9 de janeiro de 2014

Aventultra: ponto da situação

Parece que foi noutra vida que anunciei a minha vontade de fazer um Ultra Trail em 2014, mas, depois de umas semanas no estaleiro, aqui estou, novamente a caminho. A malvada da banda iliotibial, palavrão que desconhecia até a lesão me cair em cima como uma bigorna (pelo menos foi isso que senti), impossibilitou-me de correr sem dores no joelho mais do que dois ou três quilómetros de seguida e testou-me, em grande, a paciência.
Sou capaz de ter tido um bocadinho de culpa. Aparte outras condicionantes que favoreceram o seu aparecimento, em retrospectiva, se calhar não foi boa ideia ter recriado o Momentos de Glória na Corrida TSF Runners, quando os ténis já não estavam em condições e o joelho apresentava já ligeiras queixas. Vivendo e aprendendo.
Preferia desconhecer ainda este palavrão (a ignorância é uma bênção?) mas, já que passei por isso, espero retirar o que trouxe de "bom". A verdade é que, por causa da lesão, tenho agora muitos trabalhos de casa, ou "TPCs", como se dizia na escola, para fazer. Para além dos alongamentos e massagens de que já vos falei, tive, e vou ter, de ter em conta algumas coisas para evitar o reaparecimento desta (e já agora de outras!) lesão.

Um dos primeiros passos foi, exactamente, fazer um novo teste de passada. Já tinha feito uma vez, quando comecei a correr, confesso que mais por curiosidade que outra coisa, mas, desta vez, foi uma análise mais completa.
Primeiro uma avaliação estática do nosso pé, por assim dizer, na qual colocamos os nossos pés sobre uma máquina que nos dá diversas informações. Como curiosidade, fiquei a saber, por exemplo, que o meu pé esquerdo é 3 milímetros mais comprido que o direito. Pode parecer insignificante, mas pode fazer diferença na escolha do tamanho dos ténis (que também é sugerido pela máquina).
Depois, a avaliação em movimento, na qual somos filmados a correr na passadeira, sob o olhar atento do analisador que nos diz para "correr com naturalidade"... Bom, correr sabendo que estão a atentar em cada detalhe da nossa passada já não é um ambiente muito descontraído, mas correr "com naturalidade", numa passadeira... Não sei como é que vocês, frequentadores de ginásio, conseguem. Aquilo é anti-natura e assustador, tenho dito! :)

Confirmou-se o que já sabia, que tenho pronação moderada, com maior incidência na perna direita. No entanto, ténis com controlo de movimento tendem a ser muito robustos e, como não me dou bem com ténis pesadões, discutimos outras opções viáveis. É bom falar com alguém que percebe e que também corre, já que vive as coisas na prática, mas no final das contas há que saber o que resulta connosco. E eu, pelo menos, já sei o que não resulta. Mas o que interessa é que, depois de alguma conversa, saí de lá com indicações para a já muito protelada compra dos novos ténis.

Estes são os meus novos companheiros de asfalto:

 
(Não se preocupem, os meus Trabuco têm conhecimento e a convivência é pacífica. Infelizmente os treinos não podem ser sempre pelos montes).


E, por falar em treinos, como tem sido o regresso?

Ora bem, nos primeiros dias, eu estava toda contente por estar de volta, sem dores, e cheia de boa vontade. Este foi o diálogo entre a minha mente e o meu corpo:
A mente:
- Corpo, vamos a isso, somos uma gazela! Uma gazela elegante e de passada leve e certinha. Em 3, 2, 1... Agora!
E o corpo:
- Naaaa, vamos antes ser um elefante moribundo, com passadas arrastadas, a caminho do cemitério.

E é isto. É assim que tem sido o meu regresso aos treinos.
Embora soubesse que era inevitável alguma perda de resistência, afinal estive várias semanas com treinos muito curtos e escassos, não tinha ainda bem noção da realidade da coisa. Claro que não é como começar a correr de início, os músculos guardam na memória os quilómetros já palmilhados e a confiança do que já percorremos é outra, no entanto, não deixa de ser desmoralizante. Posto isto, estou muito contente por estar de volta, e os treinos, desde o início do ano, apesar de lentinhos, têm sido consistentes e são cada vez menos sofríveis. Passinhos de bebé!

Quando referi que queria correr uma Ultra, tinha em vista o GTSA 2014, claro, mas tinha ideia de me estrear antes, numa prova mais meiguinha em termos de altimetria. Nada contra subir e descer montanhas, até gosto, mas aquela prova é um desafio em si só e queria voltar a Arga com a confiança da distância já conquistada.
O calendário de provas apresentava algumas sugestões para os meses de Abril e Maio, o que na altura achei concretizavel, e até tinha uma ou outra ideia debaixo de olho. No entanto, depois desta paragem, tenho de ter outra abordagem mais calma, para além de já vos ter dito que agora "corro com medo" (estou a tentar superar o trauma, mas só com o tempo).
Portanto, a ideia agora é fazer do mês de Janeiro um "mês base", para, a par de outros reforços, começar a aumentar gradualmente os quilómetros e ver como me acho. No final deste mês faço uma auto-avaliação e vejo se me sinto capaz de seguir sem arriscar chatices.

Não nego que já andei a namorar planos de treino e a tentar encaixar uma ou outra prova de trilhos pelo meio (correr uma prova de trail de vinte e tal quilómetros, ou mais, como treino, sempre quis fazer isso...:)) mas não quero dar um passo maior que a perna, expressão que resulta aqui muito bem. Demore o que demorar, já sabem que gosto tanto do "caminho para" como da chegada.


31 Days of Running Inspiration - Trail Runner Magazine


Assim sendo, mais novidades sobre o assunto no final do mês. Tive de parar para mudar um pneu, mas a viagem segue.
 

28 comentários:

  1. Revelas muita sensatez, Rute! Penso exactamente como tu. Também ando a treinar pouco e também vou fazer deste mês de Janeiro um mês de "arranque" (apesar de ter uma prova que irei fazer descontraidamente).
    De qualquer modo, estás muito a tempo de pensares na tua Ultra. Se for a Arga (e eu espero que sim, pois já sabes da minha 'paixão' por essa prova) estás muito a tempo de te preparares.
    Desejo-te força para concretizares esse(s) objectivos(s)!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Muito importante esses testes de passada! Foi em virtude disso que descobri tudo da esquisitice dos meus pés, o que permitiu descortinar o modelo ideal para a minha estranha passada e ter posto de parte os constantes problemas nos pés que vinha a sentir até essa altura.

    Espero que esses teus novos companheiros te ofereçam muitos e bons quilómetros em prazer de corrida e fico a aguardar pelo final do mês pela avaliação para saber quando temos ultramaratonista :)

    Força Rute! Siga a viagem!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Quando fiz o meu teste da passada no mês de Dezembro saí de lá com a mesma sensação quanto á passadeira... Odiei aquilo!! Suou tão "falso" ... dei graças a poder correr ao ar livre eheh

    Agora é voltar com calma e vais ver que logo logo estás realmente de volta como dantes :)

    Fico a aguardar pelas novidades no final do mês... :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. RBR: Tem de ser... Espero chegar ao fim do mês com boas perspectivas, mas, em último caso, "we'll always have Arga" :), o que não é nada mau. Bom arranque para ti e boa prova! Beijinhos

    João: Engraçado, porque esta análise foi muito mais completa que a outra mas acabou por corroborá-la. Ainda bem! :)
    Obrigada, beijinhos!

    Piolha: Não estou habituada, acho que deve ser uma questão de adaptação, mas não me sentia a correr com normalidade em cima da passadeira. O modo como apoiamos os pés parece ser diferente, não sei... (e quando corri sem os ténis ainda pior).
    Obrigada, beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo9/1/14

    Olá Rute.
    Entras o ano a correr com calma e depois continuas e acabas cheia de força ;)
    Vais ter um Ultra ano de 2014.

    Beijinhos

    Vitor Gonçalves

    ResponderEliminar
  6. Olá Vitor, hoje estás anónimo? :) Espero que tenhas razão! Obrigada, beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Um regresso com prudência, mas com um objectivo maior em mente tem tudo para correr bem.

    Boa recuperação!

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Descobri há pouquinho tempo o teu blog, quando procurava ler alguém que escrevesse bem e partilhasse a minha paixão pela corrida. Eu sou uma novata nestas andanças, e tenho o espírito ainda um bocado na lua por ter descoberto que a corrida me dá tanto prazer, por isso estou mesmo muito contente por ter descoberto o teu blog. Estive a espreitar uns posts mais velhinhos e fiquei entusiasmada por reparar que estou mais ou menos na fase em que começaste a escrever o blog: acabei de correr a minha primeira prova de 10k, no S. Silvestre dos Olivais. E vou-me estrear em breve na Meia-Maratona, em março (ainda não acredito bem).
    Comentário um bocadinho longo mas resumindo desejo-te uma boa recuperação e que continues os posts inspiradores!

    ResponderEliminar
  9. Bluesboy: Quero tanto que sim! (Esta frase faz sentido?) :) Obrigada, beijinhos

    D.S.: Olá! Obrigada por te teres "apresentado". :) Tenho um carinho muito grande pela S.S. dos Olivais. Correu-te bem? Acho que o facto de me ter sentido tão bem nessa primeira prova é que me fez continuar a correr. E sabes uma coisa? Depois de experimentares, ainda vais gostar mais de 1/2s Maratonas do que de provas de 10km. :)
    Obrigada e continuação de boas corridas, bons treinos para Março!

    ResponderEliminar
  10. A São Silvestre não me correu nada bem, para dizer a verdade, mas uma hora depois já estava toda contente a planear a próxima :) . Aquilo tem umas subidas lixadas e os meus treinos tinham sido em terreno relativamente plano... Aprendi a lição e já comecei a variar. Obrigada pela motivação!

    ResponderEliminar
  11. Olá e bem vinda.
    Os "ténis" são tãão Fashion, adoreeei os atacadores;) isso também corre?
    Queres contar qual o modelo? 1000 2?
    Olha, parece que somos gémeos :) o meu pé esquerdo ( grande filme) é neutro e o direito pronador moderado e tem mais uns trocos de tamanho...resumindo, já experimentei sapatilhas para passada neutra mas...haaaaaa, asics gt 10:):) mas as gt 20:):) têm um lugar de destaque destaque o coração dos meus pezinhos e perninhas.
    Adorei o balanço entre rapidez e proteção.
    As mizuno nexus que tenho, tambem para pronadores, até mais agressivos, tambem são interessantes e até mais rápidas e flexíveis mas mais cansativas em distâncias mais longas e o rasto parece menos duradouro...
    Mas nenhumas tão, mas tão...vá giras, isso de sapatilhas para mulheres;)
    Ainda bem que te sentes melhor e que tens noção do que pode ter contribuído para a lesão.
    Muitas vezes é o adicionar de vários factores mas alguns podem e devem ser por nos controlados: quando achares que a vossa relação está a ficar desgastada é porque está na altura de darem um tempo e sim, deves usar falinhas mansas, não vale a pena ferir os sentimentos delas ( sapatilhas) mas é pior se contribuírem para uma lesão.
    Não percebi porque depois de uma lesão não voltaste a correr qual gazela.
    Já eu, depois de um Dezembro em que não mexi palha, por solidariedade para contigo quem mais por aí infelizmente ande assim...incorporei mais algum peso, corro literalmente como um elefante saltita num Lago Japonês, de nenufar em nenufar:)
    Os regressos tem que ser progressivos para o corpo e mente voltarem às rotinas, e voltarem a fixar os objetivos anteriormente traçados, e que objectivos:).
    Bom regresso e bons treinos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. jnr: Olá! São giros, mas escolhi-os pela personalidade. ;) São os DS Trainer 18, têm o tal sistema Duomax de controlo de pronação, mas são Dinamic, o que os torna mais leves. Modernices. :) So far so good. Os GT10 eram os meus antigos e para mim eram muito pesados. Em treinos mais longos eram bons... Um dia, quando tiver dinheiro, vou ter um par para cada tipo de treino. :)
    Um elefante a saltitar de nenufar em nenufar é uma boa imagem. :) Ao menos saltas, eu ainda só me arrasto. Mas começa a melhorar.
    Bom regresso aos treinos para ti também!
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Rute,
    deve ser difícil correr "normalmente" quando os olhos estão virados para os movimentos dos pés! É assim como quando estamos a tirar fotografias e nos dizem: "agora mais natural". É uma frase demolidora e que retira a naturalidade toda - pelo menos a mim :)...mas pelo menos confirmaste a noção que tinhas da tua passada.
    Correr com ténis que já não estão em bom estado não é uma boa opção :(
    Em alguns casos, a ignorância é mesmo uma benção! mas depois de descobrirmos a verdade, pensamos nas figuras de tótós que fizemos exatamente por não sabermos.

    No clube da minha terra natal, vai haver um "enduro"/"trail" mas é de 50km. Acho que é um bocadinho violento para ser só treino.

    Furo a mais, furo a menos - o que interessa é que a marcha continue :)

    Beijões

    ResponderEliminar
  14. Força !!! Boa recuperação !!

    ResponderEliminar
  15. Lulu: Olá! Sim, dizerem "age naturalmente" com uma câmara apontada para nós não tem qualquer sentido. É isso e o "não olhes agora, mas...". É claro que vamos querer olhar! Enfim, são desafios. :)
    Hmm... Sim, 50km é violento, mas conta-me mais... pode ser que tenha uma opção mais curta (geralmente têm). Mas só a partir de fevereiro! :)
    Beijinhos grandes

    Filipa: Obrigada, força para ti também! :) Bjs

    ResponderEliminar
  16. Olá Rute, muitos e bons km com as novas sapatilhas :)
    As DS são maquinas...nunca comprei nenhumas apenas por um motivo...normalmente são usadas em provas, por serem leves e "rápidas"...mas pelo que me dizem, duram pouco tempo.....vai dizendo como se comportam.
    Quanto à Ultra....inscreve-te....não existe melhor motivação.
    Queres "matar" esse elefante? Faz dois treininhos curtos e rápidos....uns sprints....eu andava super lento depois da Maratona e do UTAM....dois treinos de series e fiquei "supersónico" :D
    Beijinhos e bons treinos

    ResponderEliminar
  17. "The harder the *challenge , the more glorious the triumph.
    What we obtain too cheap , we esteem too lightly , it is dearness only that gives everything its value". T.P.

    ResponderEliminar
  18. Rute,

    Acho que é uma prova bem caseira...
    https://www.facebook.com/endurotrailCRP
    http://endurotrailcrpribafria.wordpress.com/

    ...mas casa, tens sempre!

    ResponderEliminar
  19. Carlos: Sim, são mais leves que os habituais ténis de pronação (ainda assim não "tão" leves..) e é provável que sejam boa escolha para competição. Eu, como não compito, uso sempre os mesmos ténis seja treino ou prova. :) Vamos lá ver a durabilidade. O meu amor eram os 1170, que foram descontinuados. Ainda se vendem no Freeport, mas o preço não estava tão apelativo. lol ;)
    Não me quero ainda inscrever e depois apanhar uma desilusão.
    Tenho receio de começar já a incluir treinos de velocidade, vamos ver com o tempo...
    Beijinhos

    A: Ena, Paine. Não conhecia esta quote. Thanks. :)

    Lu: Obrigada! :)

    ResponderEliminar
  20. 1170 ainda há na amazon :)
    http://www.amazon.co.uk/ASICS-GEL-1170-Womens-Running-Shoes/dp/B0086V47GS/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1389354524&sr=8-1&keywords=asics+1170

    ResponderEliminar
  21. Bluesboy: Ehehe, até seleccionaste um par com toques de lilás! ;) Thanks.
    No Freeport também ainda se vendem, mas estavam acima do meu orçamento. :)
    Dizem que os 2000 são os novos 1170... não sei. Acho que quanto mais avançam na gama mais qualidade perdem... Quando apanhar uma promoção jeitosa faço o teste.

    ResponderEliminar
  22. Vai com calma, amiga! Essa lesão não é para encarar com ligeireza. Já tive disso e não foi nada fácil! Só passou com um anti-inflamatório "dose de cavalo", gelo e uma semana de paragem! Ainda assim e, passado um ano, ainda continua a dar sinal de quando em vez. Quanto à corrida em passadeira, julgo que será uma questão de hábito, e quando a opção é: ou passadeira ou nada, até não é tão mau quanto isso. Para mim, a passadeira é o meu sofá! Porque é a única altura em que tenho oportunidade de ver uns filmes ou uma séries :)(verdade!)
    As melhoras e bom regresso!

    ResponderEliminar
  23. Mau!
    Os 2000 2 são os novos 2170! Os tais do meu coração dos pezinhos e perninhas.
    Os 1000 2 são os novos 1170 ( os teus e do bluesboy;) só não percebi ainda que mzn Wave ele usa:))
    A relação qualidade/preço é que por vezes se vai perdendo à medida que sobes na gama.
    Como sou um atleta com um perfil...haaaa, acentuado...achei que o conforto e controle extra dos 20:) em relação aos 10:) compensou.
    De resto, normalmente as diferenças são justificadas pelo marketing e infimamente pelos materias usados.
    O interior dos Kayano são deleciosos;).E nunca os asics cheiraram tao mal como uns reebok ou mesmo estes mizuno;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Com calma vais chegar longe e olha que sou pronador muito severo e além disso tenho o esqueleto todo "empenado" e ainda corro, pouco mas corro!
    Tu vais fazer coisas muito lindas na corrida! tens toda uma vida pela frente!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  25. Paulo: Só paraste uma semana?? O teu anti-inflamatório era poderoso! :) Eu estive em recuperação várias semanas e, pelo que tenho falado com algumas pessoas, há quem leve meses. É uma lesão chata de recuperação lenta. Por isso é que não quero fazer planos concretos, porque sei que se me tornar a doer tenho de parar outra vez...
    A passadeira será uma questão de hábito, sim. Se tivesse uma em casa era da maneira que aproveitava para ver episódios de séries em atraso.. ;)
    Obrigada, bjs!

    jnr: Foi o senhor da loja que disse que os 2000 eram os novos 1170, que eu não estou por dentro dessas coisas! ;) Por isso não sei... só sei que às vezes mexem em "equipa vencedora" e mudam para pior. Enfim, é um negócio.
    O Bluesboy também tem diferentes pares, vocês são uns polígamos das marcas. :) Eu sou fiel asics, embora não me importasse de experimentar uns Mizuno, se a ocasião se proporcionasse, confesso. :)
    Bjs

    Jorge: Obrigada pela confiança. ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. En equipa vencedora não se mexe...a menos que precise mesmo e ache um roubo 120/130 por par...aí sou o que ne quiseres chamar;).
    E sim, o marketing é agressivo e por vezes as novas versões são piores...
    Bjs e boa sorte com os DS.
    Quando tiver o corpo de uma gazela pode ser que experimente ;)

    ResponderEliminar
  27. Tudo vai correr bem. Indo com calma aos poucos vais recuperando a forma.
    Ninguém aqui duvida que a Ultra já não anda longe ;)
    Beijinhos e força!

    ResponderEliminar
  28. Isa: Eu é que às vezes tenho dúvidas... :) Mas obrigada pela confiança! :) Beijinhos grandes

    ResponderEliminar