1 de dezembro de 2015

O último longo do mês

Este fim-de-semana a ideia era começar o treino na Barragem da Mula mas, quando lá chegámos, o local estava atolado de carros! Havia um evento Wild Challenge com partida na Quinta do Pisão e era impossível estacionar. Por isso, e a bem de um início de manhã mais calmo, fomos para a outra encosta da serra de Sintra.


Partida em local diferente, mas manteve-se o plano inicial, que era começar sempre a subir até à Pedra Amarela.


Não sei se devido ao frio da manhã e falta de aquecimento mas, durante a subida, comecei a sentir os gémeos presos (não sei se se recordam que era uma coisa que me acontecia com frequência no início de algumas provas). Já não sentia isso há algum tempo mas, dessa forma, torna-se muito difícil progredir e os primeiros dois/três quilómetros tiveram de ser entrecortados com algumas pausas.


Na Pedra Amarela estava montado o posto 6 do Challenge, com uma parede para ultrapassar antes da subida. Felizmente, a prova ainda não tinha começado, por isso ainda deu para desfrutar da paz do local, apenas na presença de dois voluntários que lá estavam. Agora quase que sei como é que os primeiros atletas se sentem ao chegar aos abastecimentos! :)

Em seguida, seguiu-se em direcção a outro dos picos da Serra, a Peninha.


O sol já ia alto e subimos as escadas até ao topo, onde fizemos uma pequena pausa antes de voltar ao caminho. Estávamos com 9km.


Foi por aqui que aconteceu um dos momentos desmoralizantes do treino. Estão a ver aquelas subidas em que vão ali com os músculos a queimar, a maldizer a vossa vida por dentro, porque por fora vão com uma respiração de gaita de foles asmática e nem conseguem articular um "matem-me já", mas aguentam porque não querem dar parte fraca, sem olhar para cima, mais-um-bocadinho-está-quase, só para chegarem ao fim da curva e verem que a subida continua e ainda mais inclinada? Um "NÃOOOOOOOOOOOO...", silencioso, saiu-me das profundezas da alma, mas mesmo assim não parei porque, raios, vou mostrar a esta subida quem manda! E então vão ali, em esforço, quase a ter uma experiência transcendente de superação humana, um passinho após o outro, sem parar... Só para serem ultrapassados pelo companheiro de treino que ia, notem bem, a CAMINHAR! Sem qualquer tipo de respeito pelo meu estoicismo e resiliência. Fui ultrapassada... Por alguém que ia a caminhar... E nem era assim tão rápido. Uma falta de consideração, não acham? :)

Como podem compreender, isto quase que era motivo para dar logo ali o treino por terminado, mas continuei, só para verem o meu nível de empenho.

Rumo à Anta de Adrenunes.

Mato cerrado, a caminho da Anta.
Muita vegetação, arbustos secos e silvas, acabámos por nos perder um bocadinho e ir dar a uma casa abandonada que nem fazia ideia que existia por ali, naquele sítio sem acessos. E já lá estive umas quantas vezes. Enfim, é mais um daqueles segredos de Sintra, por isso é que cada treino acaba por parecer sempre diferente, mesmo quando andamos pelos mesmos locais.

Depois seguimos pelos estradões da parte de baixo da Peninha, em direcção à Barragem da Mula, aproveitando para atalhar por uns trilhos, o que agora, desde a tempestade, é sempre uma aventura, por não sabemos se já estarão limpos ou bloqueados a meio por alguma(s) árvore(s) caída(s).


Uma das coisas que reparei durante este treino é que, para além da vegetação estar muito seca, as fontes da serra não tinham água ou corria muito pouco... Acho que já faz falta um bocadinho de chuva por ali, e os meus ténis praticamente ainda não se encheram de lama este Outono! :)


Após percorrer uns single-tracks que não conhecia (ou já não me lembrava), e sem chegar a descer até à Barragem porque já íamos com mais de 20km, virámos de regresso à Malveira.


Onde concluímos o treino com 26km e perto de 900 metros de ganho de acumulado.



Não foi um dos treinos mais fáceis para mim, mas estou a gostar muito de voltar aos treinos na casa das duas dezenas.

Boa semana!

20 comentários:

  1. É possivel enviares esse track para o meu mail, sff? :D atdmontanha@gmail.com

    Muito brevemente vou precisar de ter treinos com D+ a sério, e Sintra parece-me o local certo para tal. :) estes 26 tiveram os 900D+?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok! Devo ter alguns treinos por ali com um desnível maior, mas entretanto mando-te este. Sempre passa por vários dos locais mais emblemáticos! :)
      Sim, quase 900m. 875m, para ser específica.
      Há um trajecto muito bom, que começa cá em baixo numa praia recôndita do Guincho e é sempre a subir até à Peninha. Aí consegues um bom ganho de acumulado em poucos kms. Ideal para o que te espera. ;)

      Eliminar
  2. Caminhar e a subir também é treino... não desvalorizes, eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei... Mas devia ser regra de etiqueta não gozar com alguém em esforço numa subida! Eheh ;)

      Eliminar
  3. Que paisagens interessantes! Adoro a combinação de serra e mar!
    E parece que dureza também não falta :)
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep! Um dos melhores locais de treino aqui perto. Muito completo, em termos de variedade de terreno e beleza paisagística. Tens de vir fazer uma prova de trail por aqui! :)
      Bjs

      Eliminar
  4. Fraquinhos ... 900m D+ em 26km não são nada :):):) ... os Pernetas tem quase o dobro em 30km :P
    Beijinhos

    P.S. Gostei dessa, de ires a matar-te e o teu companheiro de treino te ultrapassar a caminhar ... lol .... tb já tive situações dessas e sei o que fazem ao nosso ego ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pfff... Olha outro a gozar com o meu sofrimento! :) 900m D+, desta vez, chegaram e sobraram! :D
      Beijinhos
      PS: Já não há cavalheiros... ;)

      Eliminar
  5. Eu sei o que é essa sensação que passaste na subida :)
    Desconheço é a sensação de ser o primeiro a chegar a um reabastecimento. E digam o que disserem, tu já tens essa experiência! :)

    Beijinhos e boa continuação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já foste ultrapassado por alguém a caminhar? Não é uma falta de respeito??! ;)
      Pois... O truque é chegar lá antes da prova começar. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  6. No Domingo também andei por Sintra mas curiosamente não tive problema nenhum a estacionar na Mula... Talvez por serem 7h da manhã! :P
    Na subida onde foste tão indignamente ultrapassada foi um dos pontos onde mais impropérios soltei, mas porque íamos a descer com a malta toda a assapar naquele parte tornozelos... Não há vencedores nessa subida, custa a subir e a descer.
    Bjnhs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só lá cheguei às 9h... Muito tarde! :)
      O pior nessa subida são aqueles calhaus todos, impossível assentar os pés como deve de ser! Nem sei como assapam a descer!
      Passei por várias pessoas a correr, já para não falar das dezenas de bikes! Mas acho que não nos cruzámos. Tudo a aproveitar o sol. :)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. desculpem meter a colher...e de bicicleta, uiiii, é um esforço! até os braços e os pulsos queimam.
      pronto, era isto...

      Eliminar
    3. Nem sei como sobem aquilo de bike!

      Eliminar
  7. Tens a certeza que o teu companheiro de corridas não te ultrapassou apenas para te motivar e ajudar, fisica e quiça, psicologicamente???

    Pois...

    Também estou a gostar de ler sobre "treinos na casa das duas dezenas."

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh... Pois, não sei. Mas na altura teve o efeito contrário! :)
      Acho que este f-d-s já não chega às duas dezenas... ;) E tu, esses treinos?
      Bjs

      Eliminar
    2. Vão voltar, decidi ignorar as dores nos joelhos e costas.

      devem passar, é falta de lubrificação e esforço...

      E tenho muita coisa para 2016 que se não me apronto vão ser complicados de cumprir e para DNS e promessas incumpridaas já me chegou.

      bjs

      PS: vem aí o Natal, tenho de ganhar avanço no cinto...

      Eliminar
    3. Vê lá, com joelhos e costas não se brinca! Mas se achas que é só caruncho, está numa boa altura para regressares. ;)
      Bjs

      Eliminar
  8. Oi..."respiração de gaita de foles asmática", desculpa foi o que retive... chamaram?

    Excelente treino, com um texto e fotos de fazer inveja.

    Em breve, muito em breve, irei fazer isto... mas vai estar a chover a potes já estou a ver

    Beijinhos e bons treinos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheh achei que era o que melhor descrevia o som da respiração. :)
      Com chuva também é bonito! ;)
      Beijinhos

      Eliminar