beijinhos e muita Ultra-Força!!!

    ResponderEliminar
  2. 168km?! Respect, sister! ;) Fui lá espreitar o site e aquilo parece medonho, mas muito giro ;)

    Também estou mortinha que saia o novo hobbit, gostei tanto do primeiro! Toda a gente dizia que era uma seca e muito parado e não sei quê, mas apesar de ter algumas diferenças em relação ao livro eu gostei bastante (mas pronto, eu sou um bocadinho totó pelo tolkien) :P

    Espero que consigas atingir os teus objectivos para o próximo ano :) Vou estar aqui a torcer :)

    Beijinhos e boa semana! :D

    ResponderEliminar
  3. Ora muito bem...cá estarei para acompanhar as tuas aventuras pelo blogue e quem sabe uma outra in loco. Gosto dessa tua confiança e não tenho dúvidas que mais ano menos ano vamos ao UTMB.
    Uma sugestão para primeira Ultra...."avé César"....é lindíssima, é acessível a nível de custos e não tem muitos desníveis....àhhhhh...e acaba dentro de um rio para uma crioterapia natural.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Muito bem! Gosto muito das tuas decisões. Possivelmente até já percebeste porquê... ;)
    O meu fascínio pelo trail começa a crescer cada vez mais e acho que no futuro podemos trocar "cromos" sobre o assunto.
    2014 será, se tudo correr bem, um ano de grandes desafios, não só para mim, mas sobretudo para o sócio cá de casa. E quando se é uma família não há nenhuma conquista que não seja partilhada, pois essa é a chave do sucesso e da vitória!
    Daqui do meu lado conta com toda a força e apoio e se precisares de algo mais... Não hesites.
    Beijinhos e continua a alimentar os teus sonhos! Assim, dessa forma!

    ResponderEliminar
  5. NOTA-SE e eu tou a adrar o teu entusiasmo!!!
    :)

    Quase que contagia uma pessoa!!

    Á quem ame a Maratona, mas tu amas trail's!! Ups... vais passar a amar Ultras :D eheehh

    Estou aqui a dar toda a força do mundo!! Tenho a certeza que vais concretizar todos esses sonhos, levem o tempo que levarem, eu um dia ainda vou estar agarrada ao portátil só para te ver passar na meta do UTMB!!! :)

    Beijinhos grandes e força!!!!!

    ResponderEliminar
  6. João: Obrigada pela força. Querer (e visualizar) é poder! ihih ;) Beijinhos e força para os teus objectivos também!

    Joana: Medonho mas lindo, né? :) Claro que ainda é distante, 168km e em MONTANHA é de loucos. Hoje. Um dia vai estar ao virar da esquina. ;) Beijinhos grandes
    PS: Eu fui das que achou a adaptação d'O Hobbit um pouco parada, mas gostei na mesma. :)

    Carlos: Gostei muito da ideia de terminar a minha primeira ultra prova a banhar-me num rio! :) Crioterapia natural, sim senhor, vou pensar nisso!
    Ainda nos havemos de encontrar rumo ao UTMB (tu primeiro, eu uns anos depois ;) ) e conto com a tua experiência ainda fresca para umas dicas.
    Beijinhos e obrigada.

    RBR: Obrigada, podemos trocar cromos em breve! :) Realmente, tendo a sorte de ter alguém ao lado com quem partilhar as experiências, tudo se torna mais fácil e melhor. Força para vocês também! Beijinhos

    Piolha: Ahah! :) Obrigada. Um dia também espero que me possas ver no UTMB! :p Eu posso ver-te a terminar um Ironman! :) Força! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Rute,
    Estás entusiasmada e eu gosto de te ver entusiasmada!

    Muitas vezes precisamos de descobrir aquilo que realmente no faz feliz e abdicar um bocadinho do que não nos deixa tão satisfeitas.

    UTMB...por acaso já conhecia essa prova (mas só por acaso, porque faço parte das que não está tão familiarizada com a terminologia das corridas). Acho que é um grande objectivo, mas é um objectivo concretizável.
    Sei que vais começar de uma forma segura e gradual...2014 vai ser um ano em grande!

    Espero que os teus colegas com mais experiência te possam ir guiando e dando dicas. Eu só te posso dar o apoio moral :)

    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  8. Já pensaste em mudar o nome do blog?! Agora que estás quase uma pro, podias pensar em "Corre como uma Vencedora" ou "Corre como uma RosaMota"... just thinking :)

    ResponderEliminar
  9. Lulu: Sim, aventura mas com algum juizo! :) Não quero lesionar-me nem passar por sofrimentos desnecessários.
    O apoio moral também é muito importante! Beijinhos grandes

    Sweet: Se fossemos por aí, também já não sou propriamente uma "menina"... ;) Mas estou longe de ser pró! Gosto é de sonhar como uma. :) Beijos

    ResponderEliminar
  10. Uma coisa temos em comum: as estreias dão sempre chatice. Para mim foi nos 10K, com a mesma frustração que tu, nos 21k, com uma tendinite, e na maratona, com o aparelho digestivo a tramar-me. Mas sempre se seguiram muitas e boas corridas!

    Não tenho dúvidas de que vais conseguires o que queres. E só por um motivo: porque é o que REALMENTE queres!

    Força nisso e cá estaremos para acompanhar e apoiar. :)

    ResponderEliminar
  11. Ricardo: Conta essas provas como "ensaio geral" antes da épica estreia! ;) O que se quer tem muita força, né? Obrigada! :)

    ResponderEliminar
  12. Estou a congeminar um "ultra" desafio nos próximos meses... A preparação está no forno, depois podemos juntar forças que o "bolo" ficar maior. :)

    ResponderEliminar
  13. Trails, lama, pés de hobitt...queres partilhar alguma coisa?? Sabemos que apesar dos teus esforços POR ENQUANTO ainda tens as unhas todas mas...
    Agora a parte séria: sonhos...
    .UTMB
    .GTSA
    .ABUTRES
    .BC Bike Race
    .Douro Bike Race
    .Ronda
    e há mais umas quantas mas...
    É obvio que não vou conseguir ir a todas, até porque implica outra disponibilidade, professional, familiar, financeira...
    Mas o sonho comanda mas concretizar os sonhos exige normalmente trabalho e compromisso e o melhor é começar a fazer o necessário para um dia, um dia estarmos onde queremos.
    Acredita que tem sido muito interesante e até uma inspiração / motivação vir aqui a este cantinho ler as tuas aventuras e desventuras por estas estradas e estradões.
    Resumindo:
    Não sei se será em 2014 que vou fazer uma Ultra, mas quero fazer o GTSA :)
    PS: É dos comentários mais confusos que já fiz...mas é tarde, fiz uma de aula de 60 min de spinning e o cansaço está a instalar-se...
    E sim...já me esquecia, já tenho o Almonda 2014 na agenda ;)

    ResponderEliminar
  14. As corridas na floresta , têm outro encanto. especialmente onde não há a mão destrutiva do homem.
    Quem começa, fica "agarrado"
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Marcelo14/10/13

    Com o empenho que tens, de certeza que vais conseguir atingir o teu objectivo, mais difícil vai ser escolher uma prova para a estreia na ultra.
    Como já te tinha sugerido tens os Abutres em finais de Janeiro, é uma prova com um percurso muito técnico e um D+ considerável, mas provavelmente um dos trails mais bonitos e espectaculares do país. A velocidade com que as inscrições esgotam é prova disso.
    Depois tens em Fevereiro o Trail do Sicó (45km) que é consideravelmente mais acessível e muito bem organizado pelo Mundo da Corrida.
    Em Março há os Trilhos do Paleozóico (43km) que no próximo ano já fazem parte do circuito nacional de trail da ATRP. Este ano estiveram lá muitos dos nossos campeões de trail e elogiaram bastante a prova.
    Em Abril tens os Trilhos de Almourol (42km) e o MIUT mas este é um Trail que podes guardar para 2015 quando estiveres a treinar para o UTMB :)
    Finalmente no início de Maio há a Ultra de Sesimbra que provavelmente é a que deve ir mais de encontro com o teu objectivo.
    Depois desta prova, a variável calor acho que tem grandes possibilidades de entrar na equação.
    É claro que além destas provas existem muitas outras, mas o meu conselho vai para umas destas.

    Beijos
    Marcelo

    ResponderEliminar
  16. Marcelo...és grande:).
    Como é que Esqueci o Almourol!!!
    À porta de casa, shame on me!!
    Abril parece-me bem, li uns comentários bastantes simpáticos sobre a prova e ...conheço a zona..mais de bicicleta mas...único senão: em Abril ou está alagado ou calor...

    ResponderEliminar
  17. Eu estou como o Carlos Cardoso.. o ave Cesar da Geira Romana é interessante :) juntar o Geres com 52km de corrida em linha recta.
    E a primeira de 100km.. deve ser Ronda :) Ainda chegas aos 100 primeiro do que eu :)
    Nenhuma força é tão grande quanto o querer .. e tu queres!
    Força com isso!
    ( Este fds tens o UTAX.... )

    ResponderEliminar
  18. Sílvio: Podemos juntar forças, mas tu se calhar já queres uma Ultra à grande e o meu limite de estreia anda ali pelos 50km. Uma "ultra pequenina", portanto! :)

    jnr: Tu tens a certeza que queres ir ao Almonda? Ainda dizes tu que tens lido o que escrevo??! :) Acho muito bem, mas impõe um limite de calor, a sério. Penar com 42º não justifica e tira o gozo todo da coisa.
    De resto, muito bem. Partilho de algum desses sonhos (Ronda 101 já num nível avançado...)
    Quem tem família e filhos acredito que tenha de gerir melhor o tempo e se, pessoas assim mais ocupadas que eu conseguem, também hei-de conseguir! O pior é o outro t€mpo... :/
    GTSA 45KM -> go big or go home! lol :D
    Bjs e boas corridas
    PS: Unhas... pois... o corpo humano tem uma capacidade de regeneração fascinante, e fiquemo-nos por aí... :P

    Sam: E é mesmo! Distraí-me e fiquei "agarrada". :) Beijos

    Marcelo: Obrigada pelas sugestões. Já tinha visto algumas dessas e considerado inclusive Almourol como uma estreia na "Maratona". :) (Não, não era essa a ideia inicial!) ;)
    Provas como o MIUT e a Freita, entre outras, deixo para quando estiver num nível à frente, já a pensar em reunir pontos (e físico) para o UTMB... :) Um passo de cada vez.
    Beijos e, mais uma vez, obrigada!

    ResponderEliminar
  19. jnr: Não arruines a minha visualização de Maratona no Almourol!!! Alagado ou calor... pfff..

    Nainho: UTAX, lá está, é outro nível... (O Trail Serra da Lousã ainda vá) :)
    Vocês que se estrearam na Geira parecem ter gostado... e o facto de ser no Gerês, mas sem desníveis malucos é tentador!
    Bjs para ti e E! (Mais ninguém se quer estrear em ultras para o ano, hmmm?) :)

    ResponderEliminar
  20. Eu da Geira só encontro um defeito.. é muito para correr.. isto é dos 52kmm, devemos correr mais de 40 km..
    Basta ver que eu fiz 52km em 5h40min...
    A E talvez faça os 52km da Geira .. pouco técnico.. e no Geres..
    Eu bem eu... Queria fazer os Abutres vamos ver.. Tenho muito respeito por ultras..

    ResponderEliminar
  21. Ah e para o ano que vem tenho uma ultra de 330km.. lool em 9 ou 10 ou 11 ou 12 ou 13 dias.. ;)
    Famalicao - Santiago de Compostela - Muxia - Finisterra!

    ResponderEliminar
  22. Rute UltraTrail dos Abutres já em Janeiro, manda-te mulher!!! Não adies o inevitável, tu és uma aventureira inata. :P

    Bjs

    ResponderEliminar
  23. Por este texto se vê o quanto tens evoluído, e também o quanto gostas do Trail. Quando se quer muito, consegue-se. Tenho a certeza que vais conseguir atingir os teus objetivos, os teus sonhos.
    "A Rute no UTMB", consigo visualizar de forma muito clara.
    Sim, nota-se que estás "um pouco" entusiasmada :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Gostava de poder ajudar na escolha, mas de Ultras apenas conheço os Trilhos dos Abutres. É uma prova inesquecível, com alguma dureza mas de "apenas" 47km. Já estou inscrito!(tinha jurado não o fazer, depois da tareia do último...eh eh!)
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  25. A zona, embora não tão bonita, para mim, como o Gerês, ou o Minho, (sou alentejano, fico fascinado com árvores e água a brotar nos caminhos :)) é muito bonita e interessante.
    Mas em Abril, num ano normal, é chuvoso e estamos a falar do vale do Zêzere e Tejo..
    A lama é um extra, pés de hobbit, foste tu que colocaste imagem :D.
    O Amonda foi uma provocação...foi...sim, foi isso;)
    Este ano foi atípico, nem sei como correu ao CLAC o Almourol deste ano, com tanta chuva e não é normal estar tanto calor na data do Almonda.
    Vamos a ver, pelos vistos oferta não falta:) vontade também não.

    ResponderEliminar
  26. Nainho: Oh, não faças inbeja com o Caminho de Santiago! lol Finisterra foi o percurso que gostei mais, mas não cheguei a fazer o desvio a Muxia.
    Da Geira: tem o bom e o mau em ser corrível. Mas se a E for já não me sinto tão sozinha entre os gaijos. :)
    Buen camino! (e apressa-te para os Abutres!)

    Rui: lol Não consigo "amandar-me" assim. :) O trail mais curto ainda ia, para treinar... ;) E tu, abutreas? :) As melhoras! Bjs

    V: Ahaha! " A Rute no UTMB" é mesmo um ganda título para um post futuro (se ainda escrever por aqui na altura), não é??! :)
    Tu "amanda-te" também (com calma...) ;) Beijinhos

    P: Também espero vir a escrever "apenas 47km" um dia! :) Dizem, e pelas fotos que vi, é, um Trail bonito. Fica na agenda para o futuro! Beijinhos, boa prova!

    jnr: Ainda não me dedico ao barefoot running, só para avisar... :)
    PS: Não sabia o que era o CLAC, já fiquei a conhecer uma coisa nova hoje.

    ResponderEliminar
  27. Sorry...eu de vez em quando deixo-me ir pelas siglas...nem penso.
    Já era tarde e coiso.
    Sim, apenas 47km parece-me bem:)
    Está quase...é só desligar alguns fusíveis, deixar o de segurança, de resto...

    ResponderEliminar
  28. Não te vou desejar força, coragem, vontade ou ambição. Porque isso tu já tens que chegue. Quero apenas dizer-te que irás atingir todos os teus objetivos, porque tu consegues e tu és capaz.
    Quanto às sugestões para Ultras, tens já aqui muitos comentários de gente entendida na matéria. Eu ia sugirir o de Sesimbra por o ano passado ter feito (grande parte do percurso contigo), "apenas" o de 20km e penso que não seja dos mais duros em termos de desnível.
    Beijinhos e bons trilhos.

    ResponderEliminar
  29. jnr: Embora haja vontade, se parar para pensar não estou treinada para aventuras já em janeiro. É uma verdade que ainda não comecei a testar-me, logo vejo como corre. Security On. :)

    Tigas: Obrigada. O de Sesimbra é uma grande hipótese, por ser perto e já conhecer parte do percurso. Preferia é que não estivesse tanto sol como a ano passado! Tu, 2014, Maratona? :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  30. Se calhar alinho mais depressa nos 50km de Sesimbra do que na Maratona.
    A Maratona é uma coisa que não vou pensar muito agora. Em Maio será altura de tomar essa decisão.

    ResponderEliminar
  31. Ningúem duvida que chegas lá =)
    Tens a energia e a força de vontade necessárias.
    Uma excelente aventura é com certeza o que te espera :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Olá R.

    não me surpreendeste!! para pessoas como tu é a ordem natural das coisas.

    foi simplesmente fantástica a tua evolução, recordo-me dos tempos de duvidas e apreensões que hoje fazem parte de um passado não mt distante mas que aprendeste a respeitar.
    Almonda, Grande Trail Serra d'Arga, Trail de Sesimbra reforçaram o teu espirito e tiraram as duvidas que existissem
    Tu és uma Trail-Runner e vais a Chamonix pois quando se quer muito uma coisa consegue-se e tu queres!!

    apoio-te como em apoias-te em Lisboa..1000%

    bjs
    ( sabes que tb sonho com Chamonix?)

    ResponderEliminar
  33. Tigas: Fazes bem. :) Cada coisa a seu tempo. Beijinhos

    Isa: "And the road goes ever, ever on" - outra totozice tolkiana. :P Beijinhos e obrigada pela força

    Jorge: Começando pelo fim: é normal sonhares com Chamonix, quem não quer fazer 168km em montanha? :) Agora mais a sério: é uma loucura saudável, que bem preparada e ponderada é um sonho concretizável que depois deixa grandes memórias. É para isso que vivemos, né? Pelas boas memórias.
    Obrigada pelo apoio, é muito importante contar com pessoas que "entendem"...
    Bjs

    ResponderEliminar
  34. Anónimo16/10/13

    Mas quando? Que coraaagem quem me dera... Talvez um dia! Imensos parabéns! :D (a sério, uau!) - tb fico com um sorriso estupido d cada vez q penso na proxima prova que considero fazer para alem das minhas possibilidades (assim é mais giro!) , mas fico-me por incomparavelmente menos quilometros... Lol
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  35. Anónimo: Quando qual, o UTMB? Ainda não tem data. Dependerá de vários factores. É preciso já muita experiência, para além de termos de adquirir pontos em provas específicas e ainda submetermo-nos a uma lotaria de inscrição. Fácil portanto. :)
    Mas fica já aqui escrito, para não me esquecer do objectivo maior, quando as coisas se tornarem dificeis.
    E tens razão, é mais giro se tentarmos sempre superarmo-nos. Um ou dois degraus de cada vez.
    Podes estar ainda alguns degraus atrás (ou não!), mas também chegas lá, se quiseres.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  36. ...ena ! ...UTMB ???

    ...já vamos em Chamonix e tudo ???

    Sim senhora , tou a gostar de ler... :D


    ...só uma cena !
    ...quando lá tiveres tira uma foto á Rory para mim e diz-lhe que eu sou um grande apreciador das suas...hum ??? ...qualidades de "trailista" , ok ??

    ...já agora diz-lhe se quer vir fazer um treininho á serra de Sintra , eu tento aguentar o ritmo dela ! , ok ?? e depois ainda lhe pago um travesseiro da piriquita !! :D

    Please ???



    obrigado e boa corrida ;)

    ResponderEliminar
  37. A: Sim, já estou em Chamonix, o meu corpo é que ainda vai levar uns aninhos até lá chegar. :)
    Rory: Mas tenho sempre de ser eu a fazer tudo??!! Vai também e convida TU, olha agora! :P
    Mas não tenho dúvidas de que eu e ela ficaremos bff's depois de partilharmos o Monte Branco (quer dizer, o nosso ritmo é praticamente o mesmo, mais minuto menos minuto...) ;)

    ResponderEliminar
  38. Custa menos correr uma Ultra que uma maratona! Sei do que falo pois sou um dos pioneiros da "coisas" em Portugal!
    Pelo menos a mim custou-me muito menos correr 101,650 nas 12 horas de Vila Real de Santo António em 1987 que as minhas (modestas) 4 maratonas onde ia sempre a olhar para o relógio e era dar tudo o que tinha e não tinha!
    Força.

    ResponderEliminar
  39. A minha contribuição para esta conversa:
    http://www.neverstopexploring.com/blog/2013/09/utmb-race-report-rory-bosio.html
    Parece fácil, não parece???

    ResponderEliminar
  40. Jorge: 101km em 12h??! Uau, parabéns! Era em pista?
    Para mim, neste momento, a Maratona de estrada seria sem dúvida mais difícil, teria pouco com que me distrair, que penso ser o que gosto tanto em trails: haver muito para ver. São competições diferentes, com objectivos diferentes (pelo menos a nível amador).
    Obrigada pela força, beijinhos

    jnr: Já tinha lido, mas agradeço na mesma. Gostei do resumo, descontraído, e de se referir ao "mundo mágico", às fadas e gnomos que imagina quando corre em trails à noite -> podia ser eu a escrever isso!! ahah :) BFF's, é o que eu digo... ;)

    ResponderEliminar
  41. Entusiasmada? Ninguém diria ;) Fico a torcer por ti e é claro que vais estar em Chamonix ;)

    ResponderEliminar
  42. Fiona: Eheh, obrigada pela confiança. :)
    Bjs

    ResponderEliminar