30 de março de 2015

Piódão: 3 horas antes ou "E agora?"

9h30. Foi este o tempo que demorei a percorrer os cerca de 52km pela Serra do Açor.

A t-shirt da prova e o prémio de finisher, uma casinha em xisto.

Mas, às 6h00 de Sábado, quando finalmente me levantei depois de uma noite muito mal dormida, ainda não sabia.

Às 6h00 de Sábado também ainda não sabia que, ainda hoje, Segunda-feira, traria a serra comigo. Poderia dizer que a trago nas bonitas memórias que ganhei, o que não seria mentira, mas trago-a comigo sobretudo no enorme empeno do corpo, como já não tinha há algum tempo.

Às 6h00 de Sábado, esperavam-me imagens como estas

6h00 + 1h35
6h00 + 2h00
6h00 + 7h??

mas eu também ainda não sabia.

Também ainda não sabia que seria apenas quando passei pelo local da primeira foto, a caminho do Piódão, que cairia a ficha e iria sentir toda a adrenalina que não sentira até então.

Às 6h00 de Sábado sabia, no entanto, que não tinha sido um dia pré-prova ideal. Cheguei, imaginem, a deixar o saco do equipamento em Lisboa! Menos mal que trago sempre os asics na mala do carro e tinha alguma roupa de treino de férias na casa da Serra, mas não me livrei de uma visita de emergência a uma loja de desporto. Confesso que depois disto, e tendo em conta o desânimo nada típico das últimas semanas, perguntei-me se não seria um qualquer sinal divino para evitar esta prova.

Já estava por tudo e, inclusive, alinhei em esquemas de hidratação menos próprios...


Sentia-me mal com a minha "desinspiração", como se fosse uma pessoa ingrata que não consegue dar valor a oportunidades como estas. Ter saúde, liberdade e algum dinheiro para poder viver esta experiência... "Porque é que não estás entusiasmada, mulher, porquê?!!"
E eu dou valor, muito valor. É o facto de saber que estas coisas são um privilégio que me ajuda a superar as partes mais difíceis das provas. "Tu não tens de estar aqui. Tu escolhes estar aqui. Tu podes estar aqui. Aproveita."
Mas na Sexta, vésperas da prova, não conseguia pensar assim e desanimei. Se calhar estava a ser muito dura comigo mesma, a massacrar-me com o que supostamente devia sentir, mas não conseguia evitar. Na Sexta-feira fui uma pessoa cansada, ingrata e mimada.

Às 6h00 de Sábado acordei e tinha uma Ultra pela frente.
"E agora?" - foi o meu primeiro pensamento...

27 comentários:

  1. Parabéns por mais uma, grande orgulho!

    E esses estados são típicos, seja em atletas de pelotão como nós ou em profissionais. Faz parte. Mas quantas vezes a seguir a um estado de desanimo, vem uma prova que nos deixa a ter vontade de gritar, com os braços bem abertos ao sabor do mar "I'm the king of the world!" ?

    Beijinhos grande Ultra-Maratonista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estar ali no topo, junto às eólicas, foi um desses momentos "king/queen of the world"! :)
      Obrigada, João!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Parabéns!!!! Mais uma concluída!
    E eu não disse que chegavas lá e a determinada altura ia dar-se o clique? ;)
    É uma zona linda, linda, linda, não é? Provavelmente das mais bonitas do país.
    Venha daí o relato!
    Beijinhos e boa recuperação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Isa.
      Sou suspeita, mas sim, é uma das zonas mais bonitas do país. ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Então???? "E agora" pergunto eu????? Isto agora é assim? Um gajo refastela-se aqui, bem aconchegado, com um balde de pipocas para uma leitura de hora e meia e é isto....arranca-se a chupeta ao bebé? Não não não....QUERO SABER TUDO!!! AGORA!!! :):):)
    ....hmpfff....."E agora" o que faço ás pipocas? ....não se faz ...snifff....
    Beijinhos e despacha lá isso ok?

    P.S. Esquemas de hidratação menos próprios? Não estou a ver onde....o café? Se for só um não faz mal nenhum :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, aquele café era muito desidratante!!! ;)
      Sabes que isto de escrever sobre ultras é como corrê-las; devagarinho! :)
      Agora lês o post da amiga Marta sobre a versão mais curta de Piódão, e depois compras outra dose reforçada de pipocas para daqui a uns dias! ihih ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. ... agora queremos o épico relato!

    Muitos parabéns, já agora :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "épico relato"... :D Sem pressão... ;)
      Obrigada! Custou!!! :)
      Bjs

      Eliminar
  5. Rute, mais uma vez não nos cruzamos na partida mas quase nos cruzámos na chegada. Estás uma máquina! Muitos parabéns! Com performances dessas não podes partir lá no fim do pelotão! :P E fico à espera da relato épico para reviver a serra do Açor outra vez.
    Bjnhs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Tenho de começar do fim do pelotão, que eu demoro muito a aquecer! ;)
      Na partida não vi ninguém, mas encontrei algumas pessoas durante a prova, nos abastecimentos. Foi bem durinha! A pior parte para mim foi aquela subida depois dos 31km, ia morrendo. :D Se soubesse tinha comido mais no abastecimento antes. :)
      Beijinhos, boa recuperação!

      Eliminar
  6. Eu trago a serra do Açor, e o piodaão, comigo há muitos anos!
    Considero-me mesmo um filho adoptivo daquela serra!
    Ela deu-me dos melhores empenos em mais belos empenos da minha vida e um exactamente no dia em que fiz 39 anos!
    É impossível vir daquela serra sem se vir de lá feliz. Por isso tenho a certeza que estás "empenadamente feliz"!
    Parabéns Campeã!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, um brutal empeno feliz!! :) (Hoje já um bocadinho melhor...) ;)
      Obrigada. Acho que o Açor ganhou mais uns quantos filhos adoptivos neste fds. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Pelos visto o empeno é geral, eu especialmente que diga! Mas acho que valeu a pena. Estar no "topo do mundo" com a neve da Torre de um lado e o litoral quase-a-ver-o-mar.., do outro lado, é de facto ocasião única! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo, que tal correu??
      Aquele topo custava a alcançar, mas uma vez lá em cima, apenas o som do vento e das eólicas, com o "mundo" à vista... es-pec-tá-cu-lo!
      Bjs, boa recuperação

      Eliminar
  8. Parabéns.
    Grandes fotos , fantásticas paisagens.

    Ainda bem que "aproveitas-te"...e bem ! :) 9h30 ! ihihihiii

    Que inveja !
    Boa recuperação...

    E muitos parabens...
    Orgulho.

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto de apreciar a paisagem com calma... ;)
      Ia andar horas a conduzir por aqueles caminhos de cabras para depois chegar lá e despachar a prova em 6 ou 7 horas??! Não podia ser!!
      É só por isso... Agora já sabes! :P
      Obrigada. :*
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Cronica Teaser... também vou fazer uma, curiosamente.
    Gostei muito e estou interessado e ler o resto. Grande aventura.
    Parabéns
    Bjn

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma grande aventura sim. :)
      E lá pelos alentejos? Também há subidas?.. ;)
      Obrigada. Bjs

      Eliminar
    2. Ui essa pergunta faz-me uma dor nas pernas. 2ª feira saberás :)

      Eliminar
  10. 9h30 de pura diversão e aposto que quando cruzaste a meta tinhas a vontade de querer repetir tudo de novo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Logo, logo a seguir... não! :) Mas talvez já neste próximo sábado. ;)

      Eliminar
  11. Acreditas que só soube que tinhas ido ao Piodão quando João me disse já depois da prova?!!?!? LOOL
    Sabia que tinhas pensado em ir, mas não sabia se tinhas decidido realmente alinhar.
    Que pena não te ter visto!!
    Até vi a partida dos ltra e não te vi... Vi toda a gente menos a ti!!! :)
    Mas Muitos Parabéns por mais uma Ultra no curriculum!!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, eu já te tinha dito que nos víamos em Piódão, mulher! :)
      Eu parti mesmo cá para o fim. Até 10 minutos antes da prova estive sempre no bar do Inatel.
      Obrigada, beijinhos!

      Eliminar
  12. Parabéns Rute!
    Mais uma ultra e com um tempo muito bom!
    Bonitas fotos!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Vitor!
      Sim, foi um bom tempo... :) Num local lindíssimo e cheio de paz!
      Beijinhos

      Eliminar
  13. E agora? Não se escreve o resto?

    ResponderEliminar