19 de janeiro de 2015

Socorro!

E Archeira.

Trail Run Socorro e Archeira. 5h55 (Sim!!! E eu que pensava que as 6 horas de tempo limite eram mais que suficientes... Toma qué p'aprenderes!), 3 quedas (muita lama) e perdi-me 2 vezes. A cabeça não estava nos melhores dias, o que não sei se foi causa ou efeito das ocorrências. Se calhar um bocadinho dos dois.

Quando cheguei à zona de separação entre o Trail Curto e o Trail Longo, segui pela direita, o percurso para o qual me inscrevi.


No entanto, mais tarde irei questionar se teria tomado a opção certa! Foi daquelas provas em que já não estamos a desfrutar nada e só queremos que acabe. Só me tinha acontecido isso uma vez, no (Inferno do) Almonda 2013. O que, em já mais de 2 anos de trilhos, não é assim tão mau. E aprendemos sempre alguma coisa, mas cheguei a um tal estado de exaustão mental que, se já não soubesse como as coisas são, teria desistido da minha "carreira ultra" logo ali. :)

Nem tudo foi mau, claro. Mas mais desenvolvimentos na respectiva crónica da prova.

Adivinhem lá a temperatura média desta água... :)

Boa semana!

25 comentários:

  1. 27º C....acertei???? :):):)
    O que não nos mata, torna-nos mais fortes ;)
    Venha de lá essa crónica.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se forem negativos, estás quase lá! :P
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Antes de mais, melhor titulo de sempre para um post ehehe Segundo, estavas a guardar a primeira do ano para começares em grande, estou a ver! Já ouvi outras pessoas a dizer que foram bem durinhos os 27km! Bem, pelo menos ofereciam uma sessão de crio terapia! Boa recuperação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Crio-terapia ou crio-preservação, quase!! :D
      Acho que foram 29k, embora para mim tenha sido um bocadinho mais. :)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Sim isso, tens razão!

      Eliminar
  3. Pois é, Rute, nem sempre as coisas correm bem. Há sempre aqueles dias...
    Mas esses dias dão-nos mais experiência e capacidade para gerirmos melhor os outros. Muitas vezes, é onde aprendemos mais e ganhamos mais resiliência! :)
    Está feita! Parabéns!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que ver o lado bom, endurance mental! :)
      Obrigada, beijinhos!

      Eliminar
  4. Temperatura média da água... deixa cá ver....GELADA!!!!

    Acertei?! ahhhahahah

    Fico a espera da crónica!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Nem sei como consegui tornar a mover os pés depois de os ter parado 3 segundos para a foto... :D
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Marcelo Dias19/1/15

    Raios parta aquela água, a determinada altura tive que parar 2 ou 3 segundos em cima duma rocha só para "aquecer" os pés um bocadinho.
    Também viste os pinguins? Até eles tremiam de frio :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, escaparam-me os pinguins! :) E o Shrek, que pelos vistos também andava por lá e eu não vi. :)
      Chegou a um ponto que fiquei preocupada, já nem tinha sensibilidade nos pés! No Verão era capaz de ter mais piada. :)

      Eliminar
  6. Ficar farto...hmm, km 5 de uma prova de 10k...ahah.

    Olha, há dias e provas assim...eu a querer escrever um comentário de jeito e só sair...porcaria.

    Por isso há dias;)

    Portanto agora tens 2 provas que nao podemos dizer o nome: Almonda e Socorro!

    Esta é da coleção de Inverno;)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Numa prova de 10km acontece tudo mais rápido! O bom e o mau. :)
      Ihih, sim, esta fica a versão de Inverno. :)
      Bjs

      Eliminar
  7. São os treinos e as provas que correm mal que nos tornam mais fortes!...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também é verdade. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Imagino que essa água fria saiba bem para alivar os músculos doridos... O problema é o frio que se sente depois ahah :)

    Força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que houve uma altura em que comecei a ficar preocupada com a falta de sensibilidade nas pernas e pés. :) A primeira travessia do riacho (foram duas) ainda foi mais de 500 metros... Naquela água "fresquinha"! :D Quando saí até picavam os músculos. :)
      Obrigada.

      Eliminar
  9. Essa é a razão porque não quero fazer provas longas, acabo sempre assim.... A certa altura já não vejo nada, vou em piloto automatico e estou desejosa que acabe.
    Ainda bem que só te aconteceu uma vez, e desta deu para perceberes os porquês, para a próxima já vais mais preparada...
    Boas provas e bons treinos, beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, se a nossa cabeça se farta de lá estar, depois é um horror até cortarmos a meta... Felizmente não acontece com frequência!
      Beijinhos, continuação de bons treinos!

      Eliminar
  10. Acontece Rute.
    Há provas menos boas e dias em que não nos sentimos tão bem, o importante é que completaste mais uma prova.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, faz parte, embora não goste. :D
      Beijinhos!

      Eliminar
  11. Aposto que devia estar morna, ehehehe! Coitada, agora fora de brincadeiras, deves ter penado um bocado com as temperaturas, não?

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim! Morníssima! :) Não foi fácil percorrer água assim tão tépida... :D
      Bjs

      Eliminar
  12. Fazes-me comichões nas pernas da vontade de correr a cronica do trail,

    As provas que nos correm mal, têm uma vantagem, ensinam-nos muito.

    Boa recuperação :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, isso é verdade. Mas foi difíiiiicil!!! :)
      Obrigada. Bjs

      Eliminar