18 de dezembro de 2015

Natal de quem corre

Dezembro, apesar do frio (embora este ano ainda nem tanto), é um bom mês para corridas ao ar livre, já que podemos contar com a distracção e beleza proporcionadas pelos motivos natalícios. Eu confesso que gosto muito dos treinos nocturnos de cara gelada, respiração em vapor, cheiro de castanhas assadas no ar e ruas enfeitadas com luzes de Natal.

Palácio Nacional de Sintra.
Ninjas em becos escuros. :D
Palácio Valenças e parte da Volta do Duche.
Fonte Mourisca.

Mas à luz do dia esta época também tem o seu encanto, a minha criança interior que o diga, já que ficou muito feliz quando, ao terminar um longuinho de fim-de-semana, se atalhou pelo Parque da Liberdade em Sintra e se percorreu o Reino do Natal.



Àquela hora ainda não havia muita gente e dava para ir a correr sem atropelos, embora tenha havido (muitas) pausas para fotos! 



É um bom local, cheio de magia, para levarem as vossas crianças, as interiores e as verdadeiras, a passear, até ao Natal.


E, por falar em Natal, já antes fiz aqui uma lista (OMD como é que já passaram três anos??!), em constante actualização, do que um corredor gostaria de receber de presente. Mas, para além de bens materiais, há muita coisa que se pode oferecer a quem corre e que não custa nada, só tempo. O que, se formos a ver, é das coisas mais importantes que se pode dedicar a alguém.
Assim sendo, aqui ficam algumas ideias de pequenos mimos para os atletas da vossa vida, nesta época e no resto do ano:

- Apoio nas provas
Sejamos sinceros, uma corrida, para quem fica a assistir, pode ser uma seca. Conduzir até um local relativamente longe, só para estar a fazer companhia uns minutos ao início, quando quem corre está mais preocupado em alinhar o dorsal e verificar pela enésima vez se tem tudo, depois da partida ir para outro local do percurso para, com sorte, ver o seu atleta de fugida durante uns segundos, e, horas depois, recebê-lo cansado e suado na Meta, pode não ser o ideal de Domingo da maioria das pessoas (vá-se lá compreender...;)). Mas todos sabemos como sabe bem ver aquela(s) pessoa(s),  a recarga de energia que pode dar durante a prova e a alegria no final. Por isso, um dia que tenham disponibilidade, façam-no. E melhor ainda se levarem daqueles cartazes engraçados para distrair o pessoal em sofrimento. :)



- Criar uma apresentação digital com as fotos de uma das provas mais importantes (ou várias)
Eu gosto muito de tirar fotografias durante as provas, gosto também (dependendo da fase da corrida :)) que me tirem fotos a mim, e de ficar com recordações. Mas, exceptuando as que vou colocando por aqui nas crónicas, a maior parte das fotos depois fica esquecida numa pasta do pc a "organizar em breve" (leia-se, nunca mais). Hoje em dia há tantos programas com que se pode fazer uma apresentação engraçada, ou até mesmo o velhinho e fiel powerpoint, juntando imagens, palavras e uma música especial, não é preciso ser nada de muito elaborado e dá uma bonita recordação.

- Organizar uma playlist
No seguimento da anterior, fica a sugestão da criação de uma lista de reprodução de músicas. Eu tenho dezenas de músicas nas minhas playlists mas, apesar de serem muitas e as ter no modo aleatório, às vezes parece que já estou enjoada de serem sempre as mesmas e passo metade do treino a carregar no fast forward. Basta ter uma ideia dos gostos musicais de quem corre e é fácil criar uma nova lista, com algumas sugestões. Simples e, mesmo que não agradem todas, sempre ajuda no efeito surpresa dos treinos seguintes.

- Fazer uma massagem
Quem é o atleta (ou qualquer pessoa) que não gosta de receber uma massagem? Sobretudo quando andam empenados de alguma prova. Mas uma massagem a sério, nada daquelas massagens mal amanhadas a despachar no sofá "ai, põe aqui as tuas pernas que eu massajo" e, dois minutos depois, "pronto, já 'tá!"... É criar um voucher a dizer: "Vale massagem de 30 minutos", que depois pode ser descontado em dia e local à escolha.

- Fazer companhia ou dar boleia para "aquele" treino, "naquele" local
Há quem queira muito fazer um treino nocturno, ou ir dar uma corrida de reconhecimento a Sintra. Eu, por exemplo, ando há muito tempo para fazer um treino na serra ao nascer do sol, mas custa muito arranjar motivação se for sozinha. Façam o sacrifício, ãh... quer dizer, façam o gosto, de acompanhar ou organizar um passeio em família diferente. :)

- Fazer umas barrinhas energéticas caseiras ou um bolo
Quem corre está sempre com fome. Facto. :) Há imensas receitas de barrinhas energéticas por essa net fora. Eu própria já cheguei a fazer umas e é muito mais simples do que parece, com a vantagem de poderem escolher os ingredientes e medir os níveis de açúcar. "Ai, mas eu é mais bolos"... Também pode ser! Nada melhor que uma fatia de bolo caseiro no final, ou durante, os treinos longos. O estômago do vosso atleta agradece o mimo.

Caros amigos corredores, podem, como quem não quer a coisa, mostrar esta lista aos vossos companheiros aí em casa. Não têm de agradecer. E se se lembrarem de mais pequenas coisas que vos deixariam muito contentes, podem partilhar.


Entretanto, aqui por casa, também já é Natal. Adivinhem qual é a "estrela" da árvore este ano...

:)

Ultra Trail Serra da Estrela, uma prenda-experiência de 2015, inesquecível (embora esta, a bem dizer, tenha tido custos de inscrição. :)). De certeza que daqui a trinta anos já não me vou lembrar, por exemplo, da marca do telemóvel que tenho hoje mas, aquele momento, ao quilómetro sessenta e tal, em que no cimo da encosta da Cabeça da Avó assisti ao pôr-do-sol sobre Seia... É eterno e sem preço.

Bom fim-de-semana!

6 comentários:

  1. Bom fim de semana a uma 2ª feira?!?!?!?

    Excelentes ideias, das quais vou roubar algumas, e um post muito motivador.

    E parabéns por todo o ano.

    2016 promete ser um ano cheio de aventuras :)

    Aquela feira de natal em sintra está muito original, e é espectacular tal como tudo o resto em Sintra.

    Bom Natal e um beijinho muito grande.

    P.S. Depois da ruptura chega o torcicolo na meia do pai natal :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Zémi. Bom Natal para ti também!
      Beijinhos
      PS: "Tens de ir à bruxa"! :) Xiça! Que 2016 comece melhor.

      Eliminar
  2. Cadê o meu comentário??? Desamigaste-me ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, não sei o que aconteceu mas desapareceram alguns comentários... :|Não foi nada pessoal contra o Perneta! :)

      Eliminar
  3. Em Sintra (na vila ou na serra) , o natal é quando o homem e a mulher quiserem !! ;) não á luzes nem essa aldeia todo o ano , mas a magia está lá !
    Basta ter imaginação , gosto e serem o mais felizes possível! :)

    Bela lista...algumas coisas , já estão aqui apontadas...outras não me cheira que alguma vez as faça... e outras , até dão umas belas ideias com algumas alterações de toque pessoal !! :P

    Essa "estrela" , é mesmo de valor !! Parabens. :)

    Boa continuação de "desafio" e boas provas...

    bjs
    ajb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim?? TODAS as ideias da lista são fáceis de concretizar... Com jeitinho e tempo.:p
      E sim, em Sintra pode ser Natal o ano todo. Pelos menos, a maior parte dos fins de semana tem sido. :)
      Bjs

      Eliminar