15 de julho de 2015

Revisão para o CUT

O último treino de "preparação" para o Caldas Ultra Trail, foi por aqui:

Santorini?? Não, São Julião.
Falésias, estradão e areal entre as praias do Magoito, Aguda, São Julião... Com passagem na Foz do Lizandro e Ericeira.


Desde o Ultra Trail da Serra da Estrela que as escolhas para os treinos longos têm recaído sobre zonas de praia, em detrimento da Serra. Apesar de a opção se dever em muito ao benefício das actividades pós-treino (para quê passar água gelada no corpo, no duche, ao chegar a casa, quando podemos ter logo o efeito crioterapia imediato?), também se deve a estratégia. O CUT não terá metade do desnível do OMD, mas terá trilhos bastante técnicos, com areia e pedras à mistura e descidas de meter respeito nas arribas. E eu sou uma corredora desajeitada, sem técnica e grande destreza que, devido a muita cautela e alguma sorte, conseguiu até agora nunca ter nenhum incidente de maior. Mas, para mim, pior que subir "montanhas", só mesmo descê-las. Se for em piso muito instável e inclinado, sou capaz até de ser mais lenta a descer do que a subir. A verdade é que prezo muito a minha integridade física em geral e da minha cara e dentes em particular. Além disso, faço tudo ao contrário do que devo fazer: travo muito, não consigo usar a força dos músculos das coxas em meu favor e pareço um pinguim engessado a tentar não resvalar por ali abaixo. Em suma, sou uma mariquinhas de primeira a descer. Nunca serei daquele tipo de atletas que voam nas descidas (pelas boas razões, pelo menos...)

Expectativa:

Créditos da foto (e dicas do Kilian para correr nas descidas),
  aqui.
Realidade:



Tenho tentado melhorar isso. Não fujo a trilhos técnicos e com o seu quê de perigosidade, como podem adivinhar pela quantidade de fotos de arribas que tenho partilhado, e peço conselhos a pessoas mais ágeis e craques, que apenas insistem que tenho de "baixar o meu centro de gravidade a descer"... ("centro de gravidade" não é a palavra usada, mas vou manter esta expressão por uma questão de decoro. :)) Com a quantidade de vezes que a terra já exerceu o seu poder gravitacional, confesso que me custa muito colocar o centro de gravidade a jeito. Mas sim, não perdia nada se ganhasse alguma força nos quadricípetes e isquiotibiais, isso é evidente.

No entanto, tenho-me esforçado. E tenho a dizer que, após estas últimas semanas de treino intenso e focado, a minha técnica de descida melhorou substancial e espectacularmente... nada! Nada. Continua muito mazinha. Mas tenho-me divertido bastante.

Esta zona do último treino é especialmente boa para treinar em areia (TNLO a aproximar-se...), devido ao areal extenso



e às dunas, com ênfase para a arriba junto à praia de São Julião, que proporcionou a maior e mais desafiante subida do treino. Cerca de 150 metros a pique, com alguns escorregas de areia à mistura.

Houve também ainda direito a atravessar um mini Grand Canyon



e pequeno momento de sprint no pontão.


As próximas fotos retratam o momento de contemplação e filosofia.




Como podem ver, num treino de cerca de 16 km couberam bastantes experiências e serviu como último teste de "afinação".

Por fim, a aclimatização ao calor tem sido gradual. Nestas zonas, apesar da exposição ao sol, corre sempre uma brisa marítima fresca, que penso que será (e espero que seja) semelhante ao que se vai encontrar nas Caldas da Rainha. Esta parte, a da gestão do calor, é uma das que mais me preocupa nesta altura do ano, nem sei porque insisto em continuar a inscrever-me para provas, que ainda por cima me levam o dia todo, entre Junho e Setembro! Mas será uma corrida num local novo e em boa companhia, portanto espero voltar com uma boa história. Até já!

22 comentários:

  1. Também gostava de saber descer bem. Quando acho que estou a descer decentemente deve acontecer aquela cena do eu visualizar-me a descer bem e com algum estilo, mas para quem me está a ver deve ser algo bastante cómico.

    Não sei se os 25 Km de Óbidos também apanham areia, mas deixaste-me a pensar se não devia treinar um bocado nesse piso.

    Boa sorte nas Caldas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá João! Nos 25km apenas vais apanhar alguma areia junto à Lagoa, mas nada de muito preocupante, 1km no máximo. (Se o percurso for igual ao dos anos anteriores) Mas que treinar na areia exige mais dos músculos, lá isso exige...
      Obrigada. E até ao TNLO!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. "pareço um pinguim engessado" eh eh eh!
    Como eu te compreendo... Também sou um completo desastre a descer. E foram 3 momentos em 3 descidas no Monge que me levaram a ver que não era feito para essas aventuras!

    Desejo-te uma excelente corrida nas Caldas. Diverte-te!!!

    Beijinhos e tudo a correr pelo melhor. FORÇA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      Com o tempo e prática vai ficando mais fácil! (Ao fim de 3 anos ainda estou à espera, mas mantenho a fé) ;)
      Obrigada João, beijinhos!

      Eliminar
  3. Belas fotos ;)
    Identifico-me perfeitamente com o que falas em descer. Também prezo muito a minha integridade física, e por essa razão quando faço BTT todos me passam nas descidas porque não consigo largar o travão, mas dps nas subidas é diferente... eheh! Gosto mesmo é de passear de bicicleta! Nunca experimentei fazer trail precisamente por essa razão, tenho receio das descidas, tenho-me mantido só pelo asfalto. Mas como adoro a natureza e perder-me no meio dela, e adoro Sintra (por isso adoro as tuas fotos), tenho mesmo de um dia experimentar... Acho que ainda só não experimentei porque tenho a sensação que vou ficar viciado! E o tempo é curto para corridas, trails e BTT... Bons treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim, descer em BTT é que seria impensável!! Bem os vejo às vezes a fazer downhill na Serra de Sintra... Já sou desajeitada com os pés no chão, nem quero imaginar meter uma bicicleta em baixo! :)
      Sim, se experimentares o mais certo é ficares viciado!! ;) E os treinos para trail acabam sempre por levar mais tempo, pelos obstáculos e sobretudo pelas paisagens em que te perdes.
      Bons treinos!

      Eliminar
  4. Tens a certeza que os treinos da tartaruga desajeitada (temos pena, expressão tua!) nas descidas não envolvem mais mergulhos de rochas? é que esses...pois...mas sim, nesses também tens que ter em atenção ao "centro de gravidade" ahahaha.

    Pois se eu soubesse descer até de dizia como mas sendo assim apenas posso dizer...larga os travões :) ou não, já que prezas taaaanto a tua integridade fisica pfff

    Ok, eu até desco assim assim em btt mas fico sempre em stress nalgumas descidas...e não, nada que se pareça com downhill, essa malta depois não consegue subir ahahahaha

    Bjs, bons treinos e boa prova em boa companhia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "tartaruga desajeitada"??!! "pinguim engessado", sff!! :P (Não consegui foi encontrar nenhum gif com pinguins a cair numa descida... :) )
      Já deste muitas quedas a descer de btt, jnr? Gosto muito do conceito de pedalar na serra, mas depois vejo alguns locais por onde eles vão e mudo de ideias. :) De qualquer forma, prefiro correr!
      Obrigada!
      Bjs

      Eliminar
    2. já...mas nenhuma sem gravidade material para mim, já a bicicleta...mas todas por descontração e na maior parte das vezes em zonas "não btt", linhas de comboio, saida de casa (sim...), chegada ao treino lá do clube (esta foi um sucesso...).

      Eu até tenho 2 amores, mas não tenho tempo para tudo e apesar de tudo a corrida, ainda, é mais barata, assim e juntando a facilidade de sair e correr...

      Pronto..."happy feet" :)

      Bjs

      Eliminar
  5. Até já menina! És como eu a descer! devagar, devagarinho que os meus dentes, cara e centro gravitacional também são para conservar :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah :)
      Devagar se desce ao longe, não é assim? ;)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Isso mesmo!!! :)

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Adorei o post
    Baixas o rabo, ou melhor baixas o CUT, com as pernas soltas e cavalgas por ali abaixo que é uma b.leza :D
    É como qualquer dança africana ou salsa cubana :):):) posso-te ensinar
    Excelente post lindo... digo-te uma coisa, qualquer dia prego-te uma surpresa...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol É quase isso... Se eu fosse uma Kilian Jornet! :P
      Olha, surpresa vais tu ter no sábado lá pelo Monte da Lua, aproveita! Vais ficar com pena de não ires aos 50k... ;)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Mulher do Demo para de me tentar... :):):) ainda hoje me ofereceram dorsais para os 50k.

      Beijinhos

      Eliminar
  7. ahahah que gif espectacular!! Nunca pensei muito nisso da técnica de descida.. Se calhar não tenho nenhuma mas penso que a única coisa que me fez evoluir foi mesmo ter ganho confiança por nunca ter caído. Ah, isso e umas sapatilhas como deve ser!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, se calhar a minha falta de confiança passa mesmo por já ter caído. ;) Porque até tenho pelo menos um par de TÉNIS :P bons.
      Beijinhos, bom UTML!

      Eliminar
    2. Ahhhh, está explicado!!
      Por acaso as imagens do GTSA sempre me fizeram lembrar Wimbledon, quiçá Roland Garros!
      Como o ténis é jogado em superficies planas e sem relevo de maior...embora possa ter pouca aderência quando o terreno inclina é que começam os sarilhos.
      lá vou ter que comprar mais equipamento...não há orçamento que aguente!

      Eliminar
  8. Vamos formar um grupo? "Malta que não tem jeitinho nenhum para descer" eheheh :)

    Zonas muito bonitas! E correr na areia...é mesmo duro!
    Também tivemos de olho nessa prova mas como vamos a Óbidos e à Rocha da Pena seriam 3 ultras muito perto umas das outras e não temos estaleca para isso.
    Boa prova! Diverte-te muito!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a sensação que seria um grupo muito concorrido... ;)
      Pois, uma pessoa inscreve-se para as coisas à distância e só na altura é que começa a pensar melhor no assunto e a questionar as escolhas duvidosas... :) O TNLO vai ser feito de forma muito, muito lentinha... :D Mas não faz mal, sempre quis ver o nascer do sol em prova. ;)
      Obrigada. Beijinhos!

      Eliminar
  9. Devias mudar o noem do blog para "desce como uma ultra-pinguinha".

    Ou então, começa a praticar uma arte marcial qualquer. Diz que uma das primeiras coisas a aprender, é como cair. :D

    Boa sorte para o CUT!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tentei, mas já está atribuído!!! :P
      Mas isso da arte marcial não era mal pensado, não senhr. ;)
      Obrigada. Beijinhos

      Eliminar