22 de janeiro de 2014

Treinos à chuva

Tendo o carro de baixa, este fim-de-semana estava condicionada em termos de localização para o longuinho matinal. Mas, como queria incluir algum acumulado decente, iria fazer um percurso pelos bairros circundantes, que dão um carrossel jeitoso.

Cheia de boa vontade, pus então o alarme para uma hora escandalosa, de forma a que, uma vez que teria de correr pelas ruas e bermas, pudesse ao menos evitar o horário de maior circulação (carros e pessoas).
O que nunca devem fazer nesta situação? Ouvir o alarme, desligá-lo e pensarem "só mais cinco minutos", porque depois vão acordar estremunhados duas horas mais tarde e, como vai estar a chover a potes, já não vos vai apetecer sair.
Por acaso sou daquelas pessoas estranhas que gosta de correr à chuva, mas é mais fácil sair de casa quando as nuvens dão uma trégua e começar a correr ainda seca e depois, eventualmente, ser apanhada por uma descarga ou não, do que sair de casa estando  a chover. Assim sendo, passei o resto da manhã atormentada pela minha preguiça, cheguei a ponderar deixar o treino longuinho para segunda-feira de manhã (ahahah pois...) e já eram quatro da tarde quando, finalmente, lá me decidi a despachar a coisa.

Não ia com muita fé. Conheço-me, e sei que detesto ir a correr contornando obstáculos, ao lado de ruas com trânsito (era domingo, mas mesmo assim...), parando em semáforos e passadeiras. Toda a confusão e fumos contrariam o objectivo da corrida, que será sempre, acima de tudo, um escape ao stress e uma rotina saudável. Acho que ando mal habituada por ter um "campo de treinos" agradável perto de casa, livre de carros e com o rio mesmo ao lado, é o que é! Mas, como vos disse, desta vez queria sair da zona de conforto da planície ribeirinha.
De qualquer forma, dei-me carta branca: "vou a correr até ao parque tal, dou lá umas voltas e, se não me apetecer continuar por aí, atalho, a caminhar, para casa. Cerca de 10km de treino sempre é melhor que nada". (Às vezes há que fazer estas negociações mentais).

Acontece que, a meio caminho do dito parque, começou a chover. Daquela chuva miudinha que não incomoda muito, mas limpa o ar e as ruas. Baixei ligeiramente a cabeça, ajeitei o boné, que levei mais por causa da chuva que do sol, e aligeirei o passo. Subi e desci bairros, chapinhei em lama das hortas, atravessei estradas e cheguei ao parque. Dei duas voltas ao parque e não me apeteceu parar. Aproveitei e tomei um gel novo que tinha levado para testar, apesar de não gostar muito de recorrer a géis em treinos. Era extremamente doce e custou-me muito a ingerir mas, tomado juntamente com a chuva, algum efeito deve ter tido, porque já não quis atalhar para casa e continuei a correr. Desci até ao rio, num passeio de beira de estrada, mas nem me importei. Passei inúmeras passadeiras e tive de parar em algumas, mas nem me importei. Continuei junto ao rio e o treino virou corrida de obstáculos, a contornar pessoas, mas nem me importei. Quando o passeio que ladeia o rio termina e tive de voltar para trás, de regresso a casa, já nem me apetecia parar. Fiz o que é raro fazer e corri mesmo até à entrada do meu prédio, optando por realizar os alongamentos já lá dentro.

Longuinho de 16km com uma elevação aceitável (para treino de cidade, claro está).


E ontem... Ontem o mesmo dilema. Chuva que não pára e um treino para fazer. Resigno-me e saio de casa com a chuva a cair. Sei que só incomoda nos primeiros minutos, depois deixamos de a sentir. Além disso, as minhas ruas, fora outros corredores afoitos e donos a passear os seus cães, estão praticamente desertas. O resto do mundo acontece apenas atrás de janelas, vidros de carros e montras de cafés.
Gosto muitos destes momentos para mim, e foram mais 8km "abençoados" na totalidade da sua duração. Sem dúvida que este ano tenho tirado a minha barriga de misérias no que toca a treinos à chuva!

Outros amadores-de-correr-à-chuva, assumidos ou anónimos, por aí?


As boas notícias para quem já está farto deste tempo, é que parece que melhores dias se aproximam. Aproveitem!


29 comentários:

  1. Francisco Rosa22/1/14

    Olá,

    Eu sou mais um dos que adora correr à chuva. Ontem foi mais um treino completamante molhado do inicio ao fim. Mas dia de treino nao se pode deixar para traz.

    A disciplina é fundamental para o comcretizar dos objectivos:)!

    Boas corridas e bom 2014!

    ResponderEliminar
  2. Sempre fui um "menino" em relação à chuva e sempre que existia a possibilidade de a apanhar pelo caminho optava por localizações mais secas (aka passadeira). Mas nos últimos tempos tenho-me aventurado, até porque se quero participar em trails não me posso assustar com umas pinguinhas!
    Acho que conheço esse parque, é bem silencioso. É onde costumo ir fazer rampas, ainda a semana passada foram 6 voltas!
    Boas Corridas!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22/1/14

    Eu sou amador-de-corridas-à-chuva... e assumo ;)

    ResponderEliminar
  4. Eu eu eu!!! Completamente assumida de correr á chuva eheh... o pior vem agora o frio!!! Detesto correr com o frio!!! Aquele frio que até corta a respiração... bah!!!
    Mas enfim lá tem que ser :D
    Ao ler o teu texto parecia que estava a reviver os meus treinos aqui pela minha territa eheh normalmente também é assim :)

    Beijinhos e continuação de bons teinos

    ResponderEliminar
  5. Francisco: É verdade. E ontem foi um daqueles dias que não dava como escapar à chuva... Não parou o dia todo! :) Bons treinos e bom 2014, espero que já estejas recuperado!

    Rui: Nem com pinguinhas nem com água no geral... Só lama é em dias bons. :)
    Sim, é capaz de ser esse o parque. ;) Também treino por lá as minhas rampas (há muito tempo que não...), e são puxadinhas, aquelas que atalham pelo meio, embora no gráfico não acuse!
    Bons treinos!

    Anónimo: Ahahah :) Boa! ;)

    Piolha: O pior no frio é nunca saber bem o que vestir, porque depois fico com calor depressa! Por aqui os bairros assemelham-se a terrinhas, ao fim-de-semana. ;)
    Beijinhos e bons treinos

    ResponderEliminar
  6. Ainda não calhou fazer muitos treinos à chuva, mas é coisa que também não me incomoda muito. Mas do que gosto mesmo é de correr com frio. Tenho uma satisfação um bocado masoquista em correr de t-shirt e ver as ruas cheias de pessoas com casacos pesadões, gorros e cachecóis. Sinto-me num mundo à parte :) (ainda hoje treinei com 2 graus, e aos 10 minutos já me tinha arrependido de levar uma camisola de manga comprida...)

    ResponderEliminar
  7. Opah...é assim...EU AMO CORRER À CHUVA, o pior é o resto, sapatilhas ensopadas, roupa a pingar, enfim, a logística da coisa
    por outro lado e já que estamos em maré de confissões: tenho-me baldado! Pronto, ta dito...é que estou tao farto da chuva que podia aproveitar algum bem dela mas nem isso...o retorno está a ser custoso ( não vou falar de elefantes nem o que comem e o peso armazenado)
    Como também adoro correr ao frio depois conto quantos graus estavam.
    Quantos comes/bebes/tomas/ingeres os geis não bebes água?
    Para mim é a única forma e mesmo assim...
    Então e o novo calçado ( repara como consigo evitar determinadas palavras para não confundir, não é preciso agradecer ) está aprovado, faz a cama ao joelho?
    Bjs e bons treinos

    ResponderEliminar
  8. DS: Para mim, treinos com frio acima de treinos com calor, anytime! Mas lá está, é como dizes, uma pessoa nunca sabe o que vestir porque depois começa logo a ficar com calor. É aqui que entram as camadas de roupa, que deveríamos ir tirando... mas quem tem paciência para isso?? :) Por aqui hoje estavam 10º e já bem fresquinho, imagino tu com 2º e de t-shirt, valente! :)


    jnr: Agora apontava-te o dedo e dizia: shaaaame on you! :P (De te andares a baldar).
    Se o treino à chuva for sair e entrar directo em casa, não me custa essa logística. O pior são aqueles em que vamos de carro para qualquer lado e depois temos de andar a trocar de roupa e "calçado" :) com malabarismos dentro do carro, para não ficarmos constipados.
    Bebo sempre água quando tomo um gel, aproveitei uma fonte que por lá há. (Eu bebo sempre muita água quando corro, com ou sem gel.) Não sou fã de géis, mas ando a testar fuel sólido e líquido. :)
    Por enquanto os DS estão a portar-se bem, só espero que o amortecimento se aguente com a quilometragem...
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Chuva? Sem problema, mas aí somo iguais...prefira começar a seco e depois pode chover à vontade. Frio tb adoro... Só não gosto é da combinação chuva/vento, chuva/muito frio e frio/vento...embora que com o devido equipamento (que não tenho na totalidade) acredite que não seja problema tb.
    O que gosto mesmo é de uns trilhos ensopados de chuva de véspera...aí sim, pareço uma criancinha no parque de diversões :)
    Beijinhos e boas corridas

    ResponderEliminar
  10. Eu sei, shame on me!
    Em relação ao frio ( e tirando as t-shirt) gosto de uma boa térmica e a seguir outra apenas para não ir com o meu sixpack pela rua fora hiper definido :)
    Pode ser de calções e nem faço questão das luvas e gorro mas nao dispenso um "cachecol".
    Desde que a garganta e as costas estejam quentes tudo corre bem:).
    andas a testar Fuel?hmm, estamos a preparar mesmo a ultra;:)
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Carlos: Trilhos e lama é o parque de diversões de quem gosta de correr na natureza. ;)
    Não gosto de combinação nenhuma com vento, mas também não tenho equipamento de jeito. Além disso, vento despenteia e depois é só cabelos a voar pra frente dos olhos e boca e é uma chatice... (gajas...) eheh :)
    Beijinhos e bons treinos!

    jnr: Se tivesses ido a Arga, não só tinhas uma jersey de boa qualidade como depois tinhas abs de qualidade também. Garantido. :)
    Quando está MUITO frio, preciso das orelhas tapadas, e luvas (que tiro ao fim de 5 min).
    Shiuuu, ainda não me assumi! Tenho medo de represálias por parte da ITB, mas ao menos em relação a represálias do estômago quero estar preparada... ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Eu gosto de correr à chuva, mas quando começa a chover durante o treino. Custa começar o treino quando já chove. Só se tiver companhia.
    Presumo que a lesão já era, certo?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. V: A companhia ajuda em bastantes casos. :) Por exemplo, se tivesse combinado com alguém, não tinha tornado a dormir "só mais 5 minutos..." :)
    Não gosto muito de dizer que já estou livre da lesão... Digo antes que estou livre de dores. De vez em quando ainda sinto alguma coisa (não dor) e, embora me tenham dito que é normal, fico reticente. Continuo em passinhos de bebé. ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Olá!
    Eu prefiro correr no seco mas não me importo nada de correr à chuva... desde que apareça já eu vá quente. Começar frio e com chuva custa mais mas para quem corre ao ar livre, temos que correr debaixo de qualquer condição, seja chuva, vento, frio ou muito calor. É tudo uma questão como dizes e bem, de negociação mental :)

    Beijinhos e boa continuação de treinos

    ps - O correr com chuva num dia frio, tem um momento fantástico. O duche quentinho! :)

    ResponderEliminar
  15. João: Sim, o duche quentinho é sempre a melhor parte de um treino ao frio/chuva. :)
    Beijinhos e bons treinos rumo a Sevilha!

    ResponderEliminar
  16. Olá cachopa!
    Parece que por ai também está tudo bem!
    O teu filme é mais "Corrida à chuva" do que "Serenata à chuva" :)
    É bom quando corres com as condições com que gostas de correr. Pelo teu relato, até parece que corres acompanhada...
    A preguicite de domingo não te venceu!...há coisas que prefiro despachar logo... ou sei mesmo que sou vencida.
    Entretanto está aí outro fds e terás mais um termo longo, possivelmente sem chuva!

    Beijinhos grandes!

    ResponderEliminar
  17. Lulu: Bem-vinda!
    Sim, por aqui é mais "Corrida à Chuva" do que Serenata... Nunca aconteceu, mas nunca se sabe. lol :)
    Também prefiro despachar estes treinos logo pela manhã, mas nem sempre acontece.
    Nestes últimos treinos a minha companhia foi só mesmo a chuva. ;)
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  18. Olá, adoro correr à chuva. 3ª feira foi sempre a cair bem. cheguei com mais 3 quilos na roupa. Não segui os comentários mas o Ricardo também adora. Jinhos :)

    ResponderEliminar
  19. Zémi: E o que tem sido para secar os ténis?! É dos poucos "cons" de correr à chuva. :) Bjs e bons treinos

    ResponderEliminar
  20. Hmmm...Acho que vou fazer um post sobre correr à chuva e outro sobre lavar os ténis

    ResponderEliminar
  21. Outra coisa importante: Não te sentes completamente una com a natureza no final do treino? Pode estar a cair o maior aguaceiro do mundo, as pessoas na rua todas encolhidas com medo e tu de porte elevado, sem stress... "Ah está a chover? não me apercebi. Deixa-me fazer alongamentos!"

    ResponderEliminar
  22. Zémi: "Lavar os ténis", que é isso? ;) Eu seco-os com folhas de jornal lá para dentro. Só quando estão mesmo mesmo muito sujos (mais os de trail) é que os passo por água.
    Ahah :) ultimamente nada me impede de fazer os alongamentos, nem uma trovoada. Mas sim, percebo-te, e talvez seja essa uma das razões porque gosto tanto de correr à chuva...

    ResponderEliminar
  23. 1- :) :) :) :) LOL ROFLMAO
    2- a técnica das folhas de jornal é boa. Vou fazer benchmarking
    3- ultimamente em vez de passar por água podes deixar à chuva durante um dia

    ResponderEliminar
  24. Zémi: 1) Sigla anglicista? :) 2) Olha que funciona mesmo! Foi uma dica que me deram no Caminho de Santiago, em que apanhei chuva três dias seguidos. 3) Agora já não... :( Mas parece que no Trail de Bucelas vou poder lavá-los no rio... ;)

    ResponderEliminar
  25. ha ha ha bonita posta no jornal da net.

    tenho dois pares a secar...

    ResponderEliminar
  26. É um prazer ler o que escreves,Principalmente porque me revejo quase a 100% no que dizes, mas também pela forma articulada como o fazes.

    Os "Rockys" estão bem presentes na minha memória especialmente aquela parte final onde ele com a sua boca de lado grita pela Adrien.

    Gosto de correr com chuva nas ruas ainda adormecidas tal como dizes mas... como ovos cozidos hehe

    Hugo Costa

    ResponderEliminar
  27. Hugo: Obrigada. :)
    Sim, essa cena do "Adrien" é uma das 100 cenas mais famosas do cinema, sabias?? :)
    Também prefiro ovos cozinhos, mexidos, estrelados, escalfados... tudo menos crus. Se bem que nos anos 80 também estavam na moda as "gemadas" e cheguei a comer!
    Bons treinos!

    ResponderEliminar
  28. Não sabia...mas calculava é um clássico!!!Também sou desse tempo das gemadas lol.
    Os teus relatos sobre as tuas corridas e sobre todo o teu caminho até "hoje" é simplesmente delicioso.
    Conheço o teu Blog há muito pouco tempo mas é muito provavelmente o melhor que já li, é concerteza dos mais bem escritos e também dos mais divertidos e impressionantes.
    A maior parte das pessoas não percebe o que é ser um corredor...muitos corredores não sabem o que é ser um corredor.

    Tu és uma corredora.

    ResponderEliminar
  29. Hugo: Pode ser que comeces também a ficar com "sede de trilhos". ;)

    ResponderEliminar