26 de março de 2015

A poucos dias de Piódão...

Chegámos aos derradeiros dias antes da prova. Os dias em que começamos a ver a vida a andar para trá...ãhh... quero dizer, os dias em que começamos a fazer introspecção e passar revista ao que foi feito. Mas já lá vamos. Antes, o último treino longo.

Para último treino longuinho antes da prova tinha em vista cerca de 18 a 20km, sem pressões e sem grandes aventuras.

O treino teve início na Vila de Sintra, que nunca deixa de surpreender nos pormenores.

Quem não tem cão... :)
Em direcção à Serra, seguiu-se um caminho com mais escadaria do que estava à espera.

Escadas.

Mais escadas...
Rumo ao topo.


Passando por um Parque de Merendas, houve direito a uma exposição de fotografias permanente, ao ar livre.


Eram retratos a preto e branco, a reproduzir um ambiente místico muito adequado ao local.

"Ligeiramente" fantasmagórico...





Não entrei pela "porta da traição" em nenhuma área paga do Parque de Sintra. Desta vez, todas as portas estavam abertas:


A porta acima está aberta para o público somente aos fins-de-semana e leva, se não me engano, à Quinta da Amizade. Tenho a certeza que me espera uma bela história quando a atravessar, mas este dia não era um dia para histórias, era um dia para passar por elas e continuar em frente. Para a próxima volto.

Em compensação (?), mais escadas...

Isto é que foi trabalho de glúteos!

Foram cerca de 5km a subir, para um resto de treino bastante suave.



É claro que a temática da aventura de Piódão esteve presente. Na altura ainda não sabia bem o que dizer, estava estranhamente apática. Agora, a poucos dias da prova, não me sinto apreensiva, nem, por outro lado, entusiasmada. Simplesmente, sinto que não estou com o espírito.

Devia estar preocupada com o treino que por várias razões (ou nenhuma) nunca é suficiente, sobretudo porque nada do que fiz me prepara para aqueles ganhos de acumulado brutais em tão poucos quilómetros:

"Peaners", como diria o JJ...

Devia estar preocupada com os tempos de corte apertados, com o material que ainda não preparei, com as poucas horas de sono que tenho tido.

Devia estar animada com o desafio, a viagem, a paisagem, o regresso à minha "casa".

Mas não.

As últimas semanas têm sido tão extenuantes a nível extra-corrida que ainda não parei. Tenho uma Ultra à minha frente e ainda não tive muito tempo para pensar nisso. Estou psicologicamente cansada e esse não é o melhor dos lugares para estar nesta altura do campeonato.

Gostaria de estar aqui a descrever-vos o meu entusiasmo, o nervoso miudinho, o amor que eu sei que tenho a isto, mas tenho de ser honesta. Tenho 50km no sábado e não sei o que sinta.

E depois, por outro lado (e eu sei que este pensamento é estúpido), penso "qual é a probabilidade de vir a ter uma prova tão boa como em Vila Velha de Ródão?" Na minha cabeça as probabilidades de ter duas provas seguidas em que me sinto bem são diminutas. Não há qualquer lei racional que sustente esta ideia, até porque são duas provas completamente diferentes, mas não podemos argumentar com estas lógicas supersticiosas, elas estão lá, no cantinho do cérebro agoirento, que até uma optimista como eu tem. E neste momento não sei se estou com a garra suficiente para escalar as dificuldades.


Tirei o dia de amanhã no trabalho, para poder seguir viagem com tempo e descansada. Se calhar amanhã, ao volante, ao deixar todo o stress dos últimos tempos para trás, vão chegar em catadupa os sentimentos bloqueados até agora. O meu coração vai inchar quando sair do túnel da Gardunha e avistar a minha Serra. Vou sentir o peso e a ansiedade do desafio.

Espero que sim.


20 comentários:

  1. Tenho a certeza que sim! Vai correr bem. E pelos vistos vais apanhar bom tempo!

    O Monte da Lua não passou por essa exposição de fotografia? Tenho ideia de já ter visto isso. Se calhar foi num filme de terror :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, acho que o UTML passou por aqui. Mas naquele dia nem me lembro de ver as fotos... :)
      No início desta semana nevou por lá, agora parece que vem o Verão... vai ser uma bela mistura. :)
      Obrigada, beijinhos

      Eliminar
  2. Rute, quantas vezes pensamos não estar com o espírito e depois sai uma daquelas corridas? Tal como o inverso...
    Costumo dizer que as corridas são como os melões. Só depois de estarmos lá é que sabemos.

    Força! Muita força para mais uma Ultra! (é a nº quê?)

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, nunca sabemos... Mas realmente não tenho estado com o entusiasmo habitual. Bom, de certeza que fazer 50km me vai "arrebitar" a bem ou a mal! (Espero que a bem!) :)
      Oficial, se tudo correr bem, será a 5ª. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Tamos profundamente negros nesta posta, melancólicos (se eu escolhesse uma música para pano de fundo para este teu texto, escolheria qualquer coisa dos Radiohead :):)), o que não é necessariamente negativo....gosto!!! E temos uma coisa em comum neste momento....tal como tu ando cansado psicologicamente (o trabalho, a minha Isabelita que anda numa fase terrível durante a noite)....as corridas tem-me ajudado, mesmo estando muito cansado não as deixo de fazer, embora me custa sair de casa, depois é tudo uma maravilha. Mas sabes uma coisa...no treino de reconhecimento dos Pernetas de domingo, mesmo com as pernas cansadas de uma semana dura, fiz aquilo a brincar....mal coloquei os pezinhos nos trilhos da serra, respirei aquele ar puro e lavei a vista nas paisagens espectaculares o cansaço foi-se (ou estava lá na mesma, mas meti-o numa gaveta qualquer bem lá no fundo)....é isto que te desejo para Piódão - muito gostava de o fazer, deve ser lindo, mas há que fazer escolhas e este ano recaiu noutras paragens...pode ser que para o ano...vai depender do teu relato :):):)
    Vai lá "menina que corre"....faz lá isso e depois anda aqui fazer um texto daqueles que a gente gosta e meter nojo com fotografias lindas como estas montagens que colocaste aqui hoje ;)
    Beijinhos e força (vais precisar, que belo pente :P)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Sim, pode ter Radiohead como música de fundo. "No Surprises" ou outra animada do género. ;)
      Pois, é um belo pente, obrigada pelo apoio! Ihih Só tu agora para me fazeres rir (talvez comece finalmente a ficar "assustada" também! :D)
      Aquilo é lindíssimo, pelo menos fotos lindas mete-nojo vão sair. E, ao contrário dos treinos, serão só da minha autoria. :)
      Hoje vou para a cama cedinho e pode ser que amanhã acorde rejuvenescida e com "o" espírito para a coisa! Pernetas-style. ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Anónimo26/3/15

    Vá… Quem corre por gosto não cansa! É a velha máxima, mais gasta que aqueles trilhos tantas vezes repetidos. A aventura do desconhecido deixa-nos sempre desconfortáveis, algo apreensivos. Repetimos erros / insuficiências na preparação, que tínhamos jurado “nunca mais raios me partam”! Promessas de descanso prévio que nunca cumprimos. Traições cruéis aos nossos sempre nobres objectivos!
    Mas e então??!! É aí precisamente que está a graça da coisa. É aí que está o desafio íntimo que a nós impomos! Assim não fora e o que restava… uma tarde de “mapling” ou doutro qualquer desperdício de vida na comodidade que nos atrai.
    Agora vem o desconforto, aquele apertozinho agreste, mas também a certeza que vão ser momentos, todos eles vividos com a máxima intensidade, todos eles marcantes e que vão ficar, bem fundo, gravados na nossa memória com o selo “ Valeu a pena!”
    Vá.. Boa prova Rute! É só um quilómetro de cada vez! E têm todos o mesmo tamanho (embora haja muita gente que jura que não…) (͡ ° ͜ʖ ͡° )
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, os kms não têm todos o mesmo tamanho, é um mito (científico)! ;)
      Pedro, o que me preocupa, sabes, é a apatia. Preferia estar com esse aperto, com "medos"... mas o cansaço atacou-me forte psicologicamente e parece que nem quero saber.
      De certeza que quando no sábado estiver a alinhar na partida vai vir tudo ao de cima, mas aí... Aí olha, seja o que os deuses dos trilhos quiserem e as minhas pernas deixarem! :)
      Obgd, bjs.

      Eliminar
  5. Quanto menos expectativas melhor te vai correr. Vai lá e diverte-te. No mínimo é uma experiencia única. Força!
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Vais chegar lá e vai bater a paixão, vais ver! Na próxima semana vou passear na tua Serra da Estrela :) Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, aproveita! E vai estar bom tempo e tudo. :)
      Obrigada, LiS, beijinhos

      Eliminar
  7. Força Rute!
    Tu vais conseguir, já és pró nisto!

    Assim que chegares lá e vires aquelas serras e aqueles vales vais logo sentir-te inspirada.
    Se calhar os primeiros km's até vão custar mas depois vais começar a sentir-te solta, leve, feliz e em comunhão com a natureza e vais ver que irás ser muito feliz no Piodão e zona circundante :)

    Depois quero saber tudinho pois adoro essa zona e estou cheia de inveja de ti e de todos os que vão a esta prova :)

    BORA!!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso foi mais ou menos isso que aconteceu. ;) Quer dizer, "leve e solta" é relativo... ihih Não foi fácil. Mas feliz, sim. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Quando chegares à tua serra provavelmente esse sentimento mudará. Sei o que é estar desanimada, desmotivada, cansada nas vésperas das provas. Animicamente vamos muito abaixo, mas por vezes na linha da meta dão-se milagres. Acreditas em milagres?

    Beijinhos e desfruta daquela zona que é maravilhosa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não mudou logo. Foi "tirado a ferros", mas depois acabou por correr tudo bem, felizmente. Talvez sejam esses os milagres. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Quando estiveres lá vais esquecer isso e começar a sentir o entusiasmo habitual.

    Tem uma excelente prova, vai correr tudo bem :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, João. Correu bem, sim. Muito difícil mas, quando se corta a meta, o final é sempre feliz.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Boa sorte...não desejo "força" porque sei que isso tens de sobra ! ;)

    E até vais estar num dia "bom" !!
    E se não estives...Põe-te num !!!!!! :P

    Como não podes estar com "espírito" prá coisa ??
    Como estás "duvidosa" ??

    Aproveita...desfruta , diverte-te...
    Não sabes como sofro por estar de fora !
    Tenho inveja !! da boa , e da outra...de todos os tipos que existem :P

    Aproveita ao maximo , vais estar a fazer uma coisa que adoras , num local fantastico , com um dia lindo , e estás de ferias !! :)

    Que corra tudo muito bem , forças nas canecas ! :)

    E bebe coca-cola :P

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabou por ser um "dia bom". :) E depois dei valor a tudo isso.
      Ias gostar muito desta prova, sobretudo daquelas montanhas. A paisagem no topo em que só se vê montes atrás de montes, o vento, o silêncio, as SUBIDAS... ;) Estiveste lá de outra forma. :) Obgd.
      Não bebi coca-cola! Nem minis (e olha que até isso havia por lá!) ;)
      Bjs

      Eliminar